Confira a coluna de Antônio José Larangeira de 02 de Agosto de 2011

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Noite da gastronomia

Sob a presidência de João Velloso, a Confraria dos Gastrônomos se reunirá na próxima sexta feira, em sua residência, no Alto dos Velloso, oportunidade em que acontecerá uma noite em que o ponto alto será a preparação do cardápio pelos próprios integrantes do clube do bom gourmet. Foram escolhidos Wilson Pereira, Armando Sampaio, Celso Pereira e Cloves Figueredo para elaborar as iguarias que serão servidas no ensejo.

 Literatura comparada

Numa iniciativa do Núcleo de Estudos Canadenses e do Departamento de Letras e Artes da Uefs, o curso de extensão “Literatura comparada : teoria e prática” terá início a partir de quinta  próxima. Os principais objetivos são oferecer bases teóricas para o diálogo entre as literaturas brasileira e estrangeiras e contribuir para a formação de uma cultura de paz através do estudo da literatura. As inscrições, gratuitas, limitadas em 30 vagas, devem ser realizadas na sala do Núcleo de Estudos Canadenses, no horário de 8h às 12h e das 14h às 18 h, localizado no MT 23, módulo 2 do campus universitário. Segundo o professor doutor Humberto Lima Oliveira (Uefs), que vai ministrar o curso, “a literatura comparada, enquanto metodologia de leitura, se constitui numa ferramenta valiosa quando se trata de aproximar obras ou temas, pois cria a necessária ponte entre autores  de culturas diferentes”.

João Falcão

Faleceu, às 21h de quarta-feira ultima (27), no Hospital Português, onde estava internado, o jornalista João Falcão, feirense e  fundador do Jornal da Bahia, veículo criado em 1958 e que revolucionou as técnicas de redação da imprensa baiana e que formou uma geração de jornalistas baianos que se iniciaram ainda estudantes, entre eles Florisvaldo Mattos, João Carlos Teixeira Gomes, Wilter Santiago, Flávio Costa, Glauber Rocha (cineasta que fundou o Cinema Novo) entre outros. João da Costa Falcão foi deputado pelo Partido Comunista, quando na legalidade após a Constituição de 1946. Era escritor e entre seus livros está “O Partido Comunista que eu Conheci”. Já com 92 anos de idade, mas absolutamente lúcido e atuante, preparava mais um livro, a biografia de Luis Carlos Prestes. Foi fundador do Banco Bahiano da Produção e  pertencia a Academia de Letras da Bahia e Academia Feirense de Letras. Entre suas obras – todas tiveram noite de autógrafos na sua Feira de Santana, destaque para “A Vida de João Marinho Falcão” e “O Partido Comunista que eu conheci”.

Cidadão baiano

No dia 26 de agosto às 10 horas o professor Josué Mello, ex-reitor da UEFS e atual diretor da F2J, receberá na Assembleia Legislativa o título honorífico de cidadão baiano pelos serviços prestados à educação e cultura na Bahia. O Projeto de Resolução é de autoria do deputado Waldenor Pereira, ex-reitor da UESB e ex-líder do Governo Wagner. Os relatores do PR foram os deputados Álvaro Gomes e Zé Neto que deverão saudar o homenageado. De Feira de Santana, irá comitiva composta de amigos e admiradores do festejado educador, nascido em Sergipe. Justa homenagem.

Está coluna é publicada nos sítios jornalísticos:

Jornal Tribuna da Bahia,

Jornal Grande Bahia e

Notícias da Bahia

Sobre Antonio José Larangeira 3070 Artigos
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: [email protected]