Caminhada em favor do Estatuto da Criança e do Adolescente mobilizou centenas de pessoas no distrito de Humildes em Feira de Santana

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

A Escola Municipal Mãe dos Humildes Distrito de Feira de Santana), com o objetivo de promover uma reflexão sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), com as comunidades escolar e local e uma centena de pessoas, realizou na manhã de 26 de agosto de 2011 uma passeata pelas principais ruas do distrito, como forma de divulgação desse documento que completou 21 anos de existência, mas ainda é desconhecido por algumas pessoas, sobretudo da zona rural.

Dessa forma, a direção, professores e educandos, na perspectiva de assegurar o desenvolvimento dos princípios de convivência democrática na escola e na comunidade, executaram essa mobilização social para mostrar que é dever da família, da comunidade, do Poder Público e da sociedade em geral assegurar com absoluta prioridade a efetivação dos direitos referentes à vida, saúde, alimentação, educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, cultura, dignidade, ao respeito, liberdade e convivência familiar e comunitária para a criança e o adolescente.

Durante a caminhada, os alunos caracterizados de soldados e de diferentes personagens da literatura infantil, como a turma da Mônica, de Maurício de Souza, realizaram algumas manifestação em prol do ECA. Entre elas, a distribuição de aproximadamente 5 mil panfletos com informações referentes ao Estatuto.“Estamos aqui a favor da liberdade e da conquista de direitos. Por isso a caminhada se consolida como uma verdadeira aula de cidadania”, disse o professor Reginaldo da Silva Santos, coordenador pedagógico da Escola Mãe dos Humildes.

Nessa aula ao ar livre, Lucas Roberto Alves da Silva, 8 anos, aluno do 2º ano do Ensino Fundamental do turno vespertino, disse que aprendeu muito. “Hoje aprendi muito sobre os meus direitos e deveres, deveria ter mais eventos como esse. Hoje eu sei que tenho direito a saúde, educação, moradia, lazer e à vida. O que mais quero é ser feliz”, disse o pequenino.

Francisca Alves, mãe de aluno, disse estar muito feliz, por defender os direitos das crianças e adolescentes, “cidadãos mirins, carentes de proteção e de paz social”.

Para Luana Maria Moreira Silva, moradora do distrito, a caminhada do ECA foi muito importante. “Para a comunidade foi uma alerta sobre deveres e direitos da criança e do adolescente e o papel que nós da sociedade devemos exercer na garantia desses direitos”, disse.

A diretora escola, profª. Roza Angélica Ribeiro Souza, disse que “a caminhada se justifica porque a atual realidade revela que se torna cada vez mais evidente a dificuldade de efetivação dos direitos inscritos no Estatuto no cotidiano das crianças e adolescentes brasileiros”.

Desse modo, completou o coordenador, “é necessária uma ampla difusão do ECA e a proposição de ações como esta caminhada, que tornam mais efetivas as políticas públicas em torno do ECA e que garantam o respeito a estes direitos”, concluiu o professor Reginaldo.

O evento social atende à proposta de atividades do módulo V do caderno de atividades do PROGESTÃO, curso realizado pela Secretaria Municipal da Educação, em parceira com o Governo do Estado.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120656 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.