Vereador Roque Pereira volta a criticar presidente de associação do Feira X, Isaias de Diogo, de cometer irregularidades. Confia as notícias

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Roque volta a criticar presidente de associação do Feira X

O vereador Roque Pereira (PTN), na sessão legislativa desta quarta-feira (26), voltou a criticar o presidente da Associação de Moradores José Sarney, sediada no bairro Feira X, Isaias de Diogo. De acordo com o legislador o referido presidente está cometendo uma série de arbitrariedades nesta comunidade, dentre elas: fechamento de ruas, mudança de pontos de ônibus e venda de alimentos oriundos de doação.

Roque informou que, devido às consequências das últimas chuvas ocorridas em Feira de Santana, o presidente da Associação, por conta própria, convocou alguns moradores neste último domingo para o fechamento das ruas do conjunto, causando transtornos, segundo ele, aos mais de 40 mil habitantes do bairro. “O incoerente presidente desta associação se acha dono do conjunto”. Para o edil, isso é caso de polícia.

“Não contente com o fechamento das vias públicas, a semana passada, esse cidadão foi a Secretaria de Transportes e Trânsito, em nome dessa Associação, e mudou quase todos os pontos de ônibus do Conjunto Feira X”, reclamou.

Em aparte, o legislador José Carneiro Rocha (PSL) questionou se Isaias de Diogo teve autorização para mudar os locais de ponto de ônibus. “Porque se não teve, Feira não é ‘casa de mãe Chica’. Nem que a Secretaria autorizasse, ele não teria poderes para fazer isso”, afirmou. Conforme o edil, cabe ao órgão competente fazer esse procedimento.

Na oportunidade, o vereador David Neto (PTN) afirmou que Isaias trabalha na Associação de forma ilícita. “Ele recebe muitos benefícios. Eu tive conhecimento que ele anda vendendo até cesta básica”, disse, cobrando dos órgãos competentes uma apuração dos fatos.

Novamente com o uso da palavra, Roque Pereira disse que já denunciou no Ministério Publico que o presidente da Associação da Feira X está recebendo leite e repassando aos moradores por uma taxa de R$ 5,00 e vendendo cestas básicas mediante o valor de R$ 17,00 para alguns moradores. Segundo o edil, esses produtos foram doados por programas do Governo Federal.

Ele acredita que essa atitude de Isaias de Diogo tem como base a eleição de vereador, uma vez que o presidente da Associação do Feira X é pré-candidato.

Tourinho faz sátiras com foto do prefeito no Folha do Estado

Na sessão legislativa, desta quarta-feira (26), o líder oposicionista Roberto Tourinho (PV) comentou, de forma irônica, a foto da matéria intitulada: “Evangélicos sinalizam por Tarcízio” publicada, hoje, no Jornal Folha do Estado. Ele salientou que, realmente, o gestor de Feira de Santana necessita de muitas preces para continuar administrando.

“Hoje, uma fotografia cômica, no Jornal Folha do Estado. O prefeito de Feira de Santana, ajoelhado, ao lado de inúmeros pastores, onde os religiosos estariam fazendo orações no sentido de ajudar o gestor da cidade. Com todo o respeito aos pastores, pois é importante a proteção de Deus, mas eu não sei se o prefeito está aqui ajoelhado no milho, porque, antigamente, quando as pessoas cometiam erros, elas ficavam ajoelhadas no milho, para pagarem os seus pecados”, declarou.

Na opinião do vereador, depois de ter ajoelhado, o chefe do Executivo Municipal deveria passar na Igreja Universal do Reino de Deus, para fazer o descarrego; participar também da missa da Misericórdia, na Igreja Senhor dos Passos; elevar ainda suas orações ao Santo Expedito, que, de acordo com Tourinho, é o Santo das causas impossíveis; rezar a oração Salve Rainha; pedir a ajuda de Chico Xavier; além de procurar os terreiros de candomblés, “para tirar os encostos que ele colocou no povo de Feira de Santana”.

Para o líder oposicionista, “somente dessa maneira é que o prefeito poderia, seguramente, se redimir das maldades que tem feito em Feira de Santana”. O edil acrescentou que o prefeito Tarcízio Pimenta merecia também um banho de folhas de urtiga e cansanção. Na sequência, o legislador voltou a relatar o suposto envolvimento do prefeito Tarcízio Pimenta com o escândalo do Banco Subaé Brasil e de outras ações judiciais movida pela bancada de oposição contra o gestor.

Frei Cal volta a solicitar melhorias para a João Durval

O vereador Carlos Alberto Costa da Rocha – Frei Cal (PMDB), na sessão legislativa desta quarta-feira (26/10/2011), voltou a comentar sobre a situação do piso da avenida João Durval Carneiro, que, segundo ele, está literalmente esburacada.

O legislador informou que a imprensa local anunciou, hoje, que após as suas reivindicações, a Prefeitura Municipal providenciou melhorias para o referido logradouro. O edil afirmou que a situação da avenida João Durval é semelhante aos problemas ocorridos na BR – 324, no tocante as irregularidades no asfalto.

“Uma coisa é um simples buraco, outra coisa são crateras. Em períodos chuvosos não aparecem buracos na avenida, e sim crateras”, destacou. Para ele, o asfalto da João Durval é muito antigo, por isso é necessário salientar a importância da recuperação do pavimento.

Segunda Procuradoria Fiscal vai funcionar agora na sede da Secretaria da Fazenda

A Câmara de Feira de Santana aprovou em primeira votação na sessão desta quarta-feira (26) Projeto de Lei Complementar de iniciativa do Poder Executivo propondo alterações em dispositivos de outra Lei Complementar que trata da 1ª e 2ª Subprocuradorias Fiscais do Município. A proposta visa reforçar a assistência jurídica aos processos relacionados a tributos no âmbito da Prefeitura.

A matéria cria um cargo de subprocurador na estrutura do Governo Municipal sob o símbolo DA-1, que deverá ser preenchido por advogado nomeado pelo prefeito. Também determina que a 2ª Procuradoria Fiscal terá sua sede nas instalações da Secretaria da Fazenda.

Compete à 2ª Procuradoria Fiscal representar o Município na execução de sua Dívida Ativa e de suas autarquias e fundações, atuar nos embargos judiciais à execução fiscal; articular procedimentos necessários à cobrança da dívida ativa e exercer a defesa dos interesses da Fazenda Municipal nos processos relativos à transmissão de bens, inclusive nos casos de adjudicação e arrematação judicial.

A 1ª Procuradoria Fiscal também representa a Fazenda do Município em ações e processos de qualquer natureza – inclusive mandados de segurança – relativos às áreas tributária e fiscal, porém ressalvadas as competências da 2ª Procuradoria. Deverá examinar as ordens e sentenças judiciárias cujo cumprimento dependa do secretário da Fazenda, elaborar minutas e informações a serem prestadas pelas autoridades do Executivo em mandados de segurança ou de injunção, opinar e prestar assessoria jurídica em questões fiscais e tributárias.

Feirenses vão ter anualmente um Festival de Música de Matriz Africana

De autoria do vereador Carlos Alberto Costa Rocha – Frei Cal, foi aprovado pela Câmara de Feira de Santana em primeira votação, nesta quarta-feira (26), projeto de lei que institui no Município o Festival de Música de Matriz Africana. O evento deverá ser realizado anualmente sempre no mês de janeiro. Não haverá cobrança de ingresso, sendo o acontecimento cultural aberto ao público.

De acordo com a proposta, caberá à Associação das Entidades Carnavalescas e Ritmos Afros de Feira de Santana, entidade que representa o movimento de cultura afro na cidade, a organização do Festival. O evento será inserido no calendário oficial do Município.

Registrou-se um debate entre vereadores evangélicos, contrários ao projeto por princípios religiosos e os que defenderam a aprovação da matéria. O vereador Marialvo Barreto, que votou favorável à proposta, disse que já existe, na música evangélica, a batida africana, especialmente do candomblé.

Ele foi contestado pelo vereador e pastor Ewerton Carneiro. “Discordo. Não existe na música evangélica a influência dos ritmos da macumba”, disse. Além dele, os vereadores Otávio Joel de Araújo e Justiniano França votaram contra.

O autor do projeto disse que não há, na proposição, conteúdo religioso. “A ideia é valorizar a música de matriz africana em todos os seus ritmos. Nada tem a ver com religião”, afirmou.

Criado o Dia Municipal do Samba de Roda; data será comemorada em 25 de novembro

Feira de Santana comemorará, anualmente, o Dia do Samba de Roda. A homenagem foi aprovada em primeira discussão pela Câmara Municipal, através de projeto de lei de autoria do vereador José Sebastião. A data para o registro do evento, de acordo com o projeto, é 25 de novembro. Vários artistas ligados ao samba de roda estiveram nas galerias da Casa da Cidadania, acompanhando a votação.

O vereador autor da proposta fez a leitura de um texto sobre as origens do samba de roda no Brasil, patrimônio imaterial do país desde 2004 e obra prima da humanidade, por reconhecimento da Unesco, como importante para a cultura e identidade do povo. Ele disse que a sugestão do projeto foi feita por Dona Chica do Pandeiro e Guga Moreno, da Quixabeira da Matinha. “Dona Chica tem um trabalho relacionado ao samba de roda na Casa do Samba, sediada no distrito da Matinha. Ela e Guga propuseram a apresentação da matéria”, reconheceu.

O vereador Carlos Alberto Costa Rocha disse que este é mais um projeto que resgata a cultura, o passado e a história de Feira de Santana. “Com propostas dessa natureza, valorizamos o presente e preparamos o futuro da nossa cultura, algo que é essencial não apenas para a educação, mas para o desenvolvimento da cidade”, disse ele, ao elogiar a iniciativa da matéria. “A Casa dá ao samba de roda a projeção que essa manifestação cultural e corporal nos proporciona. É mais uma riqueza que nasceu no continente africano e que contemplou os brasileiros”.

Marialvo Barreto disse que as comunidades rurais preservaram o samba de roda. “São inúmeros os ritmos musicais presentes na cultura dessas comunidades, a exemplo da chula, entre outros”. Ele propõe a criação de um museu da imagem e do som, para preservar essa musicalidade, inclusive a escolha do hino ao samba de roda. O vereador Ailton Rios também discursou em apoio à proposta.

Para o vereador Ewerton Carneiro, o projeto merece os parabéns de todos. Disse que está analisando a possibilidade de também homenagear, através da Casa da Cidadania, de outra manifestação cultural importante para os feirenses, o samba do nordeste. O vereador Justiniano França endossou as palavras do colega.

Audiência Pública nesta quinta debate sobre o Centro de Assistência Maria Quitéria

As dificuldades enfrentadas por mulheres vítimas de violência familiar em Feira de Santana e que buscam o apoio do Centro de Assistência Maria Quitéria, especializado na assistência dessas pessoas, vai ser tema de uma audiência pública promovida pela Câmara Municipal, nesta quinta-feira (27). O encontro, promovido por requerimento de autoria do vereador Marialvo Barreto, está previsto para 9 horas.

“As mulheres registram a queixa e passam a sofrer ameaças dos agressores, principalmente ex-marido que não se conforma com a separação e quer retornar o relacionamento na marra. Elas ficam completamente desamparadas, inclusive com a ausência de proteção policial”, disse o vereador. Segundo ele, o Centro de Assistência Maria Quitéria é a única instituição a prestar apoio às vítimas, o que ocorre sob condições precárias de trabalho.

Na audiência pública, estão convidados representantes do órgão, das autoridades policiais e também mulheres que necessitam de assistência e enfrentam dificuldades. O presidente da Câmara, Antônio Francisco Neto, submeteu o requerimento a voto no plenário e obteve a autorização para realizar o evento.

Professor receberá titulo de cidadania

O professor Adalberto Dionísio França receberá o título de Cidadão Feirense. Projeto de Decreto Legislativo foi aprovado por unanimidade na sessão desta quarta-feira (26) da Câmara Municipal. A iniciativa é dos vereadores Justiniano França e Otávio Joel de Araújo – Sargento Joel, ambos do Democratas.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123236 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.