Feira de Santana mantém piso de professor acima do nacional. Lei determina R$ 1.187,00 e Município paga R$ 1.207,00 . Confira as notícias

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

O piso salarial do professor, em nível nacional, continua abaixo do teto aplicado pela Prefeitura de Feira de Santana, que é de R$1.207,00. O valor de R$ 1.187,00, instituído em 2008 pela Lei Federal 11.738, foi considerado constitucional pelo acórdão publicado pelo Supremo Tribunal Federal nesta quarta-feira (24).

A lei determina que nenhum professor da rede pública com formação de nível médio e carga horária de 40 horas semanais pode receber menos que o piso instituído. De acordo com a legislação, prefeituras e governos estaduais terão que cumprir a decisão do colegiado de magistrados.

Essa diferença, aliada aos investimentos na Educação e concessão de benefícios que valorizam a profissão, demonstram a política de atenção especial ao setor, adotada pelo Governo Municipal. Por isso, o entendimento de que é descabida a greve dos professores, deflagrada segunda-feira (22) e que atinge parte das escolas municipais.

“Não cabe greve, no momento em que o governo mantém o diálogo aberto com os professores”, afirma o secretário municipal de Educação, José Raimundo Pereira de Azevedo. Na manhã desta quinta-feira (25), a categoria voltou a fazer manifestação em frente ao Paço Municipal Maria Quitéria.

Enquanto isso, o Governo Municipal aguarda decisão da Justiça sobre a ação movida contra a APLB, por conta da paralisação. A Procuradoria Geral do Município (PGM) já ingressou com ação solicitando que a greve seja declarada abusiva e ilegal, já que as reivindicações da categoria vêm sendo atendidas, quanto a reajuste salarial, mudança de referência e criação de novas, licença pecúnia e alteração de carga horária.

Liberado pagamento do Pasep

A Prefeitura de Feira de Santana efetuou nesta quinta-feira (25) o pagamento do Pasep juntamente com o salário do servidor público. O abono salarial, no valor de R$ 545, contempla 2.199 funcionários, o que representa um impacto de R$ 1.198.455,00.

O benefício é destinado a servidores cadastrados há mais de cinco anos, com rendimento bruto de menos de dois salários mínimos mensais pagos no ano anterior. O beneficiado também tem que ter trabalhado pelo menos um mês no ano anterior.

De acordo com o secretário municipal da Fazenda, Wagner Gonçalves, a liberação do Pasep impulsiona a economia local. “A folha de pagamento é de aproximadamente R$ 16 milhões. A injeção de mais de R$ 1 milhão contribui para o impacto positivo no comércio local dinamizando a economia. O Município mais uma vez honra seu compromisso com o funcionalismo público”, destaca.

Além da liberação do abono, a Prefeitura efetuou o pagamento dos juros para 806 servidores municipais. Tem direito aos rendimentos os trabalhadores cadastrados até 1988 no PIS ou Pasep.

Formação de novos cabos da Polícia Militar

O 1º Batalhão da Polícia Militar acaba de formar mais 122 cabos para atuarem em diversos municípios da região. A solenidade foi realizada na manhã desta quinta-feira (25), Dia do Soldado, e contou com a presença do secretário municipal de Transportes e Trânsito, Flailton Frankles, que representou o prefeito Tarcízio Pimenta.

Antes da formação, eles passaram por aulas teóricas e práticas sobre Direitos Humanos, Policiamento, Direito Penal, Psicologia e Sociologia, dentre outros temas, durante 20 dias. Segundo o tenente coronel Martinho Antônio Nunes, comandante do 1º Batalhão da PM, os novos cabos vão trabalhar em Feira de Santana, Alagoinhas, Serrinha e Itaberaba, além de outros municípios.

Para o secretário de Transportes e Trânsito e capitão da PM, “os novos policais vão colocar em prática todas as experiências obtidas anteriormente e reforçar a segurança do nosso município. É uma alegria recebê-los, inclusive já trabalhei com muitos deles”.

O secretário municipal de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos, Mizael Freitas de Santana, também marcou presença no evento.

Estudantes da APAE conhecem Planetário

Cerca de 200 alunos atendidos pela Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Feira de Santana visitaram o Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo, na manhã desta quinta-feira (25). A atividade faz parte da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, que acontece desde o dia 21 e segue até o próximo domingo (28).

Em comemoração a data, os portadores de necessidades especiais assistiram à sessão “O aniversário de Pingo”, com o objetivo de adquirir conhecimento e aprendizagem. “É mais uma opção de lazer para nossos alunos. Gostamos muito da estrutura e estamos satisfeitos com as orientações”, declarou a coordenadora da APAE, Elba Almeida.

Uma das alunas que conheceu o Planetário foi Talita Cerqueira. “É tudo bonito e interessante. Fiquei muito feliz”, comentou. Para marcar a data, a APAE também realizou uma caminhada pelas principais vias públicas da cidade e ações sociais na Praça Geminiano Costa, na manhã desta quarta-feira (24). A programação também incluiu atividades internas, passeio no Clube dos Bancários e apresentações de artes.

Pavimentação em mais ruas do Campo Limpo

As ruas João Filho e Piratuba, situadas no bairro Campo Limpo, serão contempladas com pavimentação a paralelepípedo a partir desta sexta-feira (26), às 7h30. Os trabalhos serão desenvolvidos pela ME Construtora Comércio e Serviços Ltda. e envolvem recursos da ordem de R$ 60 mil.

Moradora da rua João Filho há mais de 20 anos, a doméstica Edelzuita Santos afirma que não vê a hora da Prefeitura de Feira de Santana iniciar a obra. “Sofremos muito com a poeira e, nos dias de chuva, com a lama. Com o calçamento vai ficar tudo organizado”, destaca.

A recepcionista Elaine Gomes também está muito satisfeita com o lançamento da obra em sua rua. “A pavimentação trará bastante melhoria. Nossa rua tem muita buraqueira porque passam carros pesados e a nossa expectativa é que isto diminua”, declara. As obras serão autorizadas pelo prefeito Tarcízio Pimenta.

No mesmo dia, o Governo Municipal dará início a pavimentação na estrada que liga o povoado do Rio do Peixe a Jaguara, no trecho da rua principal do Rio do Peixe. Serão destinados R$ 53.540,00 para a ME Construtoras Comércio e Serviços realizar este trabalho.

Raça Gir Leiteiro marca presença na Expofeira

Oportunidade para negócios é a principal atração da Exposição Agropecuária de Feira de Santana (Expofeira 2011) para criadores de animais. O evento que acontece entre os dias 4 e 11 de setembro, no Parque de Exposição João Martins da Silva, contará com a participação de comerciantes, expositores e criadores não apenas de Feira de Santana e o seu entorno, como de várias partes do país.

Segundo o diretor técnico do Grupo Gir Bahia, Luiz Leal, o evento feirense é uma grande oportunidade para compra e venda e possibilita ao criador constatar a evolução da raça e o seu criatório em relação aos outros, além das novidades. “Feira retornou ao lugar de onde não deveria ter saído. Uma das melhores exposições da Bahia”, afirmou.

Luiz Leal destaca as melhorias que o evento tem obtido nos últimos anos, a exemplo da Casa do Criador, “que é um local onde o expositor e sua família podem assistir ao evento com conforto, além da retirada de shows musicais e de ambulantes dentro do parque, próximos aos animais”.

Neste ano, a exposição contará com a participação de 150 animais da raça Gir Leiteiro para julgamento de pistas, com expositores do interior baiano, além de estados como Minas Gerais e Distrito Federal. Em 2010, a participação do Grupo Gir Bahia foi com 23 criadores e 93 animais. “Esta evolução demonstra o crescimento da raça Gir Leiteiro na Expofeira”, observa.

A presença da raça na Expofeira 2011 será marcada também com a realização de um leilão com 40 animais Gir Leiteiro e Girolando, no sábado (3 de setembro). “A raça Gir Leiteiro tem obtido uma grande evolução nos últimos anos. A nossa expectativa é que todos os animais sejam vendidos. Esperamos que sejam gerados R$ 500 mil em negócios”, prevê Luiz Leal.

Ainda durante o evento haverá julgamento da raça nos dias 8 e 9 de setembro, com premiação para expositores, criadores e tratadores que somam R$13.525. Luiz Leal explica que a raça Gir é um animal rústico com produção de leite barata, chamada de leite dos trópicos. Em Feira de Santana não é muito comum a criação, no entanto, municípios próximos como Coração de Maria, São Gonçalo dos Campos, Conceição do Jacuípe e Conceição da Feira tem grandes criadores.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108162 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]