Ameaça de demissões de 300 funcionários paralisa as atividades hoje e amanhã na Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Os trabalhadores da Conder (Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia) paralisaram as atividades hoje (18/10/2011), ocupando a entrada da empresa, em Narandiba, desde a 6h da manhã. O ato, realizado durante todo o dia vai ocorrer também amanhã. A interrupção das atividades foi apoiada pela Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB). O objetivo é pressionar o governo do Estado para a situação dos trabalhadores, que após 12 anos integrados ao quadro funcional da Conder, podem ser transferidos novamente para a Urbis(Habitação e Urbanização do Estado da Bahia S/A).

“Os funcionários foram forçados a interromper suas atividades para mostrar ao governo e a população a atrocidade que se pretende cometer com servidores do quadro da Conder, que podem de um dia para o outro estar fazendo parte de uma empresa, que já integraram, e que hoje está praticamente extinta. Querem jogar a história e os direitos dos trabalhadores no lixo”, argumenta Adilson Araújo, presidente da CTB- Bahia.

“Não aceitamos o posicionamento da diretoria da Conder que quer nos devolver para uma empresa em liquidação. A imposição contraria a decisão tomada no dia 7 de março de 1999 quando houve uma transferência dos trabalhadores da Urbis para a Conder, através de decreto feito pela Procuradoria Geral do Estado”, explicou José Augusto Pinto, presidente da Associação dos Servidores da Conder(ASCON).

O dirigente ressaltou que há 12 anos, os trabalhadores têm carteira assinada e depósito de FGTS feitos pela Conder, já que existe um contrato. “É um ato irresponsável do governo e dessa diretoria que aí está e não se pronuncia. Por este motivo, estaremos paralisados até o dia 19. O governo tem que ouvir os trabalhadores. Não podem simplesmente definir sobre o futuro da vida da gente sem termos direito a palavra. Ficamos sabendo que a (cúpula) do governo estará reunida amanhã para avaliar a nossa situação, na qual esperamos uma efetiva resposta”.

“Estamos buscando uma negociação com o governo porque entendemos que eles não podem depois de tantos anos decidir que quase 300 funcionários egressos da Urbis, com carteira assinada e todos os direitos que a situação de regularidade permite, voltem agora para o órgão de origem, que está em liquidação. Não queremos acreditar que falte consciência ao governo do que está sendo feito aqui”, enfatiza Lucia Maia, secretária geral do Sintracom.

A mobilização segue durante todo o dia amanhã (19/10/2011) até que o governo negocie com os trabalhadores e garanta a manutenção dos trabalhadores no quadro da Conder.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120656 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.