Na Bahia foi capturado o principal fornecedor de crack

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Considerado o maior distribuidor de crack de Itaberaba e cidades vizinhas, José Armando Santos da Silva, o “Everildo”, foi capturado, neste fim de semana prolongado, por investigadores da 12ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior, sediada naquele município.

A Operação Avalanche, responsável pela prisão de Everildo – investigado, juntamente com outros quatro traficantes da região, durante seis meses – destinava-se a cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão, expedidos pela juíza Lina Falcão.

O delegado Jorge Figueiredo Júnior, coordenador da 12ª Coorpin, afirmou que o crack, comercializado por ele e por Cleidiane Silva dos Santos, Odnilton Almeida de Souza, o “Galego”, Edílson Almeida de Souza, o “Peba” e Cleber Santos Nunes, o “Dodô”, já vinha pronto de Brasília e passava pela cidade de Jequié até chegar a Itaberaba. “A droga abastecia pontos de tráfico do município e de cidades próximas”, pontuou.

Ao chegar à residência de Everildo, no bairro Jardim das Palmeiras, a polícia constatou que, apesar de ele não ter emprego fixo, sua casa, com área de lazer, churrasqueira, freezer, área de banho e som acústico interno, é considerada como de luxo. Veículos utilizados no transporte da droga foram apreendidos em poder de Everildo e de outros traficantes, alvos da Operação Avalanche.

Aliciava garotos

Acusado de cooptar adolescentes para a venda de drogas durante os festejos juninos em Terra Nova, o traficante Edinaldo Santos Chagas, o “Fiu”, foi preso, no último final de semana, por investigadores da Delegacia Territorial da cidade. Fiu estava em liberdade condicional, depois de preso por envolvimento com o tráfico e pela tentativa de homicídio a um traficante rival, numa disputa por pontos de venda de drogas.

A delegada Márcia Gonçalves Conceição, da DT de Terra Nova, afirmou que um adolescente de 16 anos, apreendido comercializando “papelotes” de cocaína, apontou Fiu como o dono da droga, além de garantir que, assim como dele, outros adolescentes eram aliciados pelo traficante.

Investigadores encontraram Fiu, num imóvel na localidade conhecida como Alto do Bariri e utilizado como “boca de fumo”, com um quilo de maconha prensada e quatro pedras grandes de crack. Foram ainda apreendidos televisores e DVDs receptados ou recebidos como pagamento por usuários de drogas.

Fiu foi autuado em flagrante por tráfico, corrupção de menores e receptação, permanecendo custodiado na carceragem da delegacia de Terra Nova à disposição da Justiça.

Considerado o maior distribuidor de crack de Itaberaba e cidades vizinhas, José Armando Santos da Silva, o “Everildo”, foi capturado, neste fim de semana prolongado, por investigadores da 12ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior, sediada naquele município.

A Operação Avalanche, responsável pela prisão de Everildo – investigado, juntamente com outros quatro traficantes da região, durante seis meses – destinava-se a cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão, expedidos pela juíza Lina Falcão.

O delegado Jorge Figueiredo Júnior, coordenador da 12ª Coorpin, afirmou que o crack, comercializado por ele e por Cleidiane Silva dos Santos, Odnilton Almeida de Souza, o “Galego”, Edílson Almeida de Souza, o “Peba” e Cleber Santos Nunes, o “Dodô”, já vinha pronto de Brasília e passava pela cidade de Jequié até chegar a Itaberaba. “A droga abastecia pontos de tráfico do município e de cidades próximas”, pontuou.

Ao chegar à residência de Everildo, no bairro Jardim das Palmeiras, a polícia constatou que, apesar de ele não ter emprego fixo, sua casa, com área de lazer, churrasqueira, freezer, área de banho e som acústico interno, é considerada como de luxo. Veículos utilizados no transporte da droga foram apreendidos em poder de Everildo e de outros traficantes, alvos da Operação Avalanche.

Aliciava garotos

Acusado de cooptar adolescentes para a venda de drogas durante os festejos juninos em Terra Nova, o traficante Edinaldo Santos Chagas, o “Fiu”, foi preso, no último final de semana, por investigadores da Delegacia Territorial da cidade. Fiu estava em liberdade condicional, depois de preso por envolvimento com o tráfico e pela tentativa de homicídio a um traficante rival, numa disputa por pontos de venda de drogas.

A delegada Márcia Gonçalves Conceição, da DT de Terra Nova, afirmou que um adolescente de 16 anos, apreendido comercializando “papelotes” de cocaína, apontou Fiu como o dono da droga, além de garantir que, assim como dele, outros adolescentes eram aliciados pelo traficante.

Investigadores encontraram Fiu, num imóvel na localidade conhecida como Alto do Bariri e utilizado como “boca de fumo”, com um quilo de maconha prensada e quatro pedras grandes de crack. Foram ainda apreendidos televisores e DVDs receptados ou recebidos como pagamento por usuários de drogas.

Fiu foi autuado em flagrante por tráfico, corrupção de menores e receptação, permanecendo custodiado na carceragem da delegacia de Terra Nova à disposição da Justiça.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]