Em Feira de Santana, acusado de matar companheira no dia dos namorados, presta depoimento na Delegacia Especial de Antendimento à Mulher (DEAM)

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

João Alexandre Marcelo Maisk, acusado de matar a companheira no dia 12 de junho se apresentou à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) e alegou que o tiro foi acidental.

A delegada Ana Virgínia Paim, titular da DEAM informou que cincos dias após o crime, já tinha encaminhado o pedido de prisão contra o acusado à justiça e passados 30 dias, ele compareceu à delegacia, acompanhado de um advogado.

Katiane dos Santos Souza, tinha 18 anos e morreu após levar um tiro na cabeça.
O crime aconteceu no Dia dos Namorados, no conjunto Viveiros. João Alexandre alegou em depoimento que a arma disparou acidentalmente, e disse ainda que não chamou o SAMU e fugiu, com medo da família da vítima.

Segundo a delegada, o acusado falou coisas absurdas, levando a acreditar que a defesa foi orquestrada.

“ Nós começamos a discutir por besteira depois de termos bebido muito, e a arma que era de Katiane disparou. Ela foi mostrar a arma e eu tentei tirar a arma das mãos dela, foi quando tudo aconteceu “, declarou o acusado em depoimento na delegacia.

A delegada Virgínia questionou o acusado sobre o socorro, já que Marcelo disse
que o tiro foi acidental, e porque a porta estava trancada? conforme de clarações de vizinhos. Ele negou que trancou a porta e de ter deixado a vítima agonizado com um tiro na cabeça.

Virgínia Paim informou que vai anexar o depoimento do acusado e reiterar o pedido de prisão à justiça. A delegada acrescentou para a nossa reportagem,que desde o mês passado ainda não recebeu o parecer do pedido de prisão do acusado, solicitado por ela .

Relembrando o caso

Katiane dos Santos Souza, 18 anos, que morava na Via Pedestre 48, no conjunto Viveiros, foi assassinada com um tiro na cabeça, no domingo (12/6). O companheiro, de João Alexandre Maisk é acusado pelo crime ocorrido na residência de número 30, da Via Pedestre 15, naquele conjunto.

Segundo Marise Oliveira dos Santos, mãe da vítima, Katiane iniciou o namoro com Marcelo há sete meses e chegou a morar perto dela, mas depois se mudaram para outro local do mesmo bairro. ” Eu não concordava com o namoro, mas mesmo assim,ele mudou com a minha filha. Ele já tem problemas com a justiça e também é usuário de drogas “, disse Marise dos Santos.

Os parentes informaram que Katiane foi encontrada morta em cima de uma cama,com um tiro na cabeça e a porta da casa estava trancada. Eles alegam que o motivo do crime foi ciúmes.

” Eu queria morrer no lugar dela. Ela tinha tanta coisa pela frente e esse homem matou minha filha, no dia dos namorados. Não dá pra acreditar nisso meu Deus “,gritava a mãe no Complexo Policial.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123279 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.