Litoral Sul da Bahia terá diagnóstico agropecuário. Ação é estratégica para orientar o desenvolvimento e a agroindustrialização de 26 municípios

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Com apoio e participação da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), Agência de Defesa Agropecuária da Bahia, (Adab), Universidade Estadual de Santa Cruz, Ceplac e prefeituras municipais, o Fórum dos Secretários de Agricultura do Litoral Sul, vai elaborar o diagnóstico da agropecuária para saber com exatidão o que é produzido nos 26 municípios daquele território e a vocação de cada um deles. O anúncio foi feito pelo presidente do fórum e secretário da Agricultura e Meio Ambiente de Itabuna, Antonio Marcelino de Oliveira Santos, durante reunião com 20 dos 26 secretários de Agricultura do território, em Camacan, com o secretário estadual da Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles.

Para Salles, a elaboração do diagnóstico é uma ação estruturante e fundamental para orientar a formatação de políticas públicas. “Essa é uma decisão estratégica, e vocês estão saindo na frente. O diagnóstico é muito importante para identificar as potencialidades. Assim, podemos estabelecer planos detalhados para alcançarmos uma das nossas metas prioritárias, que é a agroindustrialização da Bahia”, disse o secretário estadual, acrescentando que “com esse inventário podemos avançar muito, buscando recursos do Ministério do Desenvolvimento Agrário, (MDA), Ministério da Agricultura (Mapa), e Ministério do Desenvolvimento Social (MDS)”.

O Fórum dos Secretários de Agricultura do Litoral Sul vai se reunir na primeira terça-feira de cada mês, e terá a presença de Jeandro Laytynher Ribeiro, diretor da Superintendência de Agricultura Familiar (Suaf), representando a Seagri.

A reunião com os secretários, realizada no anexo da Câmara de Vereadores de Camacan, aconteceu no âmbito da programação do Projeto Seagri Itinerante que a Seagri realizou nos dias 31 de agosto a 2 de setembro em Camacan. O evento contou com as presenças dos diretores, coordenadores e superintendentes da Seagri. Durante o encontro foi oficialmente criado o Fórum dos Secretários de Agricultura do Litoral Sul.

Organizar os secretários de Agricultura da Bahia por territórios de identidade é uma estratégia que está sendo fomentada pela Secretaria Estadual da Bahia como forma de fortalecer e viabilizar o fortalecimento da agropecuária do Estado. “São os secretários que conhecem de perto as dificuldades e necessidades dos seus municípios. Juntos, podemos debater as demandas e discutir as soluções”, explicou Eduardo Salles, acrescentando que a meta é organizar fóruns nos 26 territórios, cujos representantes formarão o Fórum Estadual dos Secretários de Agricultura.

Feira Verde

Em Camacan, acompanhado pelo secretário da Agricultura de Camacan, Amúlio Loureiro, Salles visitou uma área denominada Feira Verde, da Associação de Produtores da Fazenda Egito, onde 22 famílias de agricultores cultivam hortaliças.

O assentamento, irrigado pelas águas do Rio Panelão, ocupa seis hectares de uma fazenda municipal, onde são produzidos couve, cebola, hortelã, cenoura, entre outros. “Daqui saem todos os dias até 8 mil unidades”, informou José Pedro Sabino, presidente da associação.

Dos seis hectares, três são utilizados para o cultivo das hortaliças e três para a plantação de cacau, cultura que está em recuperação na região.

Agricultores familiares de Una vão receber mudas de seringueira

Os agricultores familiares do município de Una, no Território de Cidadania Litoral Sul, tiveram mais uma demanda atendida, nesta quinta-feira, durante visita da equipe da secretaria Estadual da Agricultura (Seagri), ao município. Eles pediram ao secretário Eduardo Salles para agilizar a doação de mudas de seringueira para os produtores rurais, da localidade. A solicitação foi atendida, após o secretário conversar com o presidente do Instituto Biofábrica de Cacau de Itabuna, Henrique Almeida, e determinar a entrega de mais de 5 mil mudas, já prontas para o plantio.

A imediata solução da demanda apresentada ao secretário é uma das características do projeto Seagri Itinerante, que leva até o agricultor toda a estrutura da secretaria, juntamente com os representantes dos órgãos vinculados à Seagri, com o objetivo de conhecer de perto as necessidades regionais e, com isso, desenvolver o setor agropecuário baiano. “Estamos aqui à disposição de vocês, para ouvir os problemas dessa região e tentar ajudá-los com essas discussões, para avançarmos. O que podemos fazer, fazemos. Una foi um município que soube enfrentar a crise cacaueira, apostando na diversificação e, agora, precisamos avançar ainda mais”, destacou o secretário.

A reunião foi realizada no auditório da secretaria de Educação de Una e contou com a participação do vice-prefeito do município, José Roberto Almeida, do secretário municipal de Agricultura, Aziel Silva Brito, e de representantes dos órgãos ligados à Seagri. A Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA) foi representada pelo seu diretor de Pecuária, Marcelo Matos; a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), pelos diretores de Defesa Vegetal e Animal, Armando Sá e Ruy Leal, respectivamente; a Bahia Pesca pelo assessor de Planejamento, Jorge Figueiredo, respondendo interinamente pela presidência da empresa; a Coordenação de Desenvolvimento Agrícola (CDA), pelo coordenador de Ação Fundiária, Raimundo Leopoldo Mont’Alverne.

Durante o encontro, o secretário Eduardo Salles incentivou a organização dos agricultores em associações, para facilitar o acesso à terra, através de programas como o Crédito Fundiário, do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA), em parceria com a Coordenação de Desenvolvimento Agrícola (CDA), no Estado. “Estabelecemos como meta a compra de 300 propriedades rurais por ano. O crédito Fundiário é uma realidade e podemos crescer muito com ele”, concluiu o secretário.

O Crédito Fundiário viabiliza a aquisição da terra, com três anos de carência, 20 anos para pagar, juros de 3% ao ano, e bônus de 50% sobre o valor da terra.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115091 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.