4º edição da Feira do Livro de Feira de Santana

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Durante seis dias a Princesa do Sertão se rende ao mundo dos livros e da leitura

O município de Feira de Santana promoverá entre os dias 16 a 21 de agosto, na Praça do Fórum, sua 4º Feira do Livro – Festival Literário e Cultural, com o objetivo de mobilizar a comunidade feirense e da região circunvizinha para a importância da leitura como elemento facilitador da compreensão do mundo e da participação de cada ser na construção coletiva da cidadania. A intenção dos organizadores é contribuir para consolidação de uma política pública de fomento e valorização do livro e para articulação entre os diversos conhecimentos produzidos sobre leitura e formação do leitor.

A programação contará com palestras interativas, apresentações culturais, recitais poéticos, contações de histórias, exposição e vendas de livros, encontro de músicos e de escritores, e exibição de fotografias e filmes. Dentre as novidades para esse ano, será a primeira vez que a Feira terá um cunho temático: Memórias e Esquecimento: Leituras. A programação completa pode ser vista no site: http://www2.uefs.br/feiradolivro

Fundação Pedro Calmon

 Assim como nas edições anteriores, a Fundação Pedro Calmon/SecultBA apóia a Feira e participará do evento. Entre as ações da Fundação estão: um estande com publicações próprias e de outros escritores baianos para venda; uma edição do Seminário Novas Letrascom a participação dos escritores Alexandre Coutinho, Iray Galrão e Tom Correia; o Concerto de Repente, com os repentistas Paraíba da Viola e Antônio Queiroz e a sessão de autógrafos com Dalila Machado, Iranaia Barreto e Lúcia Santori-Carneiro. Além disso, a Diretoria de Livro e Leitura da Fundação Pedro Calmon anunciará dois novos editais: o Prêmio Hera de Publicação e o Prêmio de Humor Gráfico: o fim e a continuidade do livro.

Editais

O Prêmio Hera contemplará com 10 mil reais o melhor livro de autor baiano publicado em 2010 e, com 5 mil cada, as duas melhores dissertações sobre literatura defendidas no mesmo ano. Já o Prêmio de Humor Gráfico vai recompensar os três melhores trabalhos nos gêneros cartum, HQ, charge, tira ou caricatura, com o tema “O fim e a continuidade do livro”. O primeiro colocado receberá 7 mil reais, o segundo, 5 mil, e o terceiro, 3 mil, além de integrar uma exposição com os 30 melhores trabalhos.

Histórico

A Feira do Livro de Feira de Santana nasceu do desejo de educadores em despertar os dirigentes de instâncias públicas, privadas e filantrópicas para a importância de implementar políticas públicas do livro e da leitura na sociedade e, assim, possibilitar o acesso democrático. O evento tem o objetivo de promover e incentivar a leitura, em especial, junto aos estudantes.

O evento tornou-se realidade em 2008, graças à união de esforços da Universidade Estadual de Feira de Santana, Arquidiocese de Feira de Santana, Secretaria da Educação – DIREC 02, Secretaria Municipal de Educação de Feira de Santana, Serviço Social do Comércio de Feira de Santana – SESC, Serviço Social da Indústria de Feira de Santana – SESI e Serviço Social do Transporte / Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte – SEST/SENAT e Fundação Pedro Calmon/SecultBA.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120629 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.