Vereadores do Democratas feirenses apoia inciativa do prefeito Pimenta, em mudar de partido, e se dizem inclinados a seguir o mesmo caminho

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Com a aproximação do ano eleitoral (2012), os candidatos começam a se movimentarem tendo como objetivo viabilizarem as suas respectivas posições no xadrez político que começa a tomar forma. Em Feira de Santana, o prefeito Tarcízio Pimenta anunciou recentemente a sua desfiliação do Democratas através de comunicado escrito feito ao presidente do partido na Bahia, José Carlos Aleluia. E já se encontra de mala e cuia prontas para ingressar, no final desta semana, nas hostes do PDT (Partido Democrático trabalhista).

Diante do desmonte político pelo qual passa o DEM, situação agravada com a desfiliação do prefeito. O Jornal Grande Bahia (JGB) se deslocou até à Câmara Municipal para ouvir a posição dos seis vereadores militantes desta agremiação política e constatou que a disposição deles em abandonarem o partido é quase a sua totalidade. E os argumentos usados para explicar a sua desfiliação em massa são os mais variados e atendem aos seus diversos interesses, se reelegerem. Como sempre, sem levar em consideração o que pensam os milhares de leitores que votaram neles.

Em cima do muro

O vereador Luis Augusto de Jesus, Lulinha (DEM), considerou a ida do prefeito para o PDT como muito natural. E adiantou que no seu caso específico não tem motivo que justifique o seu afastamento do partido. “Este foi o partido que me acolheu quando fui expulso do PSL ( Partido Social Liberal), além de ser uma agremiação política que muito tem feito por Feira de Santana, tanto na gestão do ex-prefeito José Ronaldo como atualmente na do prefeito Tarcízio Pimenta”. Mas, após uma breve reflexão, ele considerou a possibilidade de deixar o partido caso seus correligionários busquem novas alternativas de se abrigarem em outras siglas partidárias.

Para o vereador Antônio Carlos Passos Ataide, Carlito do Peixe (DEM), ele foi cauteloso com as palavras e garantiu que pretende continuar filiado ao partido e que só pretende opinar com mais detalhes sobre o assunto a partir de julho.

O mais esquivo dos vereadores em emitir opinião sobre a decisão política adotada pelo prefeito para o PDT e se ele, vereador, pretendia deixar o democratas foi a de Otávio Joel de Araújo (sargento Joel). Ao tomar conhecimento da pergunta saiu à francesa e disse que se posicionaria a respeito no futuro.

Definidos

O presidente do legislativo feirense, Antônio Francisco Neto, Ribeiro (DEM), disse que considerou louvável a iniciativa do prefeito migrar para o PDT. “Ele está trabalhando e é legítimo que ele lute pela sua reeleição”. Além de observar que no Democratas existe a figura do ex-prefeito José Ronaldo que é também um postulante a ocupar a vaga no executivo feirense em 2012. Diante do exposto, ele diz reconhecer que o partido não pode atender os legítimos anseios dos dois. Ribeiro manifestou a sua decisão de deixar o partido e declara publicamente o seu apoio ao prefeito Tarcízio Pimenta.

“Gostaria imensamente, se fosse possível, ter a candidatura de Tarcízio Pimenta e José Ronaldo juntos. Mas, infelizmente eles não chegaram a um entendimento, portanto considero legítimo que cada um procure se posicionar de acordo com as suas conveniências. Desejo sorte aos dois”. Declarou o vereador Alcione Cedraz, ele garante que ainda não se definiu qual dos dois irá apoiar para prefeito. E que oportunamente irá manter um diálogo com Zé Ronaldo, quando deverá deixar claro que não tem condições de disputar a sua reeleição sob o abrigo de seu partido, devido ao elevado coeficiente eleitoral que vai precisar para viabilizar a sua reeleição. Mas adiantou que ainda não sabe para qual partido deverá migrar. “O que existe de concreto é que deixarei o Democratas”, declara convicto.

O Democtas Justiniano França considerou a mudança de partido do prefeito com muita naturalidade e adiantou que a tomada de decisão é legitima uma vez que ele está buscando espaço político para 2012. “Temos que respeitar a vontade do prefeito e espero que obtenha sucesso na sua nova caminhada política”. Quando a sua disposição em continuar no DEM, o vereador disse que só adotara alguma posição neste sentido se houver discussão de seus pares no interior do partido, pois ele se encontra em uma posição confortável nesta agremiação.

*Com informação: Sergio Jhones

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]