Vice-governador Otto Alencar promete muito para Feira de Santana: pavimentação de vias no CIS e voos regulares para o aeroporto João Durval

Osvaldo Ottan, Zé Neto, Otto Alencar e José Mercês Neto. Empresários aguardam por investimentos estatais. Foto: Carlos Augusto | Guto Jads | Jornal Grande Bahia. Com. Br
Osvaldo Ottan, Zé Neto, Otto Alencar e José Mercês Neto. Empresários aguardam por investimentos estatais. Foto: Carlos Augusto | Guto Jads | Jornal Grande Bahia. Com. Br

O vice-governador da Bahia e secretário estadual de infraestrutura, Otto Alencar, esteve na manhã desta terça-feira (09) no Centro Industrial Subaé (CIS) e no Aeroporto João Durval Carneiro, em Feira de Santana, a convite do deputado estadual feirense e líder governista Zé Neto (PT).

O objetivo da visita foi vistoriar a área adquirida pelo Governo Estadual localizada entre Feira e São Gonçalo dos Campos, com investimento de R$ 5,2 milhões, e que tem capacidade de fazer com que o CIS possa recebe, pelo menos, 52 novas empresas. O vice-governador também verificou a infraestrutura existente a fim de garantir que as indústrias já instaladas possam permanecer com as condições adequadas.

“A partir dessa visita teremos mais investimentos na infraestrutura. Daí a importância de se fazer uma vistoria na área para ter uma noção do que precisa ser feito e de quanto precisará ser investido,” explicou o diretor do CIS, José Mercês Neto, que aproveitou para relembrar que apenas em 2010, apesar de problemas estruturais, foram instaladas 20 novas indústrias no Centro Industrial Subaé através de esforços do Governo Estadual.

Segundo José Mercês, 19 novas indústrias estão em vistas de serem em breve instaladas na cidade, que encabeça Região Metropolitana, já tendo sido aprovadas e com áreas já reservadas.

São Gonçalo dos Campos – “A previsão é que mais de 30 indústrias sejam instaladas em São Gonçalo. Estas empresas serão de menor porte, uma vez que a cidade não comporta empresas de grande porte, como as multinacionais,” explicou Mercês.

De acordo com o deputado Zé Neto, que articulou a visita de Otto à cidade, a ideia é avançar no sentido de beneficiar não apenas Feira de Santana, mas, também, São Gonçalo. “Assim como fazemos em Feira, vamos buscar sempre manter o bom diálogo com o prefeito de São Gonçalo buscando direcionar empresas para aquela região. Nosso objetivo é gerar emprego e renda. Propiciar as condições para que o povo de São Gonçalo possa garantir o seu sustento e ter uma vida digna e mais tranquila”, declarou Zé Neto.

CIS Norte – O setor industrial feirense contará em breve com uma nova área de expansão: o CIS/Norte, situado na BR-116/Norte, nas proximidades da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs).

“Nós estamos trabalhando para avançar no projeto do CIS/Norte, devido a questão dos ventos, a questão da saúde pública. Queremos ir para o Norte, mas isso não impede de avançar no atual CIS, com as empresas que aqui já estão e com as que irão chegar. Vamos continuar trabalhando no sentido de atrair mais empresas e dar a condição necessária à sua instalação. Isso faz com que a população ganhe mais emprego, mais renda”, pontuou Zé Neto.

AEROPORTO – Logo após a visita ao CIS, Otto Alencar, Zé Neto, José Mercês Neto e outras autoridades seguiram para Aeroporto João Durval Carneiro.

“Estamos trabalhando e fazendo um projeto básico que deverá estar pronto dentre 60 e 90 dias cujo objetivo é ampliar e transformar o aeroporto de Feira em um aeroporto de grande porte, visto que há uma demanda alta em Salvador que precisa ser dividida”, frisou Otto Alencar ao relembrar que a segunda maior cidade baiana tem uma demanda, significativa tanto de transporte de cargas, como de passageiros, necessitando, assim, de um outro modal de trasporte.

Investimentos no setor aeroportuário – “Investimos R$ 1,8 milhões para recuperar todo pavimento do aeroporto de Feira, com lama asfáltica, o pátio e também a área receptiva. Já enviei um pedido à ANAC (Agencia Nacional de Aviação Civil) para homologar o aeroporto outra vez para que ele possa receber vôos regulares dentro de sua capacidade. Feira de Santana é cidade grande e precisa de obras grandes, como essa,” afirmou o vice-governador.

Revitalização do Aeroporto João Durval Carneiro em destaque 

A cobrança da deputada estadual Graça Pimenta (PR) ao governo do Estado durante pronunciamento na Assembleia Legislativa (AL) referente à situação do Aeroporto João Durval Carneiro, em Feira de Santana, surtiu efeito. O vice-governador da Bahia e secretário estadual de Infraestrutura, Otto Alencar, visitou o equipamento esta semana e enviou um pedido à Agencia Nacional de Aviação Civil (Anac) para homologar o terminal aéreo a fim de que ele possa receber voos regulares dentro da sua capacidade.

“Vamos torcer para que o pedido seja homologado. Operacionalmente, o aeroporto atende apenas voos particulares; aviões de grande porte somente no período do dia, pois a pista de 1.500 metros não possui sinalização, iluminação, nem existe torre de controle. O terminal é pequeno e não possui infraestrutura para passageiros. Além disso, não há plano de ativação do local para voos regulares e movimento de cargas, o que seria viável, pois a produção que é transportada pelas estradas poderia ser escoada através do aeroporto”, declara a parlamentar.

De acordo com o vice-governador, em 90 dias um projeto de ampliação do aeroporto João Durval Carneiro deverá estar pronto. Segundo Otto Alencar, o objetivo do projeto é ampliar e transformar o equipamento num terminal de grande porte, para que possa auxiliar o aeroporto Deputado Luiz Eduardo Magalhães, em Salvador. Cerca de R$ 1,8 milhão estão previstos para serem gastos na recuperação do local.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108863 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]