Em Feira de Santana, construção do SAC pelo Governo do Estado representa o descaso e o proselitismo de Zé Neto e Jaques Wagner

Novo SAC de Feira de Santana. O prédio por si mesmo remete a algo extraordinário, feito no formato de galpão, lembra mais um depósito humano do que um local onde o cidadão tem a sua cidadania reconhecida pelo Estado.
Novo SAC de Feira de Santana. O prédio por si mesmo remete a algo extraordinário, feito no formato de galpão, lembra mais um depósito humano do que um local onde o cidadão tem a sua cidadania reconhecida pelo Estado.
Novo SAC de Feira de Santana. O prédio por si mesmo remete a algo extraordinário, feito no formato de galpão, lembra mais um depósito humano do que um local onde o cidadão tem a sua cidadania reconhecida pelo Estado.
Novo SAC de Feira de Santana. O prédio por si mesmo remete a algo extraordinário, feito no formato de galpão, lembra mais um depósito humano do que um local onde o cidadão tem a sua cidadania reconhecida pelo Estado.

O governador Jaques Wagner e o deputado estadual Zé Neto têm sido pródigos em prometer muito e realizar pouco em Feira de Santana. 2012 é ano de disputa eleitoral e o município está no sonhado projeto petista de hegemonia e liderança. Resultado, inúmeras criticas a ausência de investimentos estaduais e federais, ou obras abandonadas, além da falta de manutenção de equipamentos públicos, tornam a vida da dupla de políticos bastante desconfortável. Eles repetem a mesma fórmula de antes, promessas que não cumprem.

Para exemplificar, citamos a construção do Serviço de Atendimento ao Cidadão, situada ao lado do Colégio Luís Eduardo Magalhães, próximo à estação rodoviária. O prédio por si mesmo remete a algo extraordinário, feito no formato de galpão, lembra mais um depósito humano do que um local onde o cidadão tem a sua cidadania reconhecida pelo Estado, através de documentos.

Por ordem de Jaques Wagner, a obra foi iniciada em 31 de março de 2010, com orçamento de R$ 3,5 milhões, e esta paralisada há meses. A única informação que resta da placa que anuncia a obra é o órgão executor, SUCAB.

Mas, pode ser que exista algo ainda mais complicado. O próprio governo não detalha a obra em seus informes, e não se sabe ao certo se o empreendimento público conta com vagas para estacionamento dos veículos de cidadãos que poderiam usar o equipamento. Ou seja, é bem possível que não tenham incluído no projeto, as vagas de estacionamento. Contribuindo com a deterioração do trânsito no município.

Outra promessa de Wagner e Zé Neto, é que em Feira de Santana seria inaugurado um terceiro SAC no shopping Boulevard. Mas, ao que tudo indica isto não passou de uma promessa de campanha com claro objetivo de eleger Jaques Wagner e Zé Neto.

Confira a notícia postada no site do deputado Zé Neto, em 31 de março de 2010.

Wagner assina termo para construção de duas unidades do SAC em Feira

Leia +

Governador Jaques Wagner e deputado Zé Neto agem com proselitismo e prometem conclusão do Centro de Convenções de Feira de Santana

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9982 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).