Projeto apícola é modelo de cooperativismo no oeste da Bahia

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Um exemplo de iniciativa comunitária vem ganhando espaço no mercado de mel de abelha, na Bahia. Há seis anos, um pequeno grupo de produtores rurais, do município de Ibotirama, na região Oeste do Estado, criou a Cooperativa Regional de Apicultores do Médio São Francisco (Coopamesf).

Com apoio da Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (Seagri), através da assessoria técnica da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA) e demais parceiros, a cooperativa alcançou um excelente grau de organização, o que vem proporcionando a realização de importantes projetos neste segmento agrícola.

Esse ano, a Coopamesf conseguiu ingressar no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), e, com isso, passa a ser a única cooperativa a entregar mel de abelha para a merenda das crianças e adolescentes das escolas públicas de Salvador.

Ela venceu a Chamada Pública da Diretoria Regional de Educação (Direc) 1 e 2, assinada em 15 de julho, garantindo a venda, no período de 4 meses, de 22 toneladas de mel de abelha em bisnaga, gerando uma renda total de R$ 197,6 mil.

Esforço conjunto

Esse esforço conjunto dos apicultores com a EBDA e demais parceiros, há tempos vem gerando resultados. A cooperativa criou um entreposto de mel, com certificação do Serviço de Inspeção Federal (SIF), instalado na comunidade Itapeba, no município de Ibotirama, que atende aos produtores da região do São Francisco.

Segundo o coordenador técnico de apicultura do Território Velho Chico, Gilmário Mendes, a assessoria técnica da EBDA em Ibotirama, foi fundamental para essa conquista. “Hoje, graças ao trabalho dos apicultores, dos parceiros e programas de compras governamentais, saímos, em 2008, de um volume de comercialização de 4 toneladas para 50 toneladas em 2011”, informa Mendes. Segundo Aldo Rodrigues, representante da cooperativa, a Coopamesf atende, em média, 17 municípios baianos. “Ainda fornecemos para outras escolas da região e também para o comércio”, afirma Rodrigues.

A gerente da Coopamesf, Maciana Pedro, conta que, atualmente, a cooperativa tem 42 apicultores associados e 158 envolvidos indiretamente. “Com o apoio dos parceiros, estamos capacitando os apicultores de todo o Território Velho Chico para trabalhar com a apicultura e ampliar o número de cooperados”, explica Maciana.

Capacitação técnica

O escritório da Ebda de Ibotirama, através do técnico Gilmário Mendes, que coordena a Câmara Temática de Apicultura do Velho Chico, desenvolve capacitações e orientações técnicas para apicultores nos 17 municípios do Território. O trabalho é realizado em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), prefeituras, Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Fundação de Desenvolvimento Integrado do São Francisco (Fundifran), Superintendência de Agricultura Familiar (SUAF) da Seagri e associações de apicultores.

“Estamos retomando o georreferenciamento dos municípios onde ainda não foi realizado. São marcados pontos com o GPS e tiradas fotos do apiário, da Casa do Apicultor e da Unidade de Extração e Beneficiamento de Mel. O desenvolvimento do projeto de apicultura na região tem parceiros como a Seagri, Sebrae, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Fundifran, Território Velho Chico (TVC) e prefeituras”, ressalta Mendes.

Graças às parcerias os apicultores conseguiram adquirir um caminhão, pelo TVC, e Projetos de Infra estrutura nos Territórios Rurais (Proinf), e já conseguiram vender este ano R$ 56 mil em saches de mel para as prefeituras de Ibotirama, Muquém de São Francisco e Morpará, para serem usados na merenda escolar. Há perspectiva de ampliação das vendas para as prefeituras de Paratinga, Barra, Brotas de Macaúbas, e Oliveira dos Brejinhos.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121580 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.