Em Salvador, Cristina Ramos lança biografia do Padre Sadoc

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

A escritora baiana Cristina Ramos, lança dia 8 de setembro (quinta-feira), às 17h30, no Instituto Feminino da Bahia, no Politeama, em Salvador, o livro biográfico “Padre Sadoc: Sacerdote. Amigo. Irmão”, uma biografia autorizada do Monsenhor Gaspar Sadoc da Natividade, que por muitos anos desenvolveu suas ações socioeducativas, religiosas e culturais na Igreja de Nossa Senhora da Vitória. A obra também traz textos inéditos de Maria Bethânia, Dona Canô, Lícia Fábio, Adelmário Coelho, Mabel Velloso e muitas outras personalidades.

“O livro trata-se da verdadeira amizade que sempre uniu as nossas famílias e as nossas trajetórias de vida (somos negros) diante do racismo; de como um NEGRO , em 1941 , conseguiu entrar e se manter num Seminário (naquela época o racismo existia como hoje)”, recorda Cristina; acrescentando ainda que o religioso, sempre foi amigo dos seus pais, e desde muito cedo esteve presente em sua vida. “Padre Sadoc também me crismou, celebrou a minha 1ª comunhão, meu casamento e batizou meu único filho”, lembra a autora.

Padre Sadoc – nasceu em Santo Amaro da Purificação, em 20 de março de 1916. Desde pequeno admirava o trabalho dos padres, iniciando a vida religiosa ainda muito jovem. Com apenas 12 anos entrou para o seminário, no ano de 1929. O monsenhor foi ordenado em 1941, e um ano depois tomou posse da sua primeira paróquia, que foi no bairro da Liberdade. Depois foi para a Igreja de São Judas Tadeu, na Baixa de Quintas, onde ajudou a construir o Santuário de São Judas Tadeu, permanecendo nesta paróquia durante 18 anos, e só depois foi para a Igreja da Vitória. Nesta comunidade, o monsenhor fundou a Creche Escola Nossa Senhora da Vitória e Centro Médico e Odontológico.

Cristina Ramos (Maria Cristina Pires Silva Ramos) – Integra a antologiaO Grande Show das Escritoras Brasileiras, publicado em Português e Francês (REBRA). Tem dois livros prontos: Era Buylling e eu não sabia e Nasci para vencer, que serão apresentados ao público brasileiro logo após o lançamento do livro sobre Monsenhor Gaspar Sadoc. Cristina é representante da Rede de Escritoras Brasileiras (REBRA), e associada da União Brasileira de Escritores (UBE), onde participou recentemente do projeto “Papo de Escritor” organizado pelo núcleo da UBE, na Bahia. É uma escritora que traça na contemporaneidade um caminho para trilhar com a sua arte literária, trabalhando para muito em breve lançar outra biografia, dessa vez, do artista plástico Sante Scaldaferri.

Serviço:

O quê: Lançamento do livro Padre Sadoc: Sacerdote. Amigo. Irmão

Onde: No Instituto Feminino da Bahia – Rua Monsenhor Flaviano, 02, Politeama. Salvador

Quando: Dia 8 de setembro (quinta-feira), às 17h30,

Entrada: Franca

Contato: 71 8717-4025 / E-mail: [email protected]

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 107981 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]