Bahia e Pernambuco celebram pacto pela agropecuária do Vale do São Francisco

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Medidas para apoiar a agricultura irrigada na região do Vale do São Francisco, que abrange terras da Bahia e Pernambuco, e os setores da defesa animal e vegetal são alguns dos principais pontos acertados que constam do acordo de cooperação entre Bahia e Pernambuco, batizado como Pacto pela Agropecuária do Vale do São Francisco.

A novidade será anunciada hoje (27) pelos secretários de Agricultura da Bahia e Pernambuco, engenheiro agrônomo Eduardo Salles, e Ranilson Brandão Ramos, na abertura da 22ª Feira Nacional da Agricultura Irrigada (Fenagri), em Juazeiro. Também será anunciada a criação de um grupo de trabalho, composto por quatro técnicos de cada Estado, para concretizar as ações do pacto. A decisão foi acertada na noite de segunda-feira (25), no gabinete do secretário Salles, que recepcionou seu colega do Estado de Pernambuco, que veio à Bahia para formalizar a proposição conjunta.

A medida tem o objetivo de unificar ações dos dois Estados visando estimular a produção da agropecuária, principalmente da fruticultura irrigada, dos oito municípios, (Juazeiro, Casa Nova, Sobradinho e Curaçá na Bahia, e Petrolina, Lagoa Grande Santa Maria da Boa Vista, e Orocó, em Pernambuco), localizados na região do Vale do São Francisco.

“Estipulamos a formação de um grupo de trabalho com quatro pessoas de cada Estado, com a coordenação conjunta dos dois secretários de Agricultura. Estamos pavimentando o caminho para a criação da primeira área de proteção fitossanitária do Brasil”, afirma o secretário Eduardo Salles.

“Conseguimos definir conjuntamente as principais ações para a implantação de políticas públicas comuns aos dois Estados na região do São Francisco”, complementa Ranilson Ramos, secretário de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco. Segundo ele, os principais itens são o apoio à agricultura irrigada e aos setores de defesa animal e vegetal na busca de melhoria da produção agropecuária da região. Os dois secretários destacaram que a principal medida na área vegetal são as ações para a proteção da uva e manga, garantindo a qualidade da produção dos dois Estados, além da melhoria da produtividade e a diversificação das culturas, em forte parceria com a Embrapa.

O primeiro passo é a implantação de ações conjuntas para incrementar a agricultura irrigada, que emprega 150 mil trabalhadores rurais em 2 mil propriedades. Serão ações em 120 mil hectares de perímetros públicos no pólo Petrolina/Juazeiro, sendo 70 mil hectares em Pernambuco e 50 mil hectares na Bahia. Atualmente, 98% da uva e 75% da manga exportados pelo Brasil é produção do Vale do São Francisco. O Brasil exporta anualmente US$ 3 bilhões em frutas e que desse total o Vale do São Francisco responde por US$ 760 milhões.

Serão promovidas, ainda, ações de prospecção de novos mercados para a fruticultura irrigada da região nos países árabes, na Ásia e na África para diminuir a dependência de compradores dos Estados Unidos e da Europa.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112715 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]