Circuito nas universidades será atração na Semana de Ciência e Tecnologia

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Professores e pesquisadores de todo o Brasil vão estar na Bahia durante evento de popularização da ciência.

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) deste ano, na Bahia, terá como novidade o Circuito Universidades, que irá trazer os maiores pesquisadores do Brasil para debater temas como biotecnologia, inovação, gestão do conhecimento, mudanças climáticas e desastres naturais. O evento acontece de 17 a 21 de outubro em várias universidades (veja programação completa abaixo) e é uma realização da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI) do Estado da Bahia. Para se inscrever, gratuitamente, basta acessar o site da SECTI (www.secti.ba.gov.br) e preencher o formulário.

A solenidade de abertura acontece no dia 17 de outubro (2011), às 18h30, na Reitoria da Universidade Federal da Bahia (Ufba), com a presença de renomados pesquisadores, como o doutor em saúde pública e pós-doutor em gestão ambiental Arlindo Philippi Jr; o professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro e coordenador da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), Pedro Pascutti e o professor do Instituto de Biologia da UFBA, Charbel El-Hani.

Segundo a superintendente de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da SECTI, Liliane de Queiroz Antonio, o primeiro dia vai abordar a pesquisa interdisciplinar na Bahia, debatendo o cenário da ciência, tecnologia e inovação no Estado. “Vamos falar da importância de se fortalecer a base tecnológica da Bahia e de que forma nossos cursos de pós-graduação podem se adequar às novas demandas do mercado”, ressalta Liliane.

O evento é gratuito e podem participar estudantes, professores, empresários do comércio e indústria, empreendedores e técnicos interessados em debater a situação da pesquisa no Estado. “A intenção é traçar um panorama geral e discutir até que ponto a pós-graduação na Bahia está focada nas áreas estratégicas definidas pelo Governo do Estado”, afirma a superintendente.

O secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Paulo Câmera, destaca o empenho da SECTI em fazer com que a popularização da ciência não aconteça só durante uma semana, mas o ano todo. Ressalta ainda os avanços da Bahia em ciência e tecnologia. “O futuro Parque Tecnológico, por exemplo, que será inaugurado este ano, é um espaço voltado para a pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e processos”, adianta o secretário.

A Semana Nacional de C&T foi instituída em 2004, por decreto presidencial, para mobilizar a sociedade, principalmente os jovens, em torno de temas e atividades de C&T, valorizando a criatividade, a atitude científica e a inovação.

O evento acontece na Bahia de 17 a 23 de outubro e terá, além do Circuito Universidades, o Circuito Ciências,video-aulas nas escolas sobre mudanças climáticas e visita aos estabelecimentos de ensino da rede pública dos ônibus Ciência na Estrada (Fiocruz) e Ciência Móvel (Uneb).

Serviço: Circuito Universidades

Dia: 17/10/11

Horário: 18h30 às 20h

Local: Auditório da Reitoria da UFBA

Tema: Pesquisa Interdisciplinar na Bahia

Dia: 18/10/11

Horário: 18h30 às 20h

Local: Auditório da FIOCRUZ

Tema: Biotecnologia e Saúde

Dia: 19/10/11

Horário: 18h30 às 20h

Local: Auditório do CIMATEC 1

Tema: Gestão e Engenharia do Conhecimento: Inovação do Setor Produtivo

Dia: 20/10/11

Horário: 18h30 às 20h

Local: Auditório do PAF 3 – UFBA

Tema: Mudanças Climáticas, Desastres Naturais e Prevenção de Riscos

Dia: 21/10/11

Horário: 18h30 às 20h

Local: Auditório da UNEB

Tema: Ciência Aplicada: Simulações Computacionais

Sobre Carlos Augusto 9514 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).