Prefeito de Conceição do Almeida, Adailton Campos Sobral, denuncia supostos estelionatários

O prefeito de Conceição do Almeida, Adailton Campos Sobral, denuncia esquema de falsificação de contracheques da prefeitura para aquisição de veículos, através de financiamento. Demite e representa contra supostos envolvidos na fraude que provavelmente envolve outras cidades.

Prepostos da Prefeitura Municipal de Conceição do Almeida estavam recebendo ligações telefônicas, de instituições bancárias e financeiras, solicitando confirmação de vínculo empregatício de pessoas estranhas à administração municipal. A servidora municipal Elisângela Neiva chegou a receber e-mail com um demonstrativo de pagamento de salário não confeccionado pelo Departamento de Pessoal da Prefeitura Municipal.

Em apuração interna da Prefeitura, acerca de possíveis envolvidos no suposto esquema fraudulento, funcionários indicaram os nomes do corretor de veículos, Sr. Nelson José do Nascimento Araújo, conhecido como “Grande”, e do Sr. Reginaldo Alexandre Lopes Santos, técnico em informática.

O Prefeito de Conceição do Almeida, Adailton Campos Sobral (PMDB), conhecido como “Ito de Bêga”, por intermédio do Ofício GP nº 171/2011, noticiou o fato ao delegado da cidade, apresentando um contracheque falso em nome de Clarice Emiliana Lima, suposta moradora da cidade de São Felipe, no qual consta que a mesma exerce a função de cartógrafa com salário de R$2.900,00 (dois mil e novecentos reais), o prefeito afirma que “nem existe esse cargo na prefeitura, muito menos a funcionária”. “Há indícios que mais de cem financiamentos foram efetivados nos municípios de Conceição do Almeida, São Felipe e Maragogipe”, diz o prefeito, “segundo informações preliminares, o esquema fraudulento vem ocorrendo a mais de cinco anos em Conceição do Almeida, São Felipe e Maragogipe”, conclui o prefeito.

O Delegado de Polícia, Dr. Nei Santana de Andrade Brito, de pronto, diligenciou no sentido de convocar os acusados para esclarecimentos, tendo sido os mesmos ouvidos na delegacia da cidade na última sexta-feira, 09. O Delegado declarou que o esquema consiste em falsificação de contracheques de prefeituras da região, visando comprovação de renda para aquisição de veículos, através de financiamento bancário. “Geralmente, paga-se apenas a primeira prestação, logo após, o veículo é vendido a terceiros”, ressaltou o delegado.

O Prefeito Ito de Bêga exonerou todas as pessoas supostamente envolvidas no esquema, aparentemente lideradas por Nelson José do Nascimento Araújo e Reginaldo Alexandre Lopes Santos.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108105 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]