Deputado federal ACM Neto diz que enterro da CPMF é resposta da sociedade

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Líder do Democratas na Câmara Federal, o deputado ACM Neto disse hoje (21/09/2011) que a aprovação do destaque do partido que retirou a Contribuição Social para a Saúde (CSS) da da base de cálculo da Emenda 29 foi uma “resposta da sociedade”, que não aceitava a criação do imposto, uma espécie de nova CPMF. Neto, que mais cedo participou de uma reunião com representantes dos governos federal e estadual, com a presença do chefe do Executivo baiano, Jaques Wagner, na residência do presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), afirmou que a CPMF está “sepultada de uma vez por todas”.

Na reunião, Wagner defendeu a volta do imposto. “Os governadores expressaram as suas angústias, mas sepultamos a CPMF”, enfatizou ACM Neto. O democrata lembrou que o dinheiro arrecadado pela CPMF não ia para a saúde, mas sim para o pagamento dos juros da União. “Existe dinheiro para a saúde. É só cortar os desperdícios com cargos desnecessários que só existem para apadrinhar e cooptar aliados do PT”, disse ACM Neto.

Sobre Carlos Augusto 9461 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).