Não há refugio para quem comete crimes contra a humanidade, diz Ban na Argentina

Logomarca do Jornal Grande Bahia.Logomarca do Jornal Grande Bahia.

Depois de visitar um memorial em homenagem a milhares de argentinos torturados e mortos no período de ditadura, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu nesta segunda-feira (13/06/2011) que os países, principalmente do Norte da África e do Oriente Médio, aprendam com as lições da Argentina para transformar uma ditadura em democracia.

Falando da capital argentina, Buenos Aires, Ban elogiou o país pela batalha para proteger os direitos humanos. “A Argentina é hoje dedicada à verdade, a verdade sobre o que aconteceu décadas atrás (…) Vocês mostraram que não há refúgio para aqueles que cometem crimes contra a humanidade”, disse ele, reiterando que os autores de tais crimes devem ser levados à justiça.

O Secretário-Geral aproveitou a ocasião para enviar uma mensagem de solidariedade às pessoas em todo o mundo que têm seus direitos humanos violados, destacando especialmente a situação preocupante na Síria. Ele reiterou o pedido para que o Presidente sírio, Bashar Al-Assad, permita o acesso da ajuda humanitária às áreas afetadas.

Ainda durante sua estadia na Argentina, Ban visitou um centro de treinamento para operações de paz, e se encontrou com tropas que se preparam para integrar a Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH).

O Secretário-Geral está em viagem pela América Latina, onde visitou a Colômbia, Argentina e Uruguai. A última etapa da viagem será o Brasil onde chega na quinta-feira, dia 16 de junho.

*Com inforação daRádio ONU

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]