Separação de João Henrique é problema familiar ou jogada politica para lançar ex-esposa, Maria Luíza, como candidata a prefeita de Salvador

A assessoria de Maria Luiza Barradas confirmou que a deputada estadual não está mais casada com o prefeito João Henrique Carneiro.
A assessoria de Maria Luiza Barradas confirmou que a deputada estadual não está mais casada com o prefeito João Henrique Carneiro.
A assessoria de Maria Luiza Barradas confirmou que a deputada estadual não está mais casada com o prefeito João Henrique Carneiro.
A assessoria de Maria Luiza Barradas confirmou que a deputada estadual não está mais casada com o prefeito João Henrique Carneiro.

A assessoria de comunicação de Maria Luiza Barradas confirmou na tarde desta quarta-feira (19/10/2011) que a deputada estadual não está mais casada com o prefeito João Henrique. Eles estão separados há cerca de um mês e não dividem mais o mesmo apartamento.

Maria Luiza e João Henrique têm dois filhos: Luiz Henrique e Paulo Henrique, frutos de um relacionamento de 30 anos. A deputada não quis se pronunciar sobre a separação por se tratar de um assunto pessoal.

Mudança de partido ou jogada política

Os rumores de que Maria Luiza teria solicitado a desfiliação do PSC, partido pelo qual foi eleita deputada estadual para o período de 2011-2015, não foram confirmados pela assessoria.

Foi confirmado, no entanto, que há a possibilidade da deputada sair do PSC para ingressar no PSD, cujo líder na Bahia é o vice-governador Otto Alencar.

Se de fato o casal se separou, isto só diz respeito a eles. Mas se isso não passar de uma jogada politica, tendo como objetivo lançar a ex-primeira Dama Maria Luíza, candidata a prefeita de Salvador, eles demonstrarão uma falta de apreço aos valores morais e legais da sociedade.

* Com informações do Jornal Correio.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110062 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]