Governo da Bahia e sociedade civil debatem metas para o desenvolvimento do Milênio

governo-da-bahia-e-sociedade-civil-debatem-metas-para-o-desenvolvimento-do-milenio
governo-da-bahia-e-sociedade-civil-debatem-metas-para-o-desenvolvimento-do-milenio
governo-da-bahia-e-sociedade-civil-debatem-metas-para-o-desenvolvimento-do-milenio
governo-da-bahia-e-sociedade-civil-debatem-metas-para-o-desenvolvimento-do-milenio

A secretária da Casa Civil do Governo da Bahia, Eva Maria Chiavon, representou o governador Jaques Wagner nesta quinta-feira (18) durante evento em que foi divulgada a quarta edição do Prêmio Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM Brasil), realizado no Cine Teatro Casa do Comércio. O Prêmio ODM Brasil tem como objetivo incentivar ações, programas e projetos que contribuem efetivamente para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, que deverão ser atingidos pelas nações até 2015, por meio de ações concretas dos governos e da sociedade.

Os objetivos são: erradicar a extrema pobreza e a fome, universalizar o ensino primário, promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres, reduzir a mortalidade infantil, melhorar a saúde materna, combater o HIV e outras doenças, garantir a sustentabilidade ambiental e estabelecer uma parceria mundial para o desenvolvimento.

A secretária Eva Chiavon disse que esse é um compromisso das nações em conjunto com os estados, e ressaltou que a Bahia, sob o Governo Wagner, está fazendo a sua parte. Ela citou diversas ações e programas que seguem a linha dos objetivos do milênio, como o Água para Todos, o Minha Casa, Minha Vida, e o Vida Melhor, este último lançado há poucos dias pelo governo e que visa à inclusão socioprodutiva de pelo menos 400 mil famílias das áreas urbana e rural.

“Se o Brasil avançou na erradicação da miséria, a Bahia foi o estado que mais teve sucesso, com uma redução de 10,6% do índice de pobreza. E vamos avançar ainda mais. O grande objetivo do governo da presidenta Dilma Rousseff é retirar mais 16,2 milhões de pessoas da pobreza extrema. O desafio que lanço aqui é aprimorarmos ainda mais o nosso trabalho e as nossas metodologias. E, para isso, vamos precisar da liderança, vontade e da criatividade de todos nós”, acentuou.

O secretário de Política e Pesquisa do Governo Federal, Wagner Caetano, destacou a importância de somar esforços do governo e da sociedade civil organizada para cumprir as metas até 2015. “Nosso desafio maior é a erradicação da extrema pobreza, e já avançamos bastante nos últimos anos, é o que mostram os institutos de pesquisa. Estamos no caminho certo, embora ainda haja grandes desafios pela frente. Este prêmio é uma maneira de valorizar e estimular os trabalhos sociais”.

Também participaram do evento representantes do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade, do Movimento Nós podemos Bahia, da União dos Municípios da Bahia (UPB), Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Banco do Brasil, Caixa Econômica, Petrobras, Banco do Nordeste, sociedade civil organizada, autoridades e outros movimentos sociais.

Os ODM nasceram com a Declaração do Milênio, aprovada pelas Nações Unidas em 8 de setembro de 2000. O Brasil, em conjunto com 191 países-membros da ONU, assinou o pacto e estabeleceu um compromisso compartilhado com a sustentabilidade do Planeta.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110927 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]