EXPOAGRO 2011 | Secretário de Agricultura quer políticas que viabilizem o aumento do rebanho bovino baiano

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

O rebanho bovino da Bahia, com cerca de 10,7 milhões de cabeças, é muito pequeno diante da extensão territorial e da potencialidade agropecuária do Estado. Foi o que disse o secretário estadual de Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles, ao declarar aberta, na tarde deste domingo, (7), Expoagro 2011, no Parque de Exposições da Bahia. O secretário destacou os avanços obtidos na pecuária nos últimos dois anos, como o fim da Zona Tampão e a autorização do Ministério da Agricultura para que a partir de novembro deste ano a vacinação contra a aftosa seja cheia numa etapa e somente para animais de até 24 meses na segunda etapa, e estimulou os pecuaristas a ampliar o rebanho bovino.

“Podemos ampliar significativamente nosso rebanho, avançando nas práticas de confinamento e semi-confinamento, e transformar parte da grande produção de grãos em proteína animal”, afirmou Eduardo Salles. O secretário representou o governador Jaques Wagner na solenidade de abertura oficial da Expoagro 2011, evento que contou com as presenças do ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, e do secretário estadual de Comunicação, Robinson Almeida.

O secretário fez uma breve prestação de contas de sua pasta, destacando importantes avanços conseguidos em um prazo relativamente curto. Ele citou que em dezembro de 2010 o Ministério da Agricultura, acatando reivindicação do governo baiano, decretou o fim da Zona tampão, que afetava a economia de oito municípios baianos, na divisa com Piauí, região com 10 mil pecuaristas e rebanho de 250 mil animais. Essa decisão, disse ele, foi reconhecida pela OIE.

Outra importante conquista foi a permissão do Ministério da Agricultura para que a Bahia passe a vacinar, já em novembro deste ano, apenas os animais com até 24 meses de idade, possibilitando uma economia de R$ 10,5 milhões aos pecuaristas baianos. Salles também citou que a Bahia está montando um laboratório para melhorar a genética das raças e transferir esse conhecimento para os pequenos produtores. “Também estamos vendendo tourinhos de qualidade para pequenos pecuaristas familiares, a fim de que consigam maior produtividade e elevem seus ganhos com a atividade”, destacou Salles.

Acompanhado do ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, o secretário visitou os estandes da Expoagro 2011, que pelo segundo ano consecutivo é organizada pelo conjunto das 15 associações de pecuaristas. Salles avalia que a Expoagro é um dos maiores eventos do Brasil, onde muitos negócios são fechados e que permite a disseminação dos avanços tecnológicos.

O secretário destacou a presença, na última sexta-feira, da presidente Dilma Roussef na Bahia para o lançamento do programa Vida Melhor, que irá atender os agropecuaristas familiares. “Das sete principais cadeias produtivas, três estão contempladas pelo Vida Melhor: caprinovinulcutura, leite e aqüicultura e pesca. Hoje assinamos com o Banco do Nordeste do Brasil um termo de cooperação que destinará recursos ao Pronaf Semiárido, visando melhorar a qualidade de vida desses produtores rurais”, informou.

MINISTRO

O ministro Afonso Florence afirmou ter ficado contente com o grau de unidade dos agropecuaristas baianos na Expoagro. “O setor agropecuário tem importância fundamental para a economia do Brasil. Estamos destinando bons recursos em linhas de crédito, especialmente à recuperação de pastagens e retenção de matrizes. Temos que saber aproveitar as oportunidades desse bom momento que vivemos”, salientou Florence.

Além de Salles, Florence e Robinson Almeida, estiveram presentes na abertura da Expoagro, Antonio José Seabra, representante dos criadores; Geraldo Machado, do Senar e representando a Faeb; Elionaldo Faro, da EBDA; Marcelo Matos, diretor de Pecuária da EBDA; Paulo Emílio (ADAB); Isaac Albagli (Bahiapesca); Nilo Meira (BNB), Paulino Hashimoto (BB), Edval Passos (Sebrae); João Lopes (Assocafé), Almir Lins (Accoba); Mateus Braga (Mangalarga), deputado estadual Aderbal Caldas; deputado federal Cláudio Cajado; Raimundo Sampaio, superintendente Desenvolvimento Agrário da Seagri; Marcelo Nunes, superintendente de Irrigação; Luiz Miranda,diretor de Pecuária; Adriano Bouzas, diretor da ADAB; Rui Leal, diretor de Defesa Animal da Adab, e Jucimara Rodrigues, diretora geral da Seagri.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109818 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]