Após exames, câncer é diagnosticado na laringe do ex-presidente Lula. Tratamento será iniciado na segunda-feira

Ex-presidente Lula tem câncer diagnosticado e recebe solidariedade do povo brasileiro.
Ex-presidente Lula tem câncer diagnosticado e recebe solidariedade do povo brasileiro.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva queixou-se ao médico Roberto Kalil de uma rouquidão excessiva, além da que caracteriza sua voz, na festa de quinta-feira (27/10/2011) em que recebeu amigos para comemorar seus 66 anos. Lula disse a Kalil que a rouquidão vinha aumentando há duas semanas. Na ocasião, o médico aconselhou o ex-presidente a fazer exames para identificar a causa do problema.

As informações foram dadas por José Crispiniano, assessor do Instituto Lula, antes conhecido como Instituto Cidadania, que tem como principal eixo de atuação a cooperação do Brasil com a África e a América Latina.

De acordo com Crispiniano, Lula fez os primeiros exames ontem (28), no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, e voltou para casa. Hoje (29), ao retornar ao hospital para complementar o procedimento, recebeu o diagnóstico de câncer na laringe.

Crispiniano disse que ainda não esteve com Lula e que recebeu essas notícias do próprio hospital e de pessoas que acompanham o ex-presidente. Segundo Crispiniano, o ex-presidente, que está acompanhado da mulher, Marisa Letícia, está acordado, recuperando-se dos exames feitos nesta manhã e deve sair ainda hoje do hospital.

José Crispiniano disse ainda ter sido informado de que Lula iniciará segunda-feira (31) o tratamento quiomioterápico recomendado para o combate ao câncer.

Há pouco, o médico Raul Cutait, da equipe do Sírio-Libanês, informou que o ex-presidente reagiu bem aos procedimentos a que foi submetido e que está conversando e se alimentando normalmente.

Lula fará quimioterapia para combater tumor na laringe

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva iniciará uma quimioterapia nos próximos dias para tratar um tumor na laringe. A informação foi divulgada hoje (29) pelo Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Boletim divulgado às 11h diz que o ex-presidente, que completou 66 anos nesta semana, recebeu o diagnóstico hoje de manhã, depois de se submeter a exames no hospital. Segundo o comunicado, após avaliação multidisciplinar, foi definido tratamento inicial com quimioterapia. De acordo com o hospital, o ex-presidente está bem e deverá realizar o procedimento em caráter ambulatorial.

Lula permanece no Sírio-Libanês descansando após os exames. Segundo a assessoria do hospital, ele deve deixar o local ainda hoje.

A equipe responsável pelo acompanhamento do ex-presidente é coordenada pelos médicos Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff, Artur Katz, Luiz Paulo Kowalski, Gilberto Castro e Rubens Brito Neto.

Em nota, Dilma deseja a Lula rápida recuperação

A presidenta Dilma Rousseff divulgou nota nesta tarde desejando rápida recuperação ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que recebeu hoje (29) diagnóstico de um tumor na laringe, depois de se submeter a exames do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

“Em meu nome e de todos os integrantes do governo, junto-me neste momento ao carinho e à torcida de todo o povo brasileiro pela rápida recuperação do presidente Lula”.

No comunicado, Dilma ressalta que, graças a exames preventivos, ele descobriu o tumor em um estágio que permite o tratamento e a cura da doença. “Como todos sabem, passei pelo mesmo tipo de tratamento, com a competente equipe médica do Hospital Sírio-Libanês, que me levou à recuperação total. Tenho certeza de que acontecerá o mesmo com o presidente Lula.”

A presidenta destacou a capacidade de superação de Lula. “Tenho certeza de que, com sua força, determinação e capacidade de superação de adversidades de todo o tipo, vai vencer mais esse desafio”, ressaltou. “Como sua amiga, companheira, irmã e admiradora, estarei a seu lado com meu apoio e amizade para acompanhar a superação de mais esse obstáculo”, completou Dilma.

O ex-presidente permanece no Sírio-Libanês, acompanhado da mulher, Marisa Letícia, recuperando-se dos exames feitos pela manhã.

Wagner expressa solidariedade ao ex-presidente Lula

O governador Jaques Wagner, tão logo soube do comunicado oficial do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, sobre o diagnóstico de câncer na laringe do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que se internou neste sábado (29/10/2011) pela manhã para realizar exames naquela instituição, expressou a sua solidariedade, em nome de todos os baianos, ao amigo de muitos anos, torcendo pela pronta recuperação do ex-presidente. Jaques Wagner, que se encontrava no interior baiano na manhã deste sábado, torce pela recuperação do amigo e que os desafios sejam superados da forma tranquila com que o ex-presidente sempre enfrentou as dificuldades em sua vida.

“Nós, do governo baiano, e todo o povo da Bahia que admira o ex-presidente Lula estaremos em oração com fé elevada torcendo pela sua total recuperação”, afirmou o governador Wagner. Segundo a unidade médica do Sírio-Libanês, após avaliação multidisciplinar, foi definido tratamento inicial com quimioterapia, que será iniciado nos próximos dia.

Mantega visita Lula no Sírio-Libanês e diz que ex-presidente está bem e animado

Depois de uma visita de cerca de meia hora a Luiz Inácio Lula da Silva no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que o ex-presidente está bem e animado e deve ir para casa ainda hoje (29). Lula está no hospital se recuperando de exames que detectaram um câncer na laringe.

“Todos estão tranquilos, porque é um problema que tem cura e foi descoberto no início. Então, não há nenhuma metástase e isso foi constatado. As perspectivas são boas”, destacou Mantega em entrevista ao deixar o Sírio-Libanês no fim da tarde. Segundo o ministro, Lula está com uma máscara de oxigênio e não pode falar.

Mantega contou que na última quinta feira (27) esteve na casa de Lula para comemorar os 66 anos do ex-presidente. “Ele estava um pouco rouco, mas, como tem viajado muito e dado muitas palestras, achamos que era normal. Ele veio aqui ontem [ao hospital] e se detectou esse problema”, disse.

Para o ministro, o ex-presidente é “um lutador” e vai se recuperar da doença, assim como já superou outros problemas. “Ele vai vencer esse também.

Lula ainda tem muito a contribuir para o debate político nacional, diz presidente do PSDB

Em nota divulgada no site do PSDB, o presidente do partido, deputado Sérgio Guerra (PE), desejou rápida recuperação ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que teve diagnosticado hoje (29), em São Paulo, um câncer na laringe. “Lula ainda tem muito a contribuir para o debate político nacional”, diz a nota do PSDB. A mensagem diz ainda que, ao saber do diagnósticos, os tucanos ficaram “preocupados, como todos os brasileiros”.

Outro partido de oposição, o PPS, também manifestou solidariedade a Lula, desejando sucesso e pronta recuperação ao ex-presidente. “Lula agiu corretamente ao não esconder a sua doença. Tal atitude é rara de ser vista em homens públicos”, destacou o deputado Roberto Freire (PE), presidente nacional do partido.

Em nota publicada em seu site, o PT, partido do qual Lula foi um dos fundadores e é presidente de honra, pede aos brasileiros que enviem ao ex-presidente “uma calorosa mensagem de confiança e de energia positiva”. “Ex-presidente Lula, conte com o apoio e o carinho de todos os brasileiros e brasileiras”, conclui a nota.

Durante a Cúpula Ibero-Americana, em Assunção, os presidentes Fernando Lugo, do Paraguai, e Rafael Correa, do Equador, lamentaram a notícia de que o ex-chefe do governo brasileiro teve diagnosticado um tumor na laringe. A informação foi dada em plenário por Lugo, que lembrou o fato de a sucessora de Lula, Dilma Rousseff, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, e ele mesmo terem passado por esse problema de saúde.

Ao iniciar sua exposição na cúpula, o equatoriano Rafael Correa enviou “um grande abraço” a Lula e disse que o líder brasileiro conseguirá vencer a doença, já que se trata de “um lutador acostumado a vencer grandes batalhas”.

Ex-presidente Lula, câncer diagnosticado e solidariedade do povo brasileiro.
Ex-presidente Lula, câncer diagnosticado e solidariedade do povo brasileiro.
Ex-presidente Lula, câncer diagnosticado e solidariedade do povo brasileiro.
Ex-presidente Lula, câncer diagnosticado e solidariedade do povo brasileiro.
Ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff.
Ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff.
A presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participam de inauguração da nova sede da embaixada Argentina no Brasil, em 29 de julho de 2011.
A presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participam de inauguração da nova sede da embaixada Argentina no Brasil, em 29 de julho de 2011.
As presidentas do Brasil, Dilma Rousseff, e da Argentina, Cristina Kirchner e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participam de inauguração da nova sede da embaixada Argentina no Brasil, em 29 de julho de 2011.
As presidentas do Brasil, Dilma Rousseff, e da Argentina, Cristina Kirchner e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participam de inauguração da nova sede da embaixada Argentina no Brasil, em 29 de julho de 2011.
Sobre Carlos Augusto 9759 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).