Preços gerais da economia registram alta de 0,75% em setembro de 2011

Preços gerais da economia registram alta.
Preços gerais da economia registram alta.
Preços gerais da economia registram alta.
Preços gerais da economia registram alta.

O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) subiu 0,75% em setembro. O resultado superou a taxa de agosto, que havia ficado em 0,61%. O dado foi divulgado hoje (06/10/2011) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). No ano, o IGP-DI acumula alta de 4,30%, e nos últimos 12 meses, de 7,45%.

De acordo com o comunicado da FGV, os três subíndices que compõem o IGP-DI tiveram elevação na passagem de um mês para o outro.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que representa 60% da taxa global, registrou alta de 0,94%, depois de subir 0,77% em agosto. Contribuíram para o movimento os materiais e componentes para a manufatura, cuja taxa passou de -0,58% para 0,84%; e, no estágio de matérias-primas brutas, o milho em grão (de -3,13% para 3,33%), o café em grão (de 0,97% para 9,57%) e a soja em grão (de 2,69% para 5,49%).

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que contribui com 30% para a formação do IGP-DI, passou de 0,40% para 0,50%. Seis das sete classes de despesa componentes do IPC registraram acréscimo em suas taxas de variação, com destaque para habitação (de 0,38% para 0,65%). Neste caso, os principais aumentos foram observados em tarifa de eletricidade residencial (de -0,25% para 0,74%), taxa de água e esgoto residencial (de 0,8% para 2,12%) e gás de botijão (de 0,11% para 1,26%).

Também apresentaram alta em suas taxas os grupos: vestuário (de -0,33% para 0,93%), despesas diversas (de -0,04% para 0,29%), transportes (de 0,11% para 0,14%), saúde e cuidados pessoais (de 0,46% para 0,51%) e educação, leitura e recreação (de 0,19% para 0,20%).

Último componente do IGP-DI, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), responsável por 10% da taxa global, também registrou leve alta, passando de 0,13% em agosto para 0,14% em setembro. O movimento foi influenciado pelos acréscimos em materiais e equipamentos (de 0,16% para 0,23%) e nos serviços (de 0,47% para 0,48%). Já o custo da mão de obra diminuiu de 0,04% para 0,01%.

O IGP-DI de setembro foi calculado com base nos preços coletados entre os dias 1º e 30 de setembro.

*Com informações da Agência Brasil.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109903 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]