Em Lençóis, Casa Afrânio Peixoto expõe obras da artista plástica Silvia Lopes

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

A cidade de Lençóis, na Chapada Diamantina, recebe a exposição Cores, formas e texturas nascidas do barro, da artista plástica Silvia Lopes. A mostra está à disposição do público, na Casa Afrânio Peixoto, até o dia 29 de julho, das 8h30 às 18h. Nesta exposição encontram-se, além das famosas mandalas pintadas com engobe, esculturas, peças de interior para decoração e ainda objetos de uso utilitários, estes já com o uso de esmaltes.

São 85 peças modeladas ora manualmente, ora no torno, em diferentes tipos de argila: terracota, marfim, creme e preta. Trata-se de revisitação do percurso da artista, desde a época em que morou em Lençóis e, inspirada pelas terras e areias coloridas da Chapada, introduz o engobe como pintura cromática de suas obras, iniciadas nos anos 90. É dessa época o surgimento das suas mandalas. “Meu trabalho segue o princípio da mandala. Ele é o centro da minha vida. Não importa aonde for eu o levo sempre comigo”, diz Silvia.

Engobe é o mais antigo método cerâmico cromático, nascido da observação de que na natureza existiam argilas de diferentes cores (vermelhas, ocres marrons e brancas, de variados matizes) com que se podiam colorir as peças ao aplicar umas sobre as outras. O engobe é prática bastante comum, utilizada pelas civilizações da antiguidade, orientais ou pré-colombianas, o que pode ser facilmente constatado através de visitações a museus com este tema, tanto no Brasil como no exterior.

Silvia Lopes – Nasceu em Belém do Pará, passou a infância e a adolescência em São Luís do Maranhão, passando depois pela Bahia e São Paulo, onde se estabelece como artista plástica. Atualmente mora e trabalha em Salvador. Artista Plástica, com formação na Universidade Federal da Bahia, artesã, ceramista e desenhista. Silvia Lopes transforma o barro em peças que vão desde objetos decorativos a utilitários – canecas, vasos, pratos, cumbucas para sopa e abajures, que podem ser comprados e aproveitados em casas de campo, de praia ou morada.

Serviço:

O que: Exposição – Cores, formas e texturas nascidas do barro

Onde: Na Casa Afrânio Peixoto – Lençóis, com o apoio da Estalagem do Alcino

Quando: Até 29, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 18h

Quanto: Grátis

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108905 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]