Reforma no Colégio estadual de Bandiaçu amplia acesso de estudantes com deficiência

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Novo auditório, pavimentação, pintura, iluminação, câmeras de vigilância e banheiros reformados fazem parte das mudanças ocorridas na Escola Estadual de Bandiaçu, no município de Conceição do Coité (234 km de Salvador). A reforma parcial da unidade vai beneficiar os 294 estudantes da 5ª série do ensino fundamental à 3ª série do ensino médio, além da Educação de Jovens e Adultos (EJA). A inauguração da reforma acontece na sexta-feira (5), às 19h30, com uma programação cultural diversificada.

As novidades são muitas, mas a principal mudança aconteceu na sala multifuncional, criada para complementar a aprendizagem dos estudantes surdos. A sala faz parte do projeto Despertar do Silêncio, idealizado pela intérprete da Língua Brasileira de Sinais (Libras) Marli Mota, a partir da situação passada com a filha Deisiane. “A minha filha é surda e estudou aqui na escola. Na época, não havia professores capacitados, então começamos a desenvolver o projeto de forma voluntária. Com a inauguração da sala multifuncional, estamos realizando um grande sonho”, ressalta.

O projeto funciona como um reforço escolar em horário diferente do turno convencional. Atualmente, são atendidos seis estudantes surdos, que estão matriculados em turmas regulares e recebem o apoio de professores com formação em Libras. A estrutura oferecida também auxilia a aprendizagem: televisão, computador, scanner, impressora, teclados específicos, data show e outros equipamentos que possibilitam a utilização de uma metodologia focada em imagens e textos.

Melhor desempenho – A filha de Marli, hoje com 23 anos, concluiu o ensino médio na escola e é uma das cinco professoras que participam do projeto. Durante as aulas regulares, elas também atuam como intérpretes de Libras, auxiliando os estudantes no entendimento dos conteúdos mediados. Os resultados positivos no desempenho escolar já são percebidos pelos pais.

Para Nadi Moreira, mãe de três estudantes beneficiadas, a sala multifuncional vai auxiliar, ainda mais, a evolução das filhas na escola. “Tenho notado uma grande melhora nas notas delas. O projeto é maravilhoso e tem ajudado muito. Antes, eu não conseguia entender o que elas queriam, mas hoje eu também já aprendi bastante”, comemora a mãe.

Com o projeto Despertar do Silêncio, a Escola Estadual de Bandiaçu já se tornou referência na região, atendendo estudantes de localidades vizinhas. No dia da inauguração da reforma, os estudantes beneficiados pelo projeto também se apresentarão para os convidados.

Educação inclusiva – A rede estadual de educação conta com mais de 35 mil estudantes matriculados com necessidades educacionais especiais. A Secretaria da Educação do Estado da Bahia vem investindo na estrutura física das escolas, bem como na formação dos professores. Atualmente, conta com 557 salas multifuncionais instaladas nas escolas da capital e do interior. Também foram implantados dez Centros de Educação Especial, que prestam atendimento especializado aos estudantes da rede, formando uma espécie de parceria com as salas multifuncionais.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111079 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]