Jaques Wagner participa de congresso de associações empresariais e apresenta oportunidades de negócio no estado

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
jaques-wagner-participa-de-congresso-de-associacoes-empresariais-e-apresenta-oportunidades-de-negocio-no-estado
jaques-wagner-participa-de-congresso-de-associacoes-empresariais-e-apresenta-oportunidades-de-negocio-no-estado

O governador Jaques Wagner participa nesta quarta-feira (10/08/2011), às 19h30, no Hotel Pestana (Rio Vermelho), da abertura do 21º Congresso da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB). Com o tema “Salto para o Futuro – Facilitando Caminhos”, o evento discutirá, até a próxima quinta-feira (11), as micro e pequenas empresas, ouvindo empresários, dirigentes de instituições financeiras e entidades governamentais.

O encontro reunirá mais de mil empreendedores do país. Na pauta estão assuntos como empreendedorismo, mediação e arbitragem, certificação digital e nota fiscal eletrônica. O evento também comemora os 200 anos da Associação Comercial da Bahia (ACB), a primeira entidade empresarial do país.

A CACB reúne mais de 2,4 milhões de sócios, abrigados em 2,3 mil associações comerciais do país que, por sua vez, estão sob o abrigo de 27 federações.

Bahia apresenta oportunidades de negócio para empresários japoneses

A Bahia recebe representantes das 125 maiores empresas japonesas durante a 14ª Reunião do Comitê de Cooperação Econômica Brasil-Japão, que se realiza pela primeira vez no Nordeste. Empresários e executivos dos dois países discutem nesta terça-feira (9) e na quarta (10) investimentos no Brasil, principalmente nas áreas de agricultura e exploração de petróleo, tecnologias avançadas e empreendimentos de infraestrutura. O encontro acontece na sede da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), no bairro do Stiep.

As empresas japonesas presentes no evento movimentam recursos superiores a US$ 1 trilhão, o que equivale à quase a metade do PIB brasileiro. Elas também foram grandes investidoras durante a implantação do Polo Petroquímico de Camaçari e tiveram participação no desenvolvimento da soja no Oeste baiano.

Segundo o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, há tradição nas relações diplomáticas com o Japão. “Temos muitos recursos naturais a oferecer, e em contrapartida teremos a cooperação japonesa na área tecnológica e de produção”.

O Japão é o sexto maior investidor internacional no Brasil. Para o governador Jaques Wagner, a Bahia oferece um importante espaço de crescimento e aproximação entre os dois países. “Afinal, o estado possui infraestrutura e base de exploração, como a segunda maior refinaria do país, maior polo industrial do Brasil e terceira maior reserva de gás natural. Já somos parceiros da Mitsui na área de gás e com a Bridgestone na área de fabricação de pneus, consolidando assim mais uma forma de estreitar laços econômicos”.

Executivos de empresas japonesas veem chances de melhorar as relações nipo-brasileiras depois da recuperação da economia nipônica dos prejuízos causados pelo terremoto e pelo tsunami ocorridos em março, estimados em mais de US$ 300 bilhões.

O presidente do Comitê de Cooperação Econômica Brasil-Japão, Masami Iijima, declarou que a intenção é promover parcerias em infraestrutura para ampliar os negócios bilaterais. “Como a Bahia tem crescido muito, vemos a possibilidade de fazer com que essa reunião seja uma nova era nesse momento de crise onde a economia mundial está sendo puxada pelos países emergentes”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113607 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]