Feira de Santana é o primeiro município a receber a Assembleia itinerante

Feira de Santana é o primeiro município a receber a Assembleia itinerante.Feira de Santana é o primeiro município a receber a Assembleia itinerante.

Graça Pimenta destaca presença da Assembleia em Feira

O projeto Assembleia Itinerante, da Assembleia Legislativa (AL) da Bahia, chega a Feira de Santana nesta quinta-feira (16). Na tarde de ontem, a deputada estadual Graça Pimenta esteve no Centro de Cultura Amélio Amorim (CCAAm), onde vai ser realizada a sessão, para acompanhar os últimos preparativos.

“Temos que estar bem preparados para receber todos os deputados e para que a população possa acompanhar de perto o funcionamento da AL”, disse Graça Pimenta.

No CCAAm, a parlamentar esteve com o superintendente de Administração e Finanças da AL, Marcus Presídio, e com a equipe do cerimonial. Os trabalhos legislativos vão ter início às 14 horas.

Feira de Santana é o primeiro município a receber a Assembleia itinerante

Como forma de aproximar a sociedade dos debates travados na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), o presidente da Casa, o deputado Marcelo Nilo, realiza o projeto Assembleia Itinerante, que será lançado nesta quinta-feira (16), às 14h, no Centro de Cultura Amélio Amorim, em Feira de Santana. O assunto principal desta primeira plenária, dentre outros, será a criação da Região Metropolitana de Feira de Santana. Um dos parlamentares que estará na plenária especial é o petista Marcelino Galo, cujo assunto interessa muito devido à recente discussão envolvendo o projeto de indicação de sua autoria – que sugere a criação da Região Metropolitana de Vitória da Conquista (RMVC).

“Essa iniciativa do presidente Marcelo Nilo é de fundamental importância para avançarmos em debates que beneficiam, principalmente, a população da região. A criação da região metropolitana é um desses assuntos que precisamos avançar, ainda mais quando reconhecemos a expansão territorial dos municípios no interior. Não só Feira de Santana como outras cidades da Bahia já eram para ser pólos de regiões metropolitanas, como Vitória da Conquista, Jequié e Barreiras”, declara Galo.

Ainda segundo o deputado estadual, o entendimento da necessidade da criação da região metropolitana de Conquista, por exemplo, justifica-se na medida em que a administração conjunta de municípios possibilita trocar experiência e otimizar a oferta de prestação de serviços, sem falar no desenvolvimento de novos ramos que auxiliem no desenvolvimento regionalizado, a exemplo de parcerias na destinação ordenada do lixo ou na questão da saúde e da telefonia, que passaria a ter tratamento tarifário de chamada local.

Targino Machado elogia projeto ‘Assembleia Itinerante’

Com o intuito de aproximar a população de Feira de Santana dos debates realizados na Assembleia Legislativa da Bahia, o projeto “Assembleia Itinerante” será lançado nesta quinta-feira, às 14h, no Centro de Cultura Amélio Amorim. Em entrevista coletiva no Hotel São Domingos, na Princesa do Sertão, nesta manhã, os seis parlamentares mais votados na região estiveram presentes e elogiaram a iniciativa do presidente da Casa, deputado Marcelo Nilo.

Targino Machado, líder do bloco PSC/PTN na ALBA, falou sobre o evento. “A iniciativa é formidável. Eu creio que o principal objetivo disto é diminuir o abismo entre a população e os deputados. O parlamento precisa dar uma satisfação à opinião pública. O deputado não tem poder. Ele é apenas um despachante de luxo do povo. Eu só tenho a louvar a atitude de Marcelo Nilo”, afirmou.

Na oportunidade, os parlamentares votarão contra ou a favor do projeto que cria a Região Metropolitana de Feira de Santana. Para isso acontecer será preciso que os líderes de cada bloco (Governo, Independente e Oposição) aceitem os termos presentes no texto.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]