Bahia pode ganhar até R$ 6 bilhões com a Copa de 2014. Previsão é do governo do estado, que espera a visita de aproximadamente 70 mil turistas

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

A Copa do Mundo Fifa de 2014 deve gerar investimentos de R$ 5 bilhões a R$ 6 bilhões em Salvador e em municípios próximos, segundo previsão do governo do estado da Bahia. A estimativa é de que a capital, uma das 12 cidades-sede da competição, receba cerca de 70 mil turistas estrangeiros durante a Copa, além dos visitantes de outros estados, e que mais de 50 mil empregos diretos e indiretos sejam criados até 2014. Para ajudar as micro e pequenas empresas (MPE) a aproveitarem as oportunidades criadas até o campeonato, o Sebrae realiza nesta quinta-feira (18), em Salvador, o seminário Encontro Sebrae de Negócios – Oportunidades para 2014, do qual participam donos de MPE locais.

O seminário, que inclui apresentação de representantes do Sebrae, dos governos estadual e municipal e de grandes empresas, já foi realizado no Rio de Janeiro, Brasília, Cuiabá, Recife, Curitiba, Fortaleza, Natal e Belo Horizonte. Nas próximas semanas, acontecerá nas outras três cidades-sede. “O papel do Sebrae é ajudar as micro e pequenas empresas a cumprirem os requisitos para conseguir concretizar os negócios que vão surgir”, afirmou o diretor de Administração e Finanças do Sebrae Nacional, José Claudio dos Santos. “É um mundo de oportunidades que se abre em cada cidade”, assinalou.

Durante o seminário, foi apresentado o Mapa de Oportunidades, realizado pelo Sebrae em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O levantamento aponta mais de 600 possibilidades de negócios que devem surgir na cidade até 2014 em nove setores diferentes da economia. “Vamos capacitar as MPE para os níveis de exigência de um evento como a Copa do Mundo e precisamos também pensar no legado que ela pode deixar para nossa cidade”, frisou o superintendente do Sebrae na Bahia, Edival Passos.

Com o objetivo de incentivar as MPE a investirem em ações para a Copa, o governo do estado lança hoje o selo “Isto é legado”, que será dado às empresas e organizações que possuem atitudes que deixarão legados sociais e econômicos para a cidade, segundo o secretário estadual para assuntos da Copa, Ney Campello.

Um dos palestrantes do evento, o ex-jogador Zico destacou a importância da Copa do Mundo para o país. “Esta é uma oportunidade única que o Brasil vive. O mundo inteiro está olhando para a gente e precisamos aproveitar todas as possibilidades”, afirmou. O evento também contou com a participação da ex-atleta e apresentadora de televisão Glenda Kozlowsk.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113565 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]