Vereador José Carneiro fala sobre irregularidades no sistema de mototáxi em Feira de Santana. Confira as notícias da CMFS

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Câmara aprova Utilidade Pública para três entidades

A Câmara Municipal de Feira de Santana aprovou em 2ª discussão, na manhã desta terça-feira (21), projeto de autoria do vereador Marialvo Barreto (PT), que cria normas para escavações em solo urbano de áreas públicas em Feira de Santana, por empresa ou pessoa física.

A matéria determina que seja necessário, para a realização de escavações nos locais previstos, prévia autorização das secretarias de Desenvolvimento Urbano e Planejamento do Município, com um prazo de 15 dias antes da execução do serviço. A fiscalização deverá ser exercida pelas próprias pastas governamentais.

Ainda na sessão desta terça, foi aprovada a concessão do título de Utilidade Pública para três entidades sediadas que realizam trabalho social em Feira de Santana. Uma das instituições beneficiadas é a Associação Ide de Educação e Assistência Social. O projeto, de autoria do vereador Luiz Augusto de Jesus – Lulinha (DEM), foi subscrito por diversos vereadores.

Outra entidade que será contemplada com o título de Utilidade Pública é a Associação Conselho de Moradores dos Bairros Baraúnas, Galileia e Adjacências. O autor do projeto é o vereador José Sebastião Alves – Bastinho (PRTB). Além disso, também foi aprovada a concessão do mesmo título para a Associação Organizada do Distrito de Tiquaruçu, fundada em 1993. Proposição de autoria do vereador Ewerton Carneiro da Costa (PTN).

José Carneiro fala sobre irregularidades no sistema de mototáxi em Feira

O vereador José Carneiro (PDT) comentou, na Tribuna da Câmara Municipal, entrevista concedida pelo presidente do Sindicato dos Mototaxistas, Luiz Santana, no Programa Diário da Feira, da rádio Povo AM, sobre irregularidades no sistema de mototáxi em Feira de Santana.

Conforme o edil, em setembro de 2009, o Governo Municipal realizou a licitação para sistema de mototáxi, inclusive ampliando de 300 para 500 o número de vagas. “Os lances vencedores da licitação pública variaram entre R$ 9.202,08, referente à maior proposta, e de R$ 4.019,98, para o menor valor vencedor do certame”.

José Carneiro disse que Luiz Santana denunciou irregularidades no sistema e considerou normais as cobranças abusivas de alguns motaxistas. Para ele, de acordo com o legislador, a culpou é do poder público. “Quer dizer que ele é presidente da Associação. O colega dele está fazendo cobranças abusivas e isso é natural? Então, ele peça demissão do cargo e vá fazer outra coisa, porque não está correspondendo às expectativas”, reclamou o vereador do PDT.

Na sequência, o edil destacou as irregularidades ditas pelo presidente da Associação dos Mototaxistas: “o sistema mototáxi virou um comércio, 70% das 500 vagas são para locação irregular, tem condutores sem capacidade, muita gente está rodando sem habilitação e têm menores trabalhando no sistema”.

Afirmou também que muitas pessoas pintaram a moto no fundo do quintal e continuam pintando. Segundo Jose Carneiro, Luiz Santana salientou com muita propriedade que tem mais de 600 motos rodando. Isso quer dizer que tem mais de 100 motos clonadas. “Existem motos aí com numerações iguais. O fardamento padronizado que os mototaxistas usam é vendido em barracas e lojas para quem é proprietário de vaga e também quem não é. Se isso continuar em 2012 vai passar de mil motos e se o poder público não tomar nenhuma medida iremos denunciar ao Ministério Público” escancarou o presidente dos mototaxistas.

Após a leitura da referida entrevista postada em um blog da cidade, o edil ressaltou que não quer acreditar que as denúncias mencionas sejam procedentes. “Que Luiz Santana esteja falando a verdade, porque se estiver a Secretaria Municipal de Transporte de Trânsito tem que tomar uma posição imediatamente, fazendo blitz, vistorias em todas as motos”.

Declarou ainda que não admite que uma denúncia desse tipo venha partir do presidente da Associação dos Mototaxistas de Feira de Santana. “Não vamos admitir que esse sistema se torne uma baderna. Cadeia para quem clonou e punição para quem está rodando irregular, alugando motos, e permitindo que menores carreguem passageiros sem habilitação”.

Lulinha critica Coronel por ter chamado imprensa feirense de “marrom”

O vereador Luiz Augusto de Jesus – Lulinha (DEM), na sessão da Câmara Municipal de Feira de Santana, desta segunda-feira (20), rebateu o comentário do deputado estadual Ângelo Coronel (PP), na sessão ordinária itinerante da Assembléia Legislativa da Bahia, realizada na última quinta-feira (16), no Centro de Cultura Amélio Amorim. De acordo com o edil, o parlamentar classificou os meios de comunicação da cidade como “imprensa marrom” – forma como podem ser chamados órgãos ou profissionais considerados publicamente como sensacionalistas e que busquem alta audiência e vendagem através da divulgação exagerada de fatos e acontecimentos.

Lulinha disse que todos os profissionais de imprensa de Feira de Santana foram “atacados” na frente de duas mil pessoas. “Uma falta de respeito por parte do deputado para com esta cidade, imprensa, povo e para com os deputados que representam o município feirense. Coronel não citou nomes, mas disse que a imprensa de Feira é ‘marrom’. Eu estava lá e vi”, afirmou.

Ainda sobre o assunto, o edil destacou a defesa feita pelo deputado Estadual Carlos Geilson (PTN) em favor dos profissionais de comunicação. “Eu esperava realmente que ele usasse aquela tribuna para defender os radialistas de Feira de Santana e assim foi feito pelo deputado quando ele pediu questão de ordem e se pronunciou indagando ao parlamentar Angelo Coronel quais eram os profissionais de imprensa do município que teriam ou estavam o extorquindo para que ele declarasse na frente de todos que a imprensa feirense é uma ‘imprensa marrom’”.

Lulinha registrou que dois dias após o episódio, o deputado Angelo Coronel voltou à Feira de Santana como se nada estivesse acontecido, acompanhando o vice-governador Otto Alencar num movimento político do Partido Social Democrático (PSD), promovido pelo deputado federal Fernando Torres (DEM). Indignado, Lulinha sugeriu à Casa da Cidadania que confeccione uma moção de repúdio contra o deputado Angelo Coronel. “Eu acho que ele merece desta Casa e do povo de Feira de Santana uma moção de repúdio”.

HGCA perde título

Mudando de foco, Lulinha afirmou que o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) perdeu o título de “Hospital Amigo da Criança”. O título é conferido às instituições que prestam serviços de qualidade comprovada pelo Ministério da Saúde na área materno-infantil.

Segundo o legislador, são poucos os hospitais no país que preenchiam as regras pré-determinadas no atendimento às crianças e às mães. O edil disse que na época quando foi conferido o título de “Hospital Amigo da Criança” ao HGCA, a unidade hospitalar chegou a ser referência no Brasil, ocupando a terceira posição em atenção materno-infantil. “Era verba suplementar que vinha para a unidade de saúde. Não sei se é por falta de gerência ou competência da atual administração que fez com que o hospital perdesse esse título”, destacou.

Vereador diz que Dom Pedro de Alcântara pode se tornar hospital modelo

“Há muito tempo venho falando que nós temos um hospital aqui com uma estrutura boa, que no futuro pode ser um Santa Izabel, inclusive na cirurgia bariátrica”, declarou o vereador David Neto (PMN), na Casa da Cidadania, após parabenizar o deputado estadual José Neto (PT) no tocante a uma nota da assessoria de imprensa do petista, intitulada: “Santa Casa de Feira deve ser habilitada para realizar cirurgias e atendimentos cardiológicos através do SUS”.

Segundo o boletim informativo, a resolução que aprova a emissão de parecer favorável à habilitação para atendimento em Alta Complexidade Cardiovascular pela Santa Casa de Misericórdia de Feira de Santana através do Sistema Único de Saúde (SUS) foi publicada no Diário Oficial da Bahia, na última quarta-feira (15).

Atestada pela Comissão Intergestores Bipartite da Bahia (CIB), coordenada pelo secretário Estadual da Saúde, Jorge Solla, durante reunião realizada na terça-feira (14), a resolução segue para apreciação do Ministério da Saúde (MS), que tem a incumbência de avaliar e dar parecer à decisão da Comissão.

Em aparte, o vereador Luiz Augusto de Jesus – Lulinha (DEM) elogiou a iniciativa do deputado José Neto e de todo o grupo que colaborou com a resolução objetivando o atendimento em Alta Complexidade Cardiovascular pela Santa Casa de Misericórdia. Na sequência, o legislador se mostrou preocupado com a situação do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) que, segundo ele, apresenta sérios problemas.

Hospital Santa Izabel

O Hospital Santa Izabel dispõe de modernas UTIs para o atendimento a pacientes graves em todas as especialidades médicas. A UTI Cirúrgica do Hospital Santa Izabel é considerada modelo em Salvador. Possui unidades de alta complexidade, que contam com aparelhos de última geração e equipes multidisciplinares nas áreas médica, de enfermagem, psicologia hospitalar, serviço social e fisioterapia.

Bastinho parabeniza Governo Municipal por ações na Queimadinha

O vereador José Sebastião Alves- Bastinho (PRTB), em seu pronunciamento na sessão legislativa desta terça-feira (21), parabenizou o prefeito Tarcízio Pimenta pela realização do Forró do Sibulino e pelo anúncio de novas obras. Ambos no bairro Queimadinha.

O Forró do Sibulino aconteceu no último final de semana, no bairro Queimadinha. Foi à terceira edição da festa. Neste ano teve a apresentação da Banda Quixabeira da Matinha, Banda Caracu com Ovo, Carrasco do Forró, Gelinho com Mel, e o Grupo Sinônimo.

Bastinho destacou que o período junino, no bairro Queimadinha, passava despercebido pelas administrações anteriores. Segundo ele, nem sequer um trio de sanfoneiros tocava nesta comunidade. Disse ainda que foi muito gratificante ver a felicidade no brilho dos olhos das pessoas que estiveram no Forró Sibulino, sobretudo pelo nível das atrações que se apresentaram na festa. “A gente via ali a satisfação da nossa comunidade, todo mundo agradecendo feliz com o prefeito Tarcízio Pimenta”, comemorou, enfatizando a importância de ser morador e representante da Queimadinha na Câmara.

O edil afirmou que está cumprindo o seu papel de vereador, fazendo indicações e cobrando do prefeito as melhorias para a comunidade da Queimadinha. Bastinho declarou que este bairro vem evoluindo muito graças a sua intervenção. Conforme ele, nunca houve isso antes, apesar da Queimadinha já ter tido outros representantes na Câmara.

Na oportunidade, ele voltou a agradecer ao prefeito pelas obras que serão realizadas na primeira e na segunda travessa Leonídio Silva, no bairro da Queimadinha.

“Temos que ter a humildade e a hombridade de agradecer ao prefeito por tudo o que ele tem realizado na comunidade da Queimadinha. Sei que muitas coisas virão, como exemplo a nossa UPA. O projeto está em fase de conclusão, já tem um milhão empenhado em verbas no Ministério da Saúde, verba de ordem federal. Brevemente o prefeito estará licitando a Unidade de Pronto Atendimento do bairro Queimadinha”, garantiu.

“O Aviário e o Loteamento João Serafim estão ilhados”, afirma Frei Cal

O vereador Carlos Alberto Costa da Rocha – Frei Cal (PMDB), na sessão da Casa Legislativa desta terça-feira (21), alertou ao poder público para os problemas dos bairros Aviários e Campo Limpo. Segundo eles ambos estão desassistidos. De acordo com o edil: “O Aviário e Loteamento João Serafim, situado no bairro Campo Limpo estão ilhados”, afirmou.

Segundo o legislador, a comunidade do Aviário está sofrendo com a dificuldade de locomoção. “Os moradores e quem quer que seja não têm acesso ao bairro. Para entrar e sair é difícil. Se para nós que aparecemos lá em determinados momentos a situação é complicada, imagine para quem está ali no dia-a-dia?”, indagou, lamentando o tratamento dos órgãos competentes dado ao Aviário.

Com relação a Feira de Santana, Frei Cal declarou: “é uma cidade que cresce assustadoramente e se expande com tantos conjuntos, mas os seus filhos ainda são tratados de forma vergonhosa. O Aviário, por exemplo, está ilhado, não existe. É como se estivesse a quilômetros de distância da nossa realidade. Mas não é só o Aviário que está ilhado. O loteamento João Serafim também enfrenta o mesmo problema”, repudiou.

Ainda sobre o Loteamento João Serafim, o vereador acrescentou: “não teve a sorte de ser contemplado no pacote de obras anunciado pela Prefeitura Municipal”. Segundo ele, desde 2008 foi encaminhado para a Secretaria de Planejamento um projeto de pavimentação do referido Loteamento.

Frei Cal afirmou que vai procurar o secretário municipal de Planejamento, Carlos Brito, para saber concretamente sobre a realidade do Loteamento João Serafim. Salientou também que, em 2008, no período eleitoral, o projeto mencionado serviu como objeto de campanha do Democratas. Ele disse que o atual prefeito prometeu realizar o serviço de pavimentação do Loteamento João Serafim com o “terceiro mandato”, porém “não foi colocado em prática até hoje”.

Líder acusa oposição de fazer factóide político

“Até que ponto vamos continuar aguentando esse assunto requentado? O que tinha que ser feito já foi. A entrevista coletiva que era uma ‘bomba’ virou um ‘traque’. O impeachment não veio como a oposição queria”. A declaração foi do líder governista, Maurício Carvalho (PR), na sessão legislativa desta terça-feira (21), após o discurso do vereador Roberto Tourinho (PSB), que voltou a tecer duras criticas contra o prefeito Tarcízio Pimenta, enfatizando o suposto envolvimento do chefe do Executivo com o escândalo do Banco Subaé Brasil, bem como as suspeitas de irregularidades com aquisições de livros do cartunista Ziraldo, semáforos, kits escolar, entre outros.

Maurício disse que a imprensa feirense provou que é séria, não deixando se levar pela entrevista coletiva da oposição, concedida no dia 4 de abril deste ano, objetivando, segundo ele, o impeachment do prefeito. Conforme o legislador, sem obter êxito na entrevista, “os edis oposicionistas fazem a opção de entrar com representações no Ministério Público. – Correto. A Justiça está apurando. – Correto. Vamos ver no que vai dar. Agora ficar requentando todo dia história de Subaé Brasil aqui, tenha paciência. Dizer que o governo não faz nada”.

Para comprovar que administração de Tarcízio está trabalhando e que não procede a informação de que o governo está falido, Maurício destacou manchete de hoje do Jornal Folha do Estado: “Governo anuncia mais obras amanhã”. De acordo com a matéria. “os projetos urbanísticos das obras de extensão das avenidas Ayrton Senna e Fraga Maia e do novo viaduto de Feira de Santana serão apresentados pelo prefeito Tarcízio Pimenta amanhã. O ato está programado para as 16 horas, no Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo (…)”.

Após a leitura do texto jornalístico, o líder governista declarou: “isso aqui está fora do pacote de obras de 6 milhões. É esse governo que está quebrado? Um governo que está pagando em dias a todo mundo é um governo que passa calote? Um governo que vai realizar festejos juninos em São José, Tiquaruçu, Jaíba, Bonfim de Feira e Humildes, com grandes atrações, com toda infraestrutura, é esse o governo que está falido? Até que ponto vamos ter que aturar esse discurso fácil que a oposição faz nesta Casa?”, questionou, destacando como mais uma ação da Prefeitura a inauguração da nova sede da Secretaria de Cultura Esporte e Lazer, ocorrida hoje.

Na opinião de Maurício, a oposição está criando, na Câmara Municipal, factóide político. “Calma gente, quem vai decidir a eleição é o povo nas urnas e nós vamos respeitar. Essa ânsia do poder da oposição está demais”, afirmou.

Presidente da Câmara pede mais cautela em denúncias contra gestores públicos

O presidente da Câmara, vereador Antônio Francisco Neto – Ribeiro, voltou à Tribuna da Câmara na sessão desta terça-feira (21), para pedir cautela aos colegas, no momento de fazer acusações contra gestores públicos. Em seu discurso, fez alusão a denúncias envolvendo aquisição de imóveis por parte do governador Jaques Wagner e do prefeito Tarcízio Pimenta. Ele questionou:

“Será que o governador, ex-deputado e ex-ministro, não tem condição de comprar um apartamento? O prefeito, ex-vereador, ex-deputado, não pode adquirir uma casa de praia? Eu tenho uma casa na rua Araújo Pinho. Vai se questionar como adquiri a minha propriedade? Posso adiantar que foi vendendo meu alumínio, minha garrafa térmica. Acusamos hoje e amanhã temos que recuar”.

Para o vereador, é um equívoco estar relembrando a todo momento a mesma denúncia. Feita a acusação, temos que ver o que a comunidade vai achar, qual atitude as autoridades vão adotar. Ficar falando todo dia indica problema pessoal, que não devemos trazer ao parlamento”, criticou.

O vereador Maurício Carvalho lembra que, no caso do prefeito Tarcízio Pimenta, ele jamais deixou de exercer a medicina, “uma profissão que, quando bem executada, proporciona um bom rendimento”. Disse que o somatório da renda de um casal ao longo de 30 anos de convivência viabiliza aquisição de patrimônio. “É prematuro fazer certas acusações, ainda mais quando se pede até prisão preventiva do prefeito. Condena-se antes do julgamento sem razões fundamentadas, para fazer o discurso fácil. Espalha-se boatos, prejudicando a imagem do prefeito, desta Casa e da cidade”, afirmou.

Para o presidente da Câmara, Feira de Santana é uma cidade privilegiada, pois não tem o seu nome envolvido em escândalos políticos e administrativos, ao contrário de tantos outros municípios. “Particularmente, a Câmara tem respeitado a comunidade, com uma gestão que respeita a população”, disse ele, citando os ex-presidentes Alcione Cedraz e Antônio Carlos Passos Ataíde. “Nesses seis meses, tenho acompanhado essas duas boas administrações. O prefeito Tarcízio Pimenta também tem honrado a função”.

O vereador Angelo Almeida salientou que o problema da incompatibilidade na aquisição de imóveis está na declaração do Imposto de Renda de cada um. “Não fiz denúncias dessa ordem. Acho que todos têm que prestar contas e se for o caso, pagar as diferenças tributárias na hora certa”.

Vereadores debatem sobre UTIs neonatais que não funcionam no Hospital da Mulher

Vereadores voltaram a debater na sessão desta segunda-feira (21) da Câmara sobre leitos de UTI neonatal que se encontram encaixotados nas dependências do Hospital da Mulher, unidade médica administrada pela Prefeitura através de uma fundação. O vereador Angelo Almeida denunciou, recentemente, que os equipamentos estariam “amontoados” enquanto mulheres têm que ser levadas a Salvador, em caso de parto prematuro.

“Esses leitos de UTI neonatal estão desde junho em depósitos do Hospital da Mulher. Não deram finalidade a esses equipamentos até aqui”, protestou o petista. Ele contestou informação do presidente da Fundação Hospitalar, Jair de Jesus, de que o impasse no uso dos leitos ocorre devido ao Governo do Estado.

“O dirigente da Fundação vem a público, em entrevista em uma emissora de rádio, para dizer que a culpa é do governador Jaques Wagner. Tenha paciência”, declarou Angelo. O petista disse que observou, em visita recente feita ao Hospital da Mulher, um bebê acolhido em uma pia, “enquanto leitos se encontravam amontoados no hospital”.

Para o vereador Luiz Augusto, é necessário considerar a justificativa do presidente da Fundação Hospitalar: “Ele afirmou que as UTIs neonatais do Hospital da Mulher dependem do Governo do Estado para serem instaladas. Se alguém duvida, que os fatos sejam apurados”, disse, ao manifestar que acredita nas explicações de Jair de Jesus.

O vereador Roque Pereira não acredita que o problema esteja em alguma medida por parte do Governo do Estado. “Acho mesmo que depende de força política. A Fundação Hospitalar tem autonomia. É necessário mais empenho do gestor”, afirmou.

Cerca de 76 mil mulheres estão sem cobertura vacinal contra o HPV em Feira

O vereador Angelo Almeida alertou, em discurso na Câmara Municipal, para a necessidade de um maior investimento na vacina contra o HPV, uma doença que pode causar câncer de útero nas mulheres. Segundo ele, 76 mil pessoas do sexo feminino estão descobertas dessa vacina, em Feira de Santana. O petista lembra que o HPV não é adquirido apenas através do ato sexual, mas também através do assento do vaso sanitário.

A Prefeitura realizará uma campanha de vacinação, conforme anunciado em seu site oficial, mas não será possível atender a todo o contingente de mulheres que necessita da imunização, observa o vereador. O investimento para vacinar todas essas mulheres seria de cerca de R$ 21 milhões.

Dessa forma, ele fez um apelo aos colegas. Pediu que busquem o apoio dos deputados federais no sentido de que sejam alocadas emendas no Orçamento da União, para o exercício 2012, no sentido de garantir recursos para um programa mais forte de vacinação em massa no município. O Ministério da Saúde preconiza a vacina para mulheres de até 40 anos.

Angelo fez cálculos com base em dados do IBGE e chegou à conclusão de que, em Feira, são 15 mil adolescentes da faixa de 13 anos, necessitando da vacina. “Se o município tivesse política pública de saúde, com R$ 1,4 milhões, vacinaria todas essas jovens anualmente”. Lembrou que a vacina, na rede privada, é muito cara. Custa cerca de R$ 400 e não está ao alcance dos pobres.

Lulinha volta a criticar Governo do Estado na Câmara

O vereador Luiz Augusto de Jesus – Lulinha (DEM), na sessão da Casa da Legislativa, desta terça-feira (21), reclamou da administração estadual, enfatizando matérias da imprensa que abordam denúncias contra o governador Jacques Wagner no que tange a negócios imobiliários e a falta de pagamento de estagiários.

A primeira nota lida por Lulinha foi extraída do Blog do Velame, ela informa que “o jornalista Cláudio Humberto voltou a ‘bombardear’ o governador da Bahia, Jaques Wagner, com informações sobre a compra de um luxuoso apartamento no Corredor da Vitória. De acordo com o jornalista, o apartamento na Federação que Wagner diz ter vendido por R$900 mil, mas que foi avaliado em apenas R$150 mil em sua última declaração de bens, teve como comprador Antonio Celso, amigo pessoal de Wagner que foi indicado para a diretoria da Companhia de Docas da Bahia (Codeba)”.

O texto diz ainda que, “segundo o colunista, o valor do apartamento que o governador diz ter pago R$ 1.45 milhão, na imobiliária Viva Real, responsável pelas vendas de apartamentos no edifício Victory Tower, onde Wagner adquiriu o novo imóvel, foi informado que o valor de mercado da unidade é de R$ 2,1 milhões, ou seja, R$ 650 mil a mais do que o valor que o petista teria pago”.

Por sua vez, a outra nota mencionada pelo edil foi do site Aqui Bahia, cujo título: “Governo do Estado não paga a estagiários”. De acordo com o texto, “os professores estagiários que prestam serviço em escolas públicas do estado em Feira de Santana estão uma ‘arara’ com o Governo do Estado e seus representantes. Desde janeiro não vêem a ‘cor do dinheiro’. Prometem cruzar os braços caso a situação não seja resolvida (…)”.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]