Empresários da GE interessados em se instalar no Parque Tecnológico. Secretário Paulo Câmera recebe diretores da empresa nesta quarta-feira, 24

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

O Parque Tecnológico da Bahia, previsto para ser inaugurado no final do ano, em Salvador, continua despertando o interesse de grandes empresas. Depois da alemã B. Braun, que atua na área de saúde e equipamentos hospitalares, agora é a vez da GE, cujos diretores vão se reunir nesta quarta-feira, dia 24, com o secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Paulo Câmera, para avaliar a implantação da empresa no Parque. A GE atua em diversos segmentos, desde eletrodomésticos até motores para avião e energia.

Concebido para atrelar o desenvolvimento científico e tecnológico ao setor produtivo e se constituir no principal instrumento de atração de pesquisa de ponta, o Parque Tecnológico vai abrigar um consórcio de pesquisas universitárias, incubadoras e empresas de base tecnológica. Será também um centro de convergência do sistema estadual de inovação na Bahia, nas esferas pública, acadêmica e empresarial.

O empreendimento é pautado em três eixos centrais: o da inovação (como instrumento de atração de empresas), da tecnologia (esfera institucional de suporte à interação entre universidades e empresas) e da ciência (estratégia de fortalecimento da produção científica).

Sobre Carlos Augusto 9463 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).