Presidente Dilma Rousseff fala sobre corrupção, economia e novo ministro da Agricultura

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Dilma diz que combate à corrupção não é o objetivo central do governo

A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (19), em entrevista à Rádio Metrópole AM, de São José do Rio Preto (SP), que os partidos da base aliada não concordam com malfeitos e considerou que não terá problemas no Congresso em função das demissões e trocas de comando em ministérios e órgãos do governo.

Dilma reiterou que continuará combatendo a corrupção, mas destacou que o objetivo principal do governo dela é a redução das desigualdades sociais. “O objetivo do meu governo não é criar nenhum problema em relação a esse ou àquele segmento. Agora, onde houver problema de corrupção, somos obrigados a tomar posição. Não faço disso o objetivo central do meu governo, o objetivo central é buscar a inclusão social”.

A presidenta voltou a falar que é preciso garantir o direito de defesa para todos os acusados de corrupção. “Meu governo e o povo brasileiro não gostam de injustiça, que ninguém seja objeto de julgamento que não dê espaço para a pessoa provar se tem ou não culpa. No Brasil, existem instituições de Justiça e esse sistema é que pode julgar alguém”.

Sobre a crise econômica que atinge Europa e Estados Unidos, Dilma disse que, este ano, “o que estamos tentando é nem entrar na crise, é parar na porta. É difícil? É difícil, não somos imunes nem uma ilha”.

Em São José do Rio Preto, a presidenta participou da entrega de 1.993 unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida, sendo 50 adaptadas para pessoas com dificuldade de locomoção. As moradias atenderão a famílias com renda mensal inferior a R$ 1,6 mil.

Dilma diz que Brasil está forte para enfrentar turbulências

Ao entregar, hoje (19), unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida, em São José do Rio Preto (SP), a presidenta Dilma Rousseff disse que o Brasil não está em crise, referindo-se aos problemas na área econômica que afetam países da Europa e os Estados Unidos. Ela ressaltou que o governo brasileiro tem dado continuidade a programas sociais que movimentam a economia.

“Essa crise que começou em 2008 não acabou, mas nós aqui continuamos no nosso caminho, porque nós não estamos em crise”, disse a presidenta, ao destacar que a segunda edição do Minha Casa, Minha Vida prevê a construção de 2 milhões moradias.

A presidenta reiterou que o Brasil está forte para enfrentar turbulências. “A cada dia estamos mais fortes para nos proteger, para fazer esse país crescer quando a crise lá fora acontece, e vamos continuamos aqui trabalhando, construindo casas, criando mais indústrias, mais empregos, fazendo nossa parte que é saber que esse país é muito rico, temos petróleo, minério, nossa agricultura é forte, temos industriais”, disse no discurso em São José do Rio Preto (SP).

Em São José do Rio Preto, a presidenta participou da entrega de 1.993 unidades habitacionais, sendo 50 adaptadas para pessoas com dificuldade de locomoção. As moradias atenderão famílias com renda mensal de até R$ 1,6 mil.

Dilma: novo ministro da Agricultura tem histórico político consistente e deve dar continuidade ao trabalho de Rossi

A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (19) que o novo ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, tem um histórico político consistente e vem de um estado com larga tradição agrícola, o Rio Grande do Sul.

À frente da pasta, Mendes Ribeiro deve dar continuidade ao trabalho feito pelo ex-ministro Wagner Rossi cujo trabalho foi novamente elogiado pela presidenta.

“Mendes Ribeiro é uma pessoa com retrospecto político muito consistente, vem de um estado que tem uma larga tradição agrícola, é um homem correto, trabalhador e espero que ele dê continuidade ao que vinha sendo feito pelo Wagner Rossi que, no caso da área de responsabilidade dele, foi muito efetivo”, disse em entrevista à Rádio Metrópole AM de São José do Rio Preto (SP), cidade onde está para entrega de unidades habitacionais do Minha Casa, Minha Vida.

Mendes Ribeiro irá se reunir na tarde de hoje com a presidenta Dilma Rousseff. Este será o primeiro encontro dos depois do convite para que ele assumisse a pasta. A posse de Mendes Ribeiro no cargo deve ocorrer na próxima segunda-feira (22).

O anúncio do novo ministro da Agricultura foi feito ontem (18). Deputado pelo PMDB do Rio Grande do Sul, ele estava em seu quinto mandato e, antes de ser indicado para o ministério, era líder do governo no Congresso Nacional.

A substituição ocorre após a publicação, pela imprensa, de uma série de denúncias sobre irregularidades na pasta envolvendo o nome do ex-ministro Wagner Rossi. Na carta de demissão entregue à presidenta Dilma, ele nega qualquer envolvimento.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113826 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]