Vice-governador Otto Alencar promete construir a estrada Capela do Alto Alegre – Pintadas, ligando a região sisaleira a estrada do feijão

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Em entrevista exclusiva a Carlos Augusto, diretor do Jornal Grande Bahia, o vice-governador e secretário estadual de infraestrutura Otto Alencar promete construir um acesso rodoviário interligando a região sisaleira à estrada do feijão. Ele diz que está aposentado da medicina e que importantes investimentos na recuperação e construção de malha viária no entorno de Feira de será executada.

Jornal Grande Bahia – Vice-governador Otto Alencar o senhor está vindo a Feira de Santana como um bombeiro para apagar o incêndio. Essa área já pertence ao Estado há um bom tempo, existe uma demanda para que as empresas se instalem, também há um bom tempo. E até o presente momento, apesar das inúmeras gestões da do Centro Industrial do Subaé, nada foi feito. O senhor acredita que efetivamente, quando os empresários poderão iniciar suas atividades?

Otto Alencar –Eu vim a convite do deputado Zé Neto, e do Fernando Torres para olhar essas áreas que precisam de infraestrutura, de pavimentação asfáltica, dentro do Centro Industrial do Subaé.

O diretor José Mercês Neto me passou a informação que mais ou menos quatro quilômetros, para atender toda a demanda dessas empresas que precisam realmente ter um acesso de boa qualidade.

Conseguir o recurso para fazer essa estrutura que essas empresas estão necessitando. Eu acho que isso é perfeitamente viável, e assim que eu receber o projeto encaminha pelo José Neto, nós vamos trabalhar para fazer essas obras.

JGB – Recentemente eu estive sobrevoando a região de Ipirá, e percebi uma grande obra de pavimentação ligando a estrada do Feijão, próxima a Ipirá a outras localidades. O senhor poderia nos falar sobre essa obra?

Otto Alencar – Essa estrada irá ligar a estrada do Feijão, ao nível de Ipirá a Pintadas. Já está pronta a estrada, nós estamos concluindo agora, e iremos inaugurar dia 21 [foi inaugurada dia 20/08]. Agora a partir daí pode-se fazer a estrada de Pintadas até Capela do Alto Alegre, fazendo um corredor de trafego da região do sisal até a estrada do Feijão.

Eu acredito que irá ter até boa trafegabilidade, porque as pessoas pediam muito isso. Nós estamos terminando agora, Ipirá – Pintadas, aquele contorno rodoviário todo está sendo feito. Foi uma obra de grande porte, um investimento muito grande, só pontes foram cinco. A estrada está com boa qualidade, com um pavimento muito bom e dia 21 está programado a inauguração.

A partir daí, provavelmente no ano que vem nós vamos fazer a estrada Capela do Alto Alegre –Pintadas. Como também já está em andamento a obra de Riachão do Jacuípe ao Ponto de Serra Preta. Já começou a obra, será outra ligação da estrada do Feijão com essa região do sisal, serão duas ligações então. Ipirá – Pintadas – Capela do Alto Alegre, e Ponto Serra Preta até Riachão do Jacuípe.

Recentemente nós inauguramos várias estradas. Inauguramos Santonópolis – Irará, Irará – Coração de Maria, Coração de Maria – Conceição do Jacuípe – Berimbau [Conceição do Jacuípe], e foi dada a ordem de serviço de Coração de Maria a Feira de Santana passando próximo do aeroporto [João Durval]. Nós iremos fazer o aceso ao aeroporto . Só nessas quatro obras foi um investimento da ordem de R$ 22 milhões.

Essas estradas aqui no entorno de Feira de Santana serão todas recuperadas agora no governo Jaques Wagner. De Coração de Maria a Feira de Santana não está praticamente pronta por causa das chuvas, houve um atraso das obras, a ponte de Jaíba já está pronta, tivemos dificuldade com a empresa, resolvemos, e acredito que até o final do ano esse acesso Coração de Maria, a Feira de Santana vai estar pronto. Será uma via paralela a BR-324. Quem está em Irará, vai vir a Feira de Santana, vem por dentro [das BA’s] sem precisar pegar a BR.

JGB – Vice-governador, o senhor também é médico e o senhor recebeu um grupo de médicos cirurgiões pediatras em seu gabinete, e eles lhe encaminharam uma série de reinvindicações. O senhor poderia nos falar um pouco sobre essa reunião que o senhor teve?

Otto Alencar – Não, eu não tive essa reunião. Primeiro eu não sou médico, sou ortopedista. Dizem que ortopedista não é médico. Segundo eu não recebi nenhum pediatra em meu gabinete, até porque se eu fizesse isso seria uma coisa antiética. Quem tem que receber é o Jorge Solla, secretário de saúde, e eu já pendurei a chuteira, desde o ano passado que eu deixei de operar, não estou mais trabalhando, estou na quarta fase do médico, nem o doente me quer, nem eu quero o doente.

Saiba +

A entrevista foi concedida na sede do CIS (Centro Industrial do Subaé) em Feira de Santana, no dia 9 de agosto de 2011.

Leia +

Governador entrega estrada Ipirá/Pintadas neste sábado

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 10025 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).