Fundação Pedro Calmon/SecultBA lança livro sobre a Independência da Bahia em Cachoeira

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

A obra traz um registro imprescindível deste episódio histórico, em plena comemoração da data cívica mais importante do Estado. O lançamento integra as comemorações da Rota da Independência na cidade

Depois de ser lançado em Salvador, o livro “O 2 de Julho na Bahia: Antologia Poética”, de Lizir Arcanjo Alves, também será lançado em Cachoeira, no dia 25 de junho, às 17h. O livro que é uma antologia composta de poemas sobre o Dois de Julho, a data cívica mais importante do estado pesquisado e comentados pela autora e é uma publicação da Fundação Pedro Calmon/SecultBa, em co-edição com o Quarteto Editora.

Lizir Arcanjo Alves define a antologia como uma importante fonte de pesquisa, principalmente para o público estudantil. “O livro é uma pequena amostra do que se fez no passado para preservação da memória histórica da Bahia”, descreve a autora. Além disso, é uma oportunidade para os jovens despertarem o gosto pela leitura, sobretudo por se tratar de autores representativos da literatura baiana, com poemas que tratam da Independência da Bahia.

Além de trazer poemas relacionados à data magna em comemoração do estado da Bahia, o livro retrata a expressiva representação literária das lutas pela independência da Bahia, que teve como conseqüência, a Independência do Brasil. Segundo o diretor-geral da Fundação Pedro Calmon, professor Ubiratan Castro de Araújo, em relação a importância da data histórica, destaca: “durante o século XIX era comum dizer, em tom solene e com intenções aforísticas: Maior que o Dois de Julho? Só Deus!”. O evento integra as atividades culturais e educativas alusivas as celebrações da Independência da Bahia.

Eventos da Rota – Ao mesmo tempo em que acontece o lançamento do livro de Lizir Arcanjo, na Praça Faqui, também na cidade de Cachoeira, as atividades culturais que da Rota da Independência com apresentações de poetas e arte-educadores, doação de livros e revistas impressas pela FPC, oficinas de leitura, contação de histórias, performances literárias, palestras e exibição de filmes.

A autora é formada em Letras, com Mestrado em Literatura Brasileira, pela USP, e Doutorado em Teorias e Crítica da Literatura e da Cultura, pela UFBA. Publicou os livros Humor e sátira na guerra de Canudos, 1997; Mulheres escritoras na Bahia: as poetisas (1822 -1918), 1999; O patriota de Santo Amaro: Domingos de Faria Machado, 2000; A cidade da Bahia no romance de Jorge Amado: Dicionário topográfico, 32007. É autora de diversos textos publicados em coletâneas de ensaios e nas revistas da Academia de Letras da Bahia e do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, além do suplemento A Tarde Cultural.

Serviço

O que: Lançamento do livro O 2 de Julho na Bahia

Onde: No Pouso da Palavra, n.8, Praça da Aclamação, na Cidade de Cachoeira

Quando: No dia 25 (sábado), ás 17h.

Entrada: Franca. Valor do livro R$ 20

Livros e leitura na Rota da independência do Recôncavo Baiano

Fundação Pedro Calmon leva poesia, livro, palestras, leitura e informações para as cidades da Rota Independência da Bahia

O Recôncavo Baiano se prepara para abrigar mais uma Rota da Independência da Bahia, que vai de 25 de junho a 10 de julho, com uma série de atividades culturais e educativas. O evento é realizado há quatro anos pela Fundação Pedro Calmon/SecultBA, em parceria com o SAC Móvel (Serviço de Atendimento ao Cidadão da Secretaria de Administração do Estado), e acontece nos municípios que protagonizaram a saga da Independência da Bahia. O roteiro começa em Cachoeira, em 25 de junho, quando a capital do Estado é transferida de Salvador para o município onde ocorreu uma das mais importantes batalhas entre as tropas brasileiras e o exército português, em 1822.

Além de Cachoeira, a Rota da Independência leva aos municípios de São Francisco do Conde, Muritiba, Governador Mangabeira, Santo Amaro e São Gonçalo dos Campos os serviços do SAC e um veículo da Biblioteca Móvel com livros, vídeos e palestras com historiadores sobre a importância do 2 de Julho para a Bahia e o Brasil. Além disso, estão previstas apresentações culturais e educativas alusivas com poetas e arte-educadores. Na programação consta a doação de livros e revistas impressas pela FPC, distribuição de Kits de livros nas escolas municipais, oficinas de leitura, contação de histórias e performances literária.

Cidades – As atividades serão realizadas nos seguintes dias: Cachoeira (25 a 28 de junho), na Praça Faqui, em frente ao Bradesco; São Francisco do Conde (29 a 30 de junho), na Praça da Independência, em frente a Orla; Muritiba (1º e 2 de julho), na Praça Albérico Fraga; Governador Mangabeira (3 a 4 de julho), na Praça 14 de março; Santo Amaro (7 a 8 de julho), na Praça da Purificação; São Gonçalo dos Campos ( 9 a 10 de julho), na Praça da Matriz.

Palestras – Para difundir a história da independência baiana, a FPC retornará a programação do “Ciclo de palestras na Rota da Independência” que conta com a participação de historiadores da temática. Dentre os palestrantes, o diretor da Fundação Pedro Calmon, professor Ubiratan Castro, no dia 25 de junho em Cachoeira; e os historiadores: Manoel Passos (Manuca), na cidade de São Francisco do Conde, dia 29; Marcelo Renato Siquara Silva, em Muritiba, dia 02; Sérgio Armando Diniz Guerra Filho, em Governador Mangabeira, dia 4; Argemiro Ribeiro de Souza Filho, em Maragojipe, dia 06; Paulo Cesar Oliveira de Jesus, em Santo Amaro da Purificação, dia 08; e Wlamyra Ribeiro de Albuquerque, em São Gonçalo dos Campos, dia 09. Com exceção de Cachoeira que será pela manhã, às 10h, nas outras cidades, as palestras acontecem sempre às 14h.

Atrações – A Diretoria de Livro e Literatura (DLL) promoverá performance poética com o poeta Marcos Peralta e artes educadores e a distribuição de kits livros para instituições culturais em todas as cidades da Rota. A FPC ainda realizará a distribuição de livretos, cartilhas, revistas e DVDs sobre a temática nas cidades visitadas. A programação literária acontece enquanto o público aguarda para retirar seus documentos. Neste momento, são contemplados com recitais de poesia, palestras, exibição de filmes, contação de histórias para o público infantil e um variado acervo literário, com livros, jornais e revistas que estarão disponíveis gratuitamente para os leitores.

Serviço

O quê: Rota da Independência

Onde: Cidades do Interior da Bahia

Quando: De 25 de junho a 10 de julho

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]