Edmundo Filho entrevista Jaques Wagner sobre viagem à Portugal e prospecção de investimentos na Bahia

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Ao regressar de Portugal, o governador da Bahia Jaques Wagner concedeu entrevista a Edmundo Filho, onde discorre sobre a prospecção de investimentos para estado, visita do ex-presidente Lula e Semana Nacional do Trânsito.

Edmundo – Governador Jaques Wagner, é com alegria e satisfação que voltamos a conversar em nosso programa semanal. Tudo bem, governador?

Governador Jaques Wagner – Tudo bem, Edmundo. Cumprimento a você e a todos que nos ouvem através do Conversa com o Governador. Semana passada, como você sabe, eu estava em Portugal e, por isso, não pudemos gravar o programa habitual. Mas estamos aqui de volta, para mais esse bate-papo sobre o que estamos fazendo na Bahia.

Edmundo – Aliás, a sua viagem internacional foi destaque no Diário Econômico, principal publicação de Portugal, dirigida aos empresários.

Wagner – É verdade. Eu fui fazer uma palestra no Hotel Pestana, de Lisboa, para empresários importantes da economia portuguesa, a convite do Diário Econômico, que é um sistema, que não é apenas jornal. É jornal, tem rede de televisão também especializada nessa área de economia e, realmente, na segunda-feira subsequente, o destaque foi muito grande, duas páginas do jornal falando tudo aquilo que nós expusemos, todas as oportunidades de negócios aqui para a Bahia. É claro que o Brasil vive um momento bom. A Europa está com dificuldades e, por isso, é mais um motivo da gente ir lá buscar investidores que queiram vir fazer aqui investimento na área de turismo, produção de vinho, na área de infraestrutura e, eu tenho certeza, que vamos captar bons resultados desse contato feito lá com os empresários portugueses.

Edmundo – E o senhor falou exatamente que é nesse momento de dificuldade que tem que se utilizar a criatividade. Nessa linha também que a Bahia faz as suas prospecções internacionais, governador?

Wagner – É. Eu lhe dou um exemplo. Essa semana nós temos aqui a direção mundial da Nestlé, que veio ao Brasil fazer suas reuniões de nível mais alto da companhia, e escolheu vir à Bahia, para visitar, inclusive, a fábrica de Feira de Santana, e eu vou estar nessa terça-feira com eles, exatamente trocando ideias e estimulando a novos investimentos. O nordeste e a Bahia como a maior economia do nordeste, cresce muito. Então, todos os segmentos têm interesse em vir. Como você falou, é preciso buscar o investimento, ter criatividade, ter habilidade para mostrar as oportunidades de negócios e, com isso, ter o resultado que a gente tem tido, por exemplo, nos 438 mil novos empregos em 4 anos e 8 meses de governo. Isso tudo é o que me faz trabalhar cada dia mais, porque eu entendo que é o emprego, é a saúde, é a educação que trazem a felicidade de todos os baianos.

Edmundo – E o governo tem feito a sua parte. Agora mesmo, nessa segunda-feira, o senhor lançou a 2ª etapa do Água para Todos. Investimentos que garantem também qualidade de vida para os baianos.

Wagner – É verdade! Temos trabalhando muito. Como diz a presidenta Dilma: não podemos dizer que somos um País rico e desenvolvido se as pessoas não têm acesso a água, a energia elétrica, a uma casa e, portanto, o Água para Todos continua. Será um investimento, até 2014, da ordem de 3 bilhões e 700 milhões de Reais, e o nosso objetivo é levar água a mais de 4 milhões de baianos. Podemos até chegar a 5 milhões. Eu estou trabalhando com essa hipótese, entre 4 e 5 milhões. Continuando num programa que mora no meu coração e fala, diretamente, com segmentos mais necessitados da população. Desse jeito a gente vai transformando a Bahia cada vez num Estado com mais condições para a nossa população e, é claro, que é essa a obrigação do governante.

Edmundo –  Para nossa alegria, vamos receber a visita do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, que vai ser condecorado com o título de Doutor Honoris Causa, pela Universidade Federal da Bahia.

Wagner – É verdade! Para nós sempre é um motivo de orgulho. O presidente Lula vem aqui receber um título que já foi concedido a ele ainda durante o seu segundo governo, mas ele preferiu deixar o governo para começar a receber essas honrarias, vamos dizer assim. E para mim, como governador do Estado, é motivo de orgulho esse reconhecimento pela Universidade Federal da Bahia e será mais uma oportunidade para trocarmos ideias, conversarmos um pouco sobre a política na Bahia e no Brasil e sobre o que é que ele tem feito, viajado para muitos Países, feito palestras, feito contato. Para nós, é um motivo de orgulho a presença do ex-presidente Lula aqui entre nós durante essa semana.

Edmundo – Governador, mais uma vez obrigado pela participação em nosso programa, em uma semana também que se comemora a Semana Nacional do Trânsito.

Wagner – Olha, é verdade, Edmundo. E é bom lembrar, porque nós, no domingo, estivemos no lançamento da Caminhada da Paz, que foi muito bonita, na Barra, e também a Semana Nacional de Trânsito. Eu quero aproveitar para me despedir, lembrando a todos que a moto, o carro, tem que ser sempre um instrumento ou de trabalho ou de lazer. Ele não pode ser transformado numa arma que vá tirar a vida ou acidentar as pessoas. O Brasil é o 5º maior em número de acidentes no mundo e, portanto, nós temos um trabalho de conscientização muito forte a ser feito, para que as pessoas dirijam dentro dos padrões. Óbvio que se beber, não se pode pegar numa direção. De tal forma que a gente possa diminuir esses índices que ainda são muito altos na Bahia e no Brasil. Aproveitar, então, Edmundo, para me despedir de todos e esperar que na semana que vem a gente possa se reencontrar em mais um Conversa com o Governador. Um abraço e uma boa semana.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9185 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).