Tsuname Rubro-negro

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Tsuname Rubro-negro.
Tsuname Rubro-negro.
Tsuname Rubro-negro.
Tsuname Rubro-negro.

Mesmo sendo derrotado por três gols nos primeiros 25 minutos, o clube da Gávea estava jogando bem, mas futebol tem destas coisas.

O Flamengo, mais uma vez, mostrou que não respeita os domínios de seus adversários. Em noite brilhante e com Ronaldinho Gaúcho inspiradíssimo, o Mais Querido do Brasil transformou a famosa Vila Belmiro – isto nos tempos do Rei Pelé – em uma arena rubro-negra, deixando parecer que um tsuname em vermelho e preto, tinha acabado de destruir o Peixe e deixado os torcedores alvinegros enfurecidos.

Mesmo sendo derrotado por três gols nos primeiros 25 minutos, o clube da Gávea estava jogando bem, mas futebol tem destas coisas. No entanto, como bem definiu Ronaldinho Gaúcho, a calma e a experiência dos atletas rubro-negros, foi fundamental para que revertessem o resultado, levando a torcida rubro-negra à loucura. Luxemburgo, por sua vez, coloca a épica vitória do Mais Querido, como uma das mais emocionantes de sua carreira.

No próximo sábado será a vez do Grêmio. Este embate será um pouco mais difícil mesmo sendo disputado no Engenhão, não pelas qualidades do clube gaúcho, mas por ter sido a equipe que revelou o R 10 e por estar o Flamengo lutando por mais um título nacional. Time por time, o Flamengo é bem superior ao tricolor dos pampas.

Sobre Alberto Peixoto 488 Artigos
Antonio Alberto de Oliveira Peixoto, nasceu em Feira de Santana, em 3 de setembro de 1950, é Bacharel em Administração de Empresas pela UNIFACS, e funcionário público lotado na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia, atua como articulista do Jornal Grande Bahia, escrevendo semanalmente, é escritor e tem entre as obras publicadas os livros de contos: 'Estórias que Deus Duvida', 'O Enterro da Sogra, 'Único Espermatozoide', 'Dasdores a Difícil Vida Fácil', participou da coletânea 'Bahia de Todos em Contos', Vol. III, através da editora Òmnira. Também atua incentivador da cultura nordestina, sendo conselheiro da Fundação Òmnira de Assistência Cultural e Comunitária, realizando atividades em favor de comunidades carentes de Salvador, Feira de Santana e Santo Antonio de Jesus. É Membro da Academia de Letras do Recôncavo (ALER), ocupando a cadeira de número 26. E-mail para contato: [email protected] Saiba mais sobre o autor visitando o endereço eletrônico http://www.albertopeixoto.com.br.