Deputada Graça Pimenta apresenta projeto de lei que incentive o uso de tijolos tecnológicos em obras públicas e privadas

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Um projeto de lei que dispõe sobre o incentivo ao uso de tijolos tecnológicos em obras públicas e privadas no estado da Bahia foi apresentado pela deputada estadual Graça Pimenta (PR) à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Bahia (AL) esta semana. A ideia visa contribuir para a sustentabilidade do planeta, reduzindo o aquecimento global e os desmatamentos.

De acordo com o projeto, considera-se “tijolo ecológico” o que possui, em seu processo de fabricação, a mistura de pó de pedra, cimento e cal, e que, prensado a 12 (doze) mil quilos (kgf), necessita apenas de água para endurecer, dispensando a utilização de forno para aquecimento. Dentre outras características, é auto-encaixável, com dois furos no meio, o que suprime a necessidade de quebrar a parede para fazer instalação elétrica e hidráulica.

“Esta lei tem o propósito de incentivar e desenvolver no estado ações capazes de contribuir para a sustentabilidade do planeta. Os chamados “tijolos ecológicos” são confeccionados a partir da mistura de pó de pedra, que pode ser conseguido com o reaproveitamento de entulhos de obras, e são curados com água e sombra, diferente dos tijolos convencionais que dependem da queima de milhares de lenhas em fornos, que contribuem com o aquecimento global e com desmatamentos”, explica a parlamentar.

O projeto determina ainda que o Poder Executivo desenvolverá campanha de incentivo ao uso de tijolos ecológicos e reaproveitamento de entulhos, oriundos de demolições e construções. Além disso, a proporção do uso deve ser definida no processo de licitação, como condicionante para as empresas que participem do certame e em caso de empate, será critério de decisão a inclusão de maior quantidade de tijolos ecológicos na execução das obras.

Além da contribuição com o meio ambiente, o uso dos tijolos ecológicos reduz o custo final das obras e do tempo da construção. Há também uma redução substancial no desperdício de material, especialmente concreto e massa, uma vez que o uso dos tijolos ecológicos reduz bastante o uso desses materiais no seu assentamento, tornando assim as obras mais limpas e sem entulhos.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113864 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]