Em Salvador, CUT-BA faz panfletagens e marcha do Campo Grande até a Praça da Sé com objetivo de celebrar o Dia Nacional de Mobilização

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Na Bahia, o 6 de julho de 2011, Dia Nacional de Mobilização da CUT, será marcado por intensas atividades na capital e no interior. Caminhadas, panfletagens e divulgação nos meios de comunicação serão realizadas com intuito de dar destaque às principais bandeiras de luta da CUT em defesa da classe trabalhadora.

Em Salvador, às 9h, haverá caminhada do Campo Grande à Praça da Sé. Durante todo o dia, panfletagens serão realizadas em pontos diversos da capital e do interior. Os dirigentes da CUT-BA também estão empenhados em esclarecer a população através de entrevistas nos meios de comunicação, que tem sido realizadas desde a semana passada.

A CUT decidiu realizar um Dia Nacional de Mobilização, apenas com entidades cujo histórico de mobilização, representatividade e, especialmente, bandeiras de luta estão em sintonia com a Plataforma da CUT. Entre elas estão o MST, a CMP (Central de Movimentos Populares), a Marcha Mundial de Mulheres, a FUP (Federação Única dos Petroleiros) e outras entidades da CMS (Coordenação dos Movimentos Sociais).

A pauta, que será divulgada para a sociedade no dia 6, foi decidida em conjunto com essas entidades e terá três quatro prioritários:

1 – trabalho e sindicalismo – a luta por ganhos reais, combate à precarização e à terceirização;

2- alimentação – alimentos mais barato na mesa dos brasileiros, por meio da reforma agrária e contra o modelo agrário atual . Segundo Artur, precisamos de uma política de reforma agrária efetiva, urgente, com revisão dos índices de produtividade e limites para a propriedade da terra. Isso vai aumentar a produção de alimentos para o povo brasileiro, fixar as famílias no campo e gerar trabalho e renda no meio rural. Essa reforma deve fortalecer a agricultura familiar, com a ampliação e facilitação do acesso ao crédito, infraestrutura, pesquisa e políticas públicas de comercialização

3 – educação – aprovação imediata do Plano Nacional de Educação, valorização dos profissionais e educação no campo.

4 – privatização – a luta contra a privatização dos aeroportos. Vamos mostrar que a sociedade será a maior prejudicada, já que teríamos as tarifas aumentadas e uma piora na qualidade dos serviços.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108942 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]