Produtores de algodão do Oeste transferem tecnologia para Sudoeste Baiano

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Os produtores de algodão do oeste baiano vão transferir tecnologia para a região sudoeste do estado, com a promoção de seminários, dia de campo e disponibilização de consultores. Essa foi uma das decisões tomadas, na tarde desta quarta-feira (1º/06/2011), durante reunião realizada entre o secretário estadual da Agricultura, Eduardo Salles, a presidente da Associação de Produtores de Algodão da Bahia (Apaba), Isabel da Cunha, e o secretário executivo da Câmara Setorial de Algodão, e da Agricultura de Barreiras, Celito Breda.

A reunião aconteceu no estande da Seagri, instalado na Bahia Farm Show, no município de Luis Eduardo Magalhães, com a presença também do superintendente de Atração de Investimentos da Seagri, Jairo Vaz, o diretor de Inspeção Vegetal da Adab, Armando Sá, e diretores da Apaba.

Destacando que a iniciativa conta com o apoio do Fundo de Desenvolvimento do Agronegócio Algodão (Fundeagro), Eduardo Salles disse que o objetivo é fazer com que os produtores de algodão do sudoeste consigam alcançar produtividade semelhante à registrada no oeste.

Entre as atividades previstas será realizada, na primeira semana de agosto, uma reunião da Câmara Setorial do Algodão, em Guanambi. Na mesma ocasião, haverá um dia de campo para demonstração das novas tecnologias, e um seminário com a participação dos deputados estaduais que fazem parte da Comissão de Agricultura a fim de que conheçam os problemas e os desafios do algodão da Bahia.

“Somos o segundo maior produtor de algodão do País e não temos nenhuma grande indústria têxtil no estado”, disse Salles, informando que está pronto o estudo, encomendando à Fundação Getúlio Vargas (FGV) pela Seagri e entidades ligadas ao setor, voltado a apontar as formas de oferecer condições e atrair investidores para verticalizar as cadeias do milho, soja e algodão.

Conforme decisão tomada na reunião desta quarta, o estudo será apresentado no dia 8 de julho, em Luis Eduardo Magalhães, para um público de aproximadamente 600 pessoas durante evento que a Apaba promoverá, no auditório do Hotel Saint Louis, constando na programação, de palestra do ex-ministro Mailson da Nóbrega sobre ‘Economia Global e as Tendências do Agronegócio e do Algodão’. No dia seguinte, será realizado um Dia do Campo do Algodão, no campo experimental da Fundação Bahia.

*Com informação: Sérgio Jones

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]