Capoeira do Brasil ajuda crianças palestinas na Cisjordânia

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

A capoeira do Brasil está sendo usada nos territórios palestinos como instrumento de ajuda psicológica para crianças que vivem na região.

A iniciativa partiu da Agência das Nações Unidas para Refugiados Palestinos, Unrwa, que assinou um acordo de dois anos para ensinar o esporte a alunos de escolas da ONU na Cisjordânia.

Comportamento

“Trata-se da segunda fase de um projeto conjunto entre a Unrwa e o grupo Bidna Capoeira, que começou em março deste ano e já beneficiou 480 crianças em campos de refugiados por toda a região.

As atividades ajudam no bem-estar físico e psicológico dos jovens, afetados pelos conflitos que afligem o Oriente Médio.

No caso do projeto da Cisjordânia, estima-se que 70% dos participantes que aprenderam a arte brasileira melhoraram a qualidade de seus relacionamentos e tiveram seus comportamentos agressivos reduzidos, além de terem apresentado avanços no aprendizado.”

Na segunda fase do projeto, estão sendo beneficiados centenas de meninos e meninas das escolas da Unrwa nos campos de refugiados de Suafat, em Jerusalém Oriental, e Jalazone, em Ramallah.

*Com informações: Rádio Onu

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120515 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.