Brasil e Peru articulam redução de tarifas e restrições fitossanitárias

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Os governos do Brasil e do Peru querem aumentar o comércio bilateral e, para isso, vão intensificar as articulações para reduzir as barreiras não tarifárias e as restrições fitossanitárias envolvendo os produtos peruanos. Os presidentes Dilma Rousseff e Ollanta Humalla, do Peru, decidiram ainda, durante reunião em Nova York, que serão feitas parcerias para a troca de experiências sobre programas sociais implementados nos dois países.

A ideia é promover reuniões entre empresários de vários setores do Peru e do Brasil para a discussão das medidas que devem ser negociadas pelos dois governos. As informações são da Presidência da República do Peru. Dilma e Humala se reuniram ontem (21) , em Nova York, em um dos intervalos das discussões da 66ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

Humala disse que está interessado em conhecer os programas sociais implementados no Brasil, para que possam ser executados também no Peru. Segundo ele, é sua intenção “aprender” sobre o desenvolvimento dos projetos que são bem-sucedidos nas cidades brasileiras.

“É prioridade reduzir globalmente as assimetrias sociais e econômicas nas regiões fronteiriças, especialmente nas áreas com limitações de serviços básicos”, disse Humala. Para ele, é fundamental ainda incentivar ações conjuntas de combate às drogas na América do Sul e no Caribe.

O assunto foi tema da primeira reunião que Humala teve com Dilma, em maio, logo depois de sua eleição. O presidente do Peru escolheu o Brasil para a primeira visita como chefe de Estado eleito. Na ocasião, ele disse que a melhoria da qualidade de vida e o combate às drogas estavam entre suas prioridades.

*Com informações: Agência Brasil

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110927 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]