Projeto Zona Azul está sendo elaborado pela Prefeitura de Feira de Santana

Prefeitura de Feira de Santana elabora projeto de criação e concessão da 'Zona Azul'.
Prefeitura de Feira de Santana elabora projeto de criação e concessão da 'Zona Azul'.

A falta de áreas para estacionamento é um dos principais fatores que contribuem para o congestionamento de veículos no centro de Feira de Santana. É com o objetivo de disciplinar o trânsito e garantir segurança para motoristas e pedestres que está sendo elaborado o projeto da Zona Azul. A iniciativa é do Governo Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT).

O secretário explica que a Zona Azul é um quadrilátero que envolve o trecho compreendido entre a rua Desembargador Filinto Bastos e a avenida Maria Quitéria, e a entre a rua Carlos Valadares e avenida Presidente Dutra. Estão sendo feitos estudos técnicos para que o estacionamento rotativo funcione de forma a atender plenamente a demanda.

De acordo com Flailton Frankles, o projeto está em fase final de planejamento. Ele afirma que a ação desenvolvida precisa ser “forte e bem feita” para surtir o efeito esperado e defende que é fundamental a colaboração da população quanto ao cumprimento das normas de trânsito.

“Feira de Santana é uma cidade grande, uma metrópole e muitas pessoas ainda se comportam como se estivem em uma cidade pequena. Temos feito um forte trabalho educativo para o cumprimento das regras, mas muitas pessoas insistem em querer parar na porta do banco em fila dupla, por exemplo”, diz o secretário.

Para o presidente da Associação Comercial de Feira de Santana, Armando Sampaio, a Zona Azul – ou pedágio urbano – a é a melhor alternativa. “Precisamos disciplinar, possibilitar maior fluxo de pessoas e veículos no centro e com isso revitalizar o comércio”, afirma.

Ele reconhece o esforço do Governo Municipal em resolver o problema e diz “o estacionamento é uma reivindicação da Associação Comercial, da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e de todas as entidades de classes que respondem pelos interesses do comércio”.

Armando Sampaio acredita também que devem ser tomadas medidas no que diz respeito à ocupação do solo. “Além de carros, motos, bicicletas, os passeios estão tomados por ambulantes o que demonstram total desorganização”, explica.

O cantor Amado Batista levou romantismo a EXPOFEIRA 2011

O romantismo tomou conta do Parque de Exposição João Martins da Silva na noite desta quarta-feira (07/09/2011). O cantor Amado Batista, uma das atrações mais aguardadas da Exposição Agropecuária de Feira de Santana (Expofeira 2011) retribuiu o carinho do público no feriado de 7 de setembro, cantando seus grandes e antigos sucessos.

O espaço para shows ficou lotado. Os inúmeros fãs, desde cedo, começavam a chegar e procuravam um lugar estratégico na frente do palco. A expectativa era geral para o começo do show de Amado Batista. O público mostrava-se ansioso e por volta das 23h20 o cantor goiano sobe no palco e dá início a apresentação.

Esta é a segunda vez neste ano que Amado Batista se apresenta em Feira de Santana. Assim como no São Pedro em Humildes, ele fez um belíssimo show cantando as músicas que lhe consagrou e que ainda hoje são tocadas nas rádios de todo o país e ouvidas pelos milhares de fãs.

“Menininha, meu amor”, “Secretária”, “O meu endereço tá na internet”, “Pobretão”, “Chance” e “Seresteiros da Noite” foram algumas das músicas escolhidas para o repertório do show em Feira de Santana. Cada canção foi acompanhada pelo público que prestigiou a quarta noite da Expofeira.

Um dos momentos mais marcantes do show foi quando Amado Batista atendeu ao pedido dos fãs e cantou “Princesa”. “Esta música é para todas vocês que são as minhas princesas”, disse o cantor, para logo em seguida iniciar a música. Ele agradeceu ao Governo Municipal pela oportunidade de cantar mais uma vez na cidade.

“Adorei esta cidade, onde fui recebido de braços abertos. É um imenso prazer retornar a Feira de Santana e matar a saudade. Espero fazer um grande show e que as pessoas saiam daqui mais felizes”, disse o cantor minutos antes da apresentação.

Fã do cantor, a autônoma Patrícia Nunes, 32 anos, confessa que aguardava pelo show com muita ansiedade. “Tenho praticamente todos os cds dele. Amado Batista em Feira por duas vezes foi um presente. Eu já imaginava que este show seria tão bom quanto foi em Humildes”, observou.

Amado Batista foi a terceira atração da grade de shows da Expofeira, nesta quarta-feira(07/09). Antes apresentaram-se João de Valença e Mulher Bandida. Em seguida foi a vez de Banda Sião e Zona Sete. A animação foi a mesma do princípio ao fim, deixando na platéia o gostinho de quero mais.

O show foi acompanhado pelo prefeito Tarcízio Pimenta a primeira dama e deputada estadual, Graça Pimenta. Nesta quinta-feira (08/09/2011) foi a grande final do Festival de Música Gospel. Apresentam-se Fernanda Brum e Irmão Lázaro.

Ações contra a dengue na Expofeira; Agentes de endemias realizam o bloqueio de transmissão da doença

Ações educativas e preventivas de combate à dengue estão sendo empreendidas no Parque de Exposição João Martins da Silva, que sedia a Exposição Agropecuária de Feira de Santana (Expofeira 2011) até o próximo domingo (11/09/2011). Agentes de endemias estão realizando o bloqueio de transmissão da doença com inseticida, através do uso da bomba costal.

De acordo com a chefe da Divisão Vigilância Epidemiológica (Viep), Janice Estrela, a medida visa eliminar o mosquito Aedes aegypti adulto e assim bloquear a transmissão da doença no espaço da mostra agropecuária. “Se um visitante de outra região estiver com dengue e for picado por um mosquito sadio, este mesmo mosquito poderia picar várias pessoas e transmitir a doença. Com o uso do inseticida, os mosquitos adultos estão sendo eliminados”, salienta.

Além das ações de bloqueio da transmissão, equipes da Viep estão percorrendo o parque, das 7h às 23 horas, realizando trabalhos de educação em saúde. “Técnicos estão atuando junto aos barraqueiros, distribuindo hipocloritos e sacos de lixo. Para conscientizar a população, as equipes também realizam a distribuição de panfletos informativos sobre várias doenças, como esquistossomose, meningite, hepatite, hanseníase e DSTs”, afirma Janice Estrela.

Ela informa ainda que no estande da Viep montado no Parque de Exposição os visitantes podem obter orientações. “O estande está sendo muito visitado por alunos de escolas públicas. Na oportunidade, os técnicos explicam como são transmitidas várias doenças, apresentando maquetes e vídeos educativos”, relata.

Arrasta pé no Caminho da Roça; Espaço para a cultura regional na Exposição Agropecuária

O Caminho da Roça, espaço no Parque de Exposição João Martins da Silva que reúne em um só lugar a culinária nordestina e a cultura regional, foi bastante visitado pelo público que esteve presente na Exposição Agropecuária de Feira de Santana (Expofeira 2011), na noite desta quarta-feira (07/09/2011). Enquanto alguns curtiam o autêntico forró pé de serra, outros aproveitavam para saborear beijus de sabores variados, cocadas e bolos, entre outras iguarias.

Trios de forró começaram a animar as pessoas que visitavam o espaço logo cedo. Sucessos de Dominguinhos e Flávio José foram relembrados pelas atrações da noite. Ao redor do coreto montado no centro do Caminho da Roça, os casais dançavam animados. A professora Gorete Lacerda, 35 anos, observa que o espaço é um dos locais mais agradáveis da Expofeira. “Aqui a família se diverte com tranquilidade. O forró faz esquentar esse frio que esta fazendo”, disse.

Bastante empolgada estava também Nelza Brandão da Silva, 59 anos. Moradora do bairro Mangabeira, a agricultora chegou ao Parque de Exposição por volta das 14 horas e já era noite quando se divertia. “Uma festa linda. Cheguei cedo, já brinquei com netos, genro e filha nos brinquedos do parque de diversão e ainda tenho pique para dançar. O Caminho da Roça é uma oportunidade para as famílias se divertirem”, ressalta.

O secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Artur Andrade, observa que o Caminho da Roça é o espaço para reafirmar a cultura nordestina, com os trios de forró e a comercialização de pratos típicos. “É onde o homem do campo se sente à vontade, além de ser um espaço para negócios e divertimentos”, pontua.

Orientação cumprida pelas escolas que realizam as visitas

Várias escolas das redes pública e privada da cidade estão visitando o Parque de Exposição João Martins da Silva durante a Exposição Agropecuária de Feira de Santana (Expofeira 2011), que acontece até domingo (11/09/2011). A orientação dada aos professores e coordenadores das visitas é que todos os alunos sejam identificados.

“É uma medida que visa facilitar o controle de todos os estudantes presentes no parque e a rápida identificação daquela criança no caso de alguma delas se perder do grupo”, explica a conselheira tutelar Gisalba Pereira Costa. A orientação vem sendo cumprida por todas as escolas que realizam visitas no Parque de Exposição.

Na manhã desta quinta-feira (08/09/2011) uma das unidades a promover a visita de alunos a Expofeira 2011 foi o Colégio Municipal Agrário de Oliveira Melo, que funciona no distrito de Ipuaçu. Durante a excursão foram trazidos ao Parque de Exposição cerca de 130 alunos, do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental.

A estudante Gabriela de Jesus, 8 anos, esteve visitando a Expofeira pela primeira vez. “Os bichos aqui são muito bonitos, tudo muito bem arrumado, e a gente aprende muito aqui. Agora vou querer estar aqui sempre que acontecer a Expofeira”, declarou a aluna da 2ª série do Ensino Fundamental.

Projeto de sustentabilidade da APAE; Alunos visitaram o Parque de Exposição nesta quinta-feira (08/09)

Alunos da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Feira de Santana realizaram uma visita ao Parque de Exposição João Martins da Silva, na manhã desta quinta-feira (08/09/2011). A presença do grupo durante a Expofeira 2011, que acontece até domingo (11/09/2011), faz parte do Projeto de Sustentabilidade desenvolvido pela entidade.

De acordo com a professora Narrimam dos Reis, a presença dos alunos na Exposição Agropecuária de Feira de Santana é fundamental para o desenvolvimento dos mesmos. “Aqui eles têm a oportunidade de ter contato com os animais e podem desenvolver o nosso tema central, que é a boa convivência e a preservação do meio ambiente”, pontua.

O grupo trazido ao Parque de Exposição é composto por 13 alunos. “A Expofeira acaba sendo um evento muito bom para desenvolvermos atividades diversas, além de ser um ambiente bastante propício para a interação deles com o ambiente rural e com a cultura da nossa região”, completa a professora.

Jurado da Namíbia presente na Expofeira; Julgamento de ovinos das raças Dorper e White Dorper

Cerca de 300 ovinos estão participando da Exposição Nordestina Dorper e White Dorper, durante a Expofeira 2011. O julgamento das raças está acontecendo na manhã desta quinta-feira (08/09/2011), no Parque de Exposição João Martins da Silva. O jurado é presidido pelo especialista Philip Strauss, da Namíbia, país situado no continente africano.

Estão participando do evento animais da Bahia, Sergipe e São Paulo. De acordo com assistente de julgamento Giancarlo Antoni, são observados as principais características inerentes as raças. “Como está acontecendo aqui a Exposição Nordestina, foi trazido para a Expofeira o que há de melhor. São animais de alto padrão de algumas das principais fazendas do país”, pontua.

Durante o julgamento dos ovinos das raças Dorper e White Dorper são analisados três aspectos fundamentais. A funcionalidade (patas, cabeça, órgãos genitais, reprodução e locomoção); a estampa racial (enquadramento com a característica da raça); e a produção de carne.

O jurado Philip Strauss considera elevado o nível dos animais trazidos para a Expofeira 2011. “A qualidade tem nos surpreendido e mostra a evolução do Brasil neste setor. Temos aqui animais com um bom padrão genético e a cidade está de parabéns por realizar um evento nesse nível”, destacou.

Expofeira 2011 repercute em toda a Bahia; Equipe da Rede Record esteve no Parque de Exposição

A 36ª edição da Exposição Agropecuária de Feira de Santana (Expofeira 2011) tem tido uma boa repercussão em todo o estado. Na manhã desta quinta-feira (08/09/2011), o sucesso do evento deste ano foi registrado pela equipe de jornalismo da TV Itapoan, filiada da Rede Record na Bahia. A matéria produzida no Parque de Exposição João Martins da Silva será exibida em todo o estado.

Na entrevista concedida à emissora, o prefeito Tarcízio Pimenta destacou o crescimento da festa nos últimos anos. “Hoje a Expofeira tem uma gestão extremamente profissional. É o principal evento do agronegócio no interior da Bahia e tem atraído cada vez mais criadores de todo o país”, ressaltou.

O prefeito observou as mudanças estruturais feitas no Parque de Exposição visando melhorar as condições de acomodação para os animais. “Este ano foram trazidos 2.500 animais entre bovinos, caprinos e eqüídeos. Mas há algum tempo atrás os criadores estavam se afastando da Expofeira. Trabalhamos para mudar esse aspecto, colocamos as baias dos animais longe da área de shows e o resultado foi a retomada da força do evento”, revelou.

Tarcízio frisou ainda a diversidade da Expofeira. “Além da questão do agronegócio, que deverá movimentar algo em torno de R$ 10 milhões, o evento acaba sendo também um atrativo para toda a família. Temos aqui um comércio pujante, várias atividades, uma área de shows completa e com programação durante todos os dias”, salienta.

Cultura afrodescentende debatida em Seminário; Encontro promovido pelo Núcleo Odungê acontece nesta 6ª e sábado

Assuntos relacionados à questão racial serão debatidos no 12° Seminário Regional Afrodescendente Portal do Sertão. O encontro, promovido pelo Núcleo Cultural Educacional e Social Odungê nesta sexta-feira (0/09/) e sábado (10/09), será realizado no Centro Universitário de Cultura e Arte (CUCA).

Além de Feira de Santana participam mais 17 cidades pertencentes ao Portal do Sertão. Com a presença de palestrantes feirenses, de Salvador e Brasília serão discutidos assuntos como o Estatuto da Igualdade Social, o Meio Ambiente, Educação, além da questão cultural dos afrodescendentes.

Segundo a presidente do Odungê, Lourdes Santana, o evento faz parte do Calendário Oficial do Município e conta com o apoio da Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e a Fundação Egberto Tavares Costa. “É um evento que terá a participação da sociedade civil organizava. As pessoas que se inscreveram vão receber certificados com carga horária”, afirma.

Lourdes Santana informa ainda que haverá sessão solene na Câmara de Vereadores, no dia 22, em homenagem ao Dia da Beleza Negra e, em novembro, comemora-se a Consciência Negra. “Estas atividades fazem parte do calendário de comemorações em prol da valorização dos negros”, pontua.

Habitação divulga lista de novos residenciais; Pré- selecionados dos residenciais Aquários e Laranjeiras

A Secretaria Municipal de Habitação e Regularização Fundiária divulgou novas listas com os nomes dos pré- selecionados para os empreendimentos Aquários e Laranjeiras, localizados nos bairros Aviário e Mangabeira, respectivamente. As famílias devem comparecer na sede do órgão, munidas com todos os documentos pessoais.

Os condomínios fazem parte do Programa “Minha Casa, Minha Vida” e irá contemplar mais de 500 famílias, principalmente portadores de necessidades especiais. Segundo a assistente social do órgão, Ana Cristina Mamona, os empreendimentos possuem algumas unidades com adaptações necessárias para deficientes físicos.

“A partir de agora os condomínios do programa serão destinados também para beneficiários portadores de necessidades especiais. A lista já foi divulgada com 20% a mais do número de beneficiários indicado conforme determinação em lei”, afirma. Ela acrescenta que a situação conjugal, renda superior ao estabelecido e contato com os candidatos são um dos principais problemas encontrados no momento da atualização cadastral.

O secretário de Habitação, Gilberto Ruy, informa que o Residencial Aquários possui sete unidades habitacionais adaptadas e o Laranjeiras contará com 14 apartamentos para atender cadeirantes. “Eles receberão casas ao invés de villages para garantir maior qualidade e segurança aos cadeirantes. Observamos que na primeira etapa do programa, os portadores de necessidades especiais não foram atendidos adequadamente”, declara.

A dona de casa Jeane Santos Ferreira, atualmente desempregada, possui três filhos e um deles é portador de necessidade especial. “Estou muito feliz com esta conquista, pois vou oferecer aos meus filhos uma melhor qualidade de vida. É muito difícil sustentar filhos e ainda pagar aluguel”, afirma.

Mãe de sete filhos, Crispina de Jesus, sonha com uma casa própria. “No quartinho que divido com meus filhos, não tem piso e nem banheiro. Espero viver dignamente”, pontua.

Grande final do Festival Gospel nesta 5ª; Atrações apresentam-se na Expofeira 2011 a partir das 19 horas

Buscando agradar toda a comunidade feirense, a Expofeira 2011 conta com uma vasta programação musical. A noite desta quinta-feira (08/09) será diferenciada com grandes nomes da música gospel como a cantora Fernanda Brum e Irmão Lázaro, além dos novos talentos que serão revelados durante a 4ª edição do Festival de Música Gospel. A abertura do evento está marcada para as 19 horas, no Parque de Exposição João Martins da Silva.

Segundo o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Euclides Artur, estima-se que aproximadamente 35 mil pessoas participem da noite gospel. “Há uma expectativa muito grande em torno do público para noite de hoje. Os finalistas vão apresentar músicas inéditas e também estão muito ansiosos com a grande final. Além do Festival Gospel e das grandes atrações, o público vai conferir a apresentação dos grupos de dança de rua de alguns bairros da cidade”, ressalta.

A premiação total do concurso será de R$ 8.500,00, sendo que receberão prêmios em dinheiro os três primeiros colocados (R$ 3.000,00; R$ 1.500,00 e R$ 1.200,00 respectivamente), os melhores intérpretes masculino e feminino (R$ 700,00 cada), além do melhor arranjo vocal (R$ 900,00) e melhor performance (R$ 500,00). Os 12 finalistas gravarão um CD com as músicas que cada um interpreta na competição.

A iniciativa é promovida pela Prefeitura de Feira de Santana em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, através da Fundação Cultural Municipal Egberto Tavares Costa.

Convênio para pacote de torpedos; População terá informações sobre serviços públicos no celular

A empresa de telefonia móvel Claro já iniciou o processo de instalação de placas indicativas de linhas de ônibus no município de Feira de Santana. A iniciativa faz parte do convênio para viabilidade de um moderno projeto que será celebrado com o Governo Municipal.

A proposta consiste no fornecimento de pacote de torpedos com informações gratuitas aos usuários dos serviços de saúde, educação e transporte. “O projeto já está em fase de teste. O propósito é oferecer mais agilidade aos serviços com comodidade para a população”, explica Cezar Orrico, presidente da Fundação Cultural Municipal Egberto Tavares.

A operacionalidade do sistema será apresentada durante solenidade de assinatura do convênio. “A assinatura do documento contará com a presença da diretoria nacional da empresa e na oportunidade serão explicados todos os detalhes, como objetivos, formas de atuação e serviços que serão oferecidos”, afirma.

Parceria Público Privada em outras cidades; Sistema que será adotado em Feira já funciona em todo o mundo

O modelo de gestão que será criado em Feira de Santana com a aprovação do projeto que regulamenta o Programa Municipal de Parceria Público Privada já é adotado em várias cidades brasileiras e até em outros países. Trata-se da regulação da prestação de serviços em regime de concessão, conforme prevê a Lei Federal nº 11.079/2004.

O sistema de Parceria Público Privada (PPP) já tem resultados positivos em cidades de várias partes do país, a exemplo de Canoas (RS), Belo Horizonte e Divinópolis (MG), São Carlos (SP), Jacareí (SP), Piracicaba (SP) e Porto Alegre (RS). Na Bahia, o Governo do Estado aderiu à proposta de PPP para reconstrução do Estádio da Fonte Nova, em Salvador, e o Governo Municipal anunciou a utilização do sistema para conclusão das obras do metrô.

Como a própria denominação do programa sugere, a PPP é um contrato de prestação de serviço que envolve o poder público e o setor privado. O primeiro, na condição de contratante por meio de concessão, e o segundo como executor da obra ou serviço contratado. “Qualquer empresa devidamente habilitada pode participar da licitação”, informa o prefeito Tarcízio Pimenta.

Tarcízio explica que a criação de uma agência reguladora de serviços públicos – a ARSEPUC – proposta pela lei aprovada pela Câmara Municipal, atende normatização federal. “É necessário que a administração pública compartilhe”, defende o prefeito, citando que o serviço de limpeza pública de Feira de Santana é terceirizado e que as parcerias podem abranger serviços nas mais variadas áreas.

Além do Brasil, outros países adotaram a gestão compartilhada visando a melhoria dos serviços públicos prestados à comunidade. Um exemplo é Macau, cidade chinesa com 560 mil habitantes, que acaba de realizar concurso para gestão da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR). A empresa vencedora foi a portuguesa Indaqua, que participou do certame internacional em consórcio com mais dois grupos empresariais.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111047 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]