Presidente do Legislativo Feirense, Antônio Francisco Neto, critica duramente Roberto Tourinho e sai em defesa do prefeito Tarcízio Pimenta

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Ribeiro: Tarcízio Pimenta é filho desta terra, aqui se formou e ajudou o povo pobre, na condição de médico. Ele é um pai de familiar exemplar e um bom amigo especialmente dos mais pobres e humildes.

Em discurso proferido na tribuna da Câmara de Feira de Santana, o presidente da Casa Legislativa, vereador Antônio Francisco Neto – Ribeiro (PDT), sem citar nomes, mas fazendo referência ao discurso proferido pelo oposicionista Roberto Tourinho (PV), que ironizou a presença de pastores evangélicos no Paço Municipal e a participação do prefeito Tarcízio Pimenta em uma oração, criticou a posição do líder da minoria. Na opinião de Ribeiro, afirmações com este teor “não enaltecem o Poder Legislativo, nem a cidade”.

“Neste espaço precisamos dar exemplo, porque somos representantes do povo, não podemos descarregar ódio e rancor por causa de problemas pessoais”, clamou. Na opinião do vereador, discursos onde às desavenças individuais estão em primeiro lugar incomodam a população feirense.

Segundo Ribeiro, o edil do Partido Verde debochou da reunião realizada na sede do Poder Executivo e tentou macular a figura do prefeito de Feira de Santana. “Tarcízio Pimenta é filho desta terra, aqui se formou e ajudou o povo pobre, na condição de médico. Ele é um pai de familiar exemplar e um bom amigo especialmente dos mais pobres e humildes”, pontuou.

Na opinião do presidente, as pessoas que acompanham as sessões na Câmara e a comunidade, de forma geral, estão atentas aos que possuem “compromisso com o povo” e fazem denuncias e criticas com responsabilidade e aos que procuram crescer, “para fazer parte de outros grupos políticos”, se baseando em ataques e discursos que tem a intenção de desmoralizar outras pessoas.

De acordo com Ribeiro é importante que todos os vereadores reflitam sobre a maneira como se posicionam publicamente. “Eu faço parte da administração de Tarcízio Pimenta e fiz parte da gestão do ex-prefeito José Ronaldo de Carvalho, entre outros, mas quando fui oposição ao prefeito Clailton Mascarenhas nunca subi na tribuna para dizer que ele era um bandido. A pessoa física dele foi preservada por este vereador”, rememorou.

Na concepção do presidente da Câmara Municipal, os “ataques que tem sido feitos ao prefeito Tarcízio Pimenta tem um caráter pessoal”, em seguida ele afirmou: “estamos aqui conscientes de que o prefeito é cumpridor e cônscio dos seus deveres. Ele teve as contas aprovadas pelo Tribunal de Contas e a comunidade continua se manifestando e parabenizando a atual administração”. O vereador do PDT defendeu que haja debates “evoluídos e com responsabilidade e equilíbrio” na Casa da Cidadania.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 10092 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).