Acusado de ter matado o jovem Japiassu Sales Siqueira Júnior, em 2003 é preso em Capim Grosso

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Após cobranças da família durante vários anos, a polícia conseguiu prender Jheferson Matos Ribeiro (foto), acusado de ter matado o jovem Japiassu Sales Siqueira Júnior, em Feira de Santana. De acordo com a Coordenadoria da Polícia Civil de Feira, sob o comando do delegado Fábio Lordelo, o acusado foi preso em Capim Grosso foi recambiado para Feira

O crime, que chocou a opinião pública, já completou 8 anos. O pai do jovem assassinado, e que tem o mesmo nome da vítima, Japiassu Siqueira, fez inúmeros apelos à polícia para que prendesse o criminoso. Ele também procurou a imprensa para pedir ajuda e conseguiu que o crime fosse divulgado em rede nacional pela Rede Globo.

“ É difícil entender como um caso como esse que foi exibido no programa Linha Direta, da Rede Globo, até hoje não teve um desfecho. Minha família quer que a Justiça seja feita”, declarou seu Japiassu, meses depois da exibição do programa.

Seu Japiassu pai da vítima disse que esperava que a justiça fosse feita e parabenizou a equipe da polícia civil pela prisão de Jheferson Ribeiro. “ Para honra e glória de Deus, a polícia conseguiu prender esse assassino”, disse bastante emocionado.

Fabio Lordello informou que o acusado do crime estava no povoado de Fazenda Volta, no município de Capim Grosso, em lugar bem deserto. Segundo o delegado, Jeferson ficou surpreso e não teria reagido após a voz de prisão.“Os policiais se disfarçaram de caçadores em uma fazenda próxima, justamente para não chamar atenção. Ele confessou que morou em fazendas nos municípios de Mairí e também em Monte Santo e que estava há alguns meses em Capim Grosso”, explicou Fábio.

“Estamos em paz e com a certeza do dever cumprido, pois estes mandados precisam ser cumpridos”, afirmou o coordenador da Polícia Civil de Feira.

Durante o interrogatório o acusado se mostrou frio, e alegou que agiu em legítima defesa.
“Ele estava me ameaçando, eu agi em legítima defesa, eu fiquei escondido em uma fazenda”, afirmou o acusado do crime. .“Eu não tive briga com Japiassú, eu fui agredido por ele, inclusive registrei queixa na delegacia, e por isso começaram ameaças”, rebateu Jeferson.

“Depois da morte de Junior começaram as ameaças por parte da família dele” disse o acusado de matar Japiassú.

“Eu não fui atrás dele para matar. Eu estava indo para a fazenda quando o encontrei. Ele estava armado e fui surpreendido na avenida Maria Quitéria”, explicou o jovem foragido.

Dona Rosana Siqueira(Foto), mãe da vítima, disse que Junior não andava armado e deu graças a Deus pela prisão, além de ressaltar o trabalho brilhante do delegado Fábio.

Jheferson Matos Ribeiro é acusado de assassinar o representante comercial Japiassu Sales Siqueira Júnior e de balear o comerciante Alexsandro da Cunha Sarmento, primo da vítima. O crime ocorreu no dia 24 de abril de 2003 em Feira de Santana, Bahia. Acusado e vítima moravam no mesmo bairro.

Segundo informações, eles costumavam jogar futebol em times rivais e não conversavam. Um ano antes do crime, tiveram um desentendimento após uma partida de futebol. Trocaram socos e pontapés, e como Jefheson levou a pior e prometeu se vingar.

No dia do crime, data do início da Micareta – Japiassu viajava com o primo Alexsandro , para Salvador, em um veículo Gol, quando foram abordados pelo acusado.

O veículo foi cercado na avenida Maria Quitéria pela caminhonete D-20, dirigida Jheferson Ribeiro. Alexsandro dirigia o Gol. Ao sair para o acostamento, Jhefeson emparelhou a caminhonete e atirou nas duas vítimas e fugiu. Japiassu Sales Siqueira Júnior morreu no hospital. Baleado, Alexsandro da Cunha Sarmento sobreviveu. Antes de atirar nos jovens, o acusado matou um cão e teria dito que aquele seria o destino do seu desafeto.

Jheferson apresentou-se dias depois e alegou legítima defesa, mas faltou às audiências na Justiça e teve a sua prisão preventiva decretada. Ele foi denunciado pelos crimes de homicídio duplamente qualificado e tentativa de homicídio duplamente qualificada.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112953 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]