Deputado Carlos Geilson realiza encontro suprapartidário com pré-candidatos à vereador de Feira de Santana

Carlos Geilson parabeniza radialista feirense pelos 44 anos de trabalho

O deputado estadual Carlos Geilson (PTN), apresentou moção de congratulações ao radialista José Agnaldo dos Santos, pela comemoração dos 44 anos de profissão. Natural de Serrinha, José agnaldo nasceu em 06 de julho de 1947, mudando para Feira de Santana 20 anos depois, quando iniciou a carreira de locutor comercial na Rádio Sociedade. “Ele optou pela profissão de radialista porque já trabalhava no serviço de alto falante de Serrinha”, lembrou Geilson na moção.

Filho de Anísio Maurício dos Santos e Petronília da Silva Santos, José Agnaldo estudou no Ginásio Estadual Rubens Nogueira, em Serrinha, onde completou o antigo Ginásio e no Colégio Santo Antônio, em Feira de Santana, concluindo o ensino médio. Viúvo, pai de dois filhos, José Agnaldo reside no bairro na Santa Mônica.

Como radialista, ele trabalhou emissoras Rádio Cultura, Rádio Povo e atualmente desempenha suas atividades na Rádio Subaé AM comandando o programa “O Dia” desde 1º de outubro de 2003. “São quase oito nos de dedicação ao programa O Dia onde apresenta um panorama sobre o cotidiano de nossa região”, explicou Geilson. Na década de 70, trabalhou ainda, na Rádio Cruzeiro, de Salvador. “Durante a sua carreira José Agnaldo tem recebido diversos prêmios que revelaram a sua competência e dedicação profissional destacando-se o Prêmio Noite e Dia, programa de rádio 2004; Prêmio Destaque, concedido pela Revista Destaque em 2005, e o Troféu Tracajá, em 2006. Ele também foi agraciado pela Câmara Municipal de Feira de Santana, com o Título de Cidadão Feirense. “Apaixonado pelas suas atividades profissionais tem sempre afirmado que ‘cada programa que faço é muito importante’”, disse Geilson, justificando a homenagem ao radialista.

Deputado realiza encontro suprapartidário com pré-candidatos a Câmara de Feira de Santana

Com o objetivo de identificar novas lideranças política e dotá-los de orientações sobre o trabalho parlamentar, o deputado estadual Carlos Geilson (PTN) realiza nesta quinta-feira, 02, às 18h30, no Classic Apart Hotel, Centro, reunião suprapartidária com pré-candidatos a vereador de Feira de Santana. “Nosso objetivo é identificar novas lideranças políticas, tratar de filiação e dar uma panorâmica da vida política em nossa cidade e nosso estado, além de apresentar o trabalho desenvolvido por um político, além de tratarmos da Reforma Política que tramita no Congresso Nacional e como isso vai afetar a vida política brasileira”, explicou Geilson. Além disso, haverá palestra motivacional do radialista Dilton Coutinho sobre o tema “Os desafios de um vencedor”.

Carlos Geilson protesta contra falta de investimentos do governo na Educação

O deputado estadual Carlos Geilson (PTN) protestou hoje contra a falta de investimentos e o descaso do governo baiano na área da Educação, num dia em que os professores das universidades estaduais em greve ocupavam as galerias da Assembléia Legislativa. “É um completo descaso deste governo com a Educação. A Escola Ecassa de Feira de Santana está há seis meses sem receber o dinheiro do aluguel. Essa é a forma como se administra a Educação na Bahia”, denunciou o parlamentar.

Segundo o deputado, a Universidade Estadual de Feira de Santana, que completa hoje 35 anos, e 51 dias de greve dos professores é outro exemplo do descaso do governo com a Educação. “Essa é uma instituição que forma cidadãos, que valoriza a cidadania, construída no semiárido baiano, orgulho de todos os baianos. E vemos aqui os colegas professores que protestam contra o esfacelamento da educação superior. E o fazem justamente no governo do Partido dos Trabalhadores, quando acreditavam que iriam ter exatamente a qualidade da Educação com a valorização dos professores. E ocorre exatamente o contrário. Lamentam, sofrem, padecem com o descaso do governo do Estado. O partido não é mais dos trabalhadores, é apenas do governo porque se fosse dos Trabalhadores estaria ao lado dos professores”, protestou Geilson.

“A educação da Bahia vai muito mal: ouvimos o governo dizer que investe milhões em Educação quando vemos escolas sucateadas, professores mau remunerados e universidades que sobrevivem pela luta de servidores e professores. Essa é a realidade da Educação na Bahia. Um verdadeiro descalabro implantado por quem hoje governa”, criticou o parlamentar. Apoiando o protesto dos professores nas galerias, Carlos Geilson disse que hoje foi o ‘dia da cobrança’.

“Depois do governo virar as costas para os trabalhadores, chegou a vez dos trabalhadores virarem as costas para o governo”, disse, numa alusão a ação dos professores que davam as costas aos parlamentares da base do governo. “Precisamos assumir a luta em defesa dos funcionários públicos deste Estado. É um absurdo. Em apenas 19 dias de greve o governador Jaques Wagner mandou cortar o ponto dos professores grevistas. Nunca na história da Bahia um governador mandou cortar o ponto dos grevistas tão rapidamente. E isso ocorre exatamente com o governo que prega o diálogo, que se diz republicano. Por isso os servidores viram as costas ao governo: porque o governo há muito já fez isso ao cortar salários e ao conceder menos de 6% de reajuste ao funcionalismo público”, concluiu.

Deputado parabeniza 35 anos de fundação da UEFS

O deputado estadual Carlos Geilson (PTN), apresentou hoje, moção de congratulações a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) que completa hoje, 31, 35 anos de fundação. As comemorações ocorrem num momento de grave crise, quando todas as universidade estaduais encontram-se em greve – no caso específico dos professores da Uefs, eles estão parados há 51 dias – o que levou representantes dos docentes a protestarem hoje nas galerias da Assembléia Legislativa da Bahia.

Independente da crise, também destacada na moção, Carlos Geilson – que também foi aluno do curso de Letras da Uefs – destacou que a Uefs se posiciona como instrumento de transformação econômica e social, de resgate e preservação da cultura da região do semiárido baiano. “A Uefs oferece 25 cursos de graduação e, em 2012, terá também Psicologia e Agronomia com ênfase em Agricultura Familiar. A pós-graduação oferece 17 cursos de especialização, 14 de mestrado e seis de doutorado, entre institucionais e interinstitucionais, em parceria com outras universidades”, narrou o parlamentar.

Segundo dados da universidade, atuam na Uefs 702 funcionários e 971 professores. A instituição tem 6.875 alunos na graduação e outros 903 na pós-graduação. Está localizada em Feira de Santana, segundo maior município baiano e um dos maiores do Brasil em termos populacionais. “Lamentavelmente, a despeito das comemorações, os professores, funcionários e estudantes desta importante instituição – associados aos das Universidades do Estado da Bahia (Uneb), de Santa Cruz (Uesc) e do Sudoeste da Bahia (Uesb) – encontram-se em greve há 51 dias, exatamente em meio as festividade pelos 35 anos de sua fundação. Corpos docente e discente lutam pela valorização e autonomia das universidades públicas estaduais; mais repasses às instituições; melhoria nas condições de trabalho e melhores salários, além da manutenção da própria instituição. Luta esta que se estende desde a sua fundação e que evidenciam o esforço pela manutenção de um ensino universal, público e gratuito que deveriam ser garantido pelo Estado”, ressaltou o deputado.

Em seguida, o deputado relata o histórico da Uefs, que teve o seu embrião gestado em 1968, a partir de decreto do então Governador do Estado da Bahia Luiz Viana Filho, que instalou a Faculdade de Educação de Feira de Santana, precursora da Uefs. “Nos anos seguintes, lideranças políticas, educacionais, estudantis entre outras estudavam a possibilidade de implantação da Universidade de Feira de Santana”. A Fundação Universidade de Feira de Santana (FUFS), como até então era denominada, foi criada através da Lei Estadual nº 2.784, de 1970, autorizando o Poder Executivo a instituir a nova Universidade sob forma de uma fundação, organizada de acordo com o Centro de Estudos Interdisciplinares para o Setor Público (ISP), ligado à Universidade Federal da Bahia (UFBA), disse Carlos Geilson.

“A Fundação Universidade de Feira de Santana foi estruturada fundamentalmente em dois princípios da Reforma Universitária: o de não duplicação de meios para fins idênticos ou equivalentes e o da não separação do ensino, pesquisa e extensão. Em 8 de agosto de 1975, foi encaminhado o documento “Razões de uma Instituição” ao Conselho Federal de Educação e o Parecer CFE nº 26, de 27 de janeiro de 1976, recomendando a autorização do funcionamento da Universidade, confirmado pelo Decreto Federal nº 77.496, de 1976. Finalmente, no dia 31 de maio de 1976, é instalada a Universidade Estadual de Feira de Santana, a segunda Universidade Estadual mais antiga da Bahia e reconhecida como uma das instituições mais importantes do Brasil, data que deveria ser comemorada, mas que hoje se tornou num importante fórum de debates sobre a situação das universidades estaduais”, disse o parlamentar.

“A despeito do momento delicado por que passa o ensino público superior estadual, não podemos deixar de registrar os 35 anos de fundação dessa importante instituição, hoje integrada ao cotidiano de Feira de Santana, bem como as comemorações desta importante data a qual toda a Bahia se associa”, completou. “Pela importância da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) nestes 35 anos de existência, contribuindo para a elevação do ensino público superior gratuito, pela qualidade da educação, pelo seu comprometimento social e econômico com toda uma região, pela preservação e resgate cultural do semi árido, é que apresentamos votos de congratulações a Universidade Estadual de Feira de Santana, sempre focado no crescimento e desenvolvimento da Educação na Bahia”, concluiu.

Luizinho Sobral parabeniza Irecê pelos 78 anos de emancipação

O deputado estadual Luizinho Sobral (PTN), apresentou moção de congratulações ao povo de Irecê que comemora hoje, 31, 78 anos de emancipação política e administrativa do município. De acordo com o parlamentar, localizado na 21ª Região Administrativa do Estado e distante 478 km de Salvador, o município de Irecê ocupa uma área de 314 km². A sua população é de 66.404 habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), senso 2010.

“Famoso e reconhecido pelo grande potencial agrícola e agropecuário, tendo recebido o título de Cidade do Feijão pelas grandes safras colhidas nas décadas de 1980 e 1990, em seus tempos áureos, o município de Irecê foi o primeiro produtor de feijão do Nordeste e o segundo do país. Sua economia é baseada na produção agrícola de policultura, com destaque para a produção de mamona, feijão, cebola, tomate, beterraba, cenoura, pinha e outras hortaliças irrigadas. Baseia-se também na pecuária e no comércio local, que é destaque no cenário estadual. Vários comerciantes passaram a se tornar atacadistas e varejistas com muitas lojas de todos os seguimentos e grupos empresariais, contribuindo, assim, para o crescimento da economia do município”, enfatiza o parlamentar na moção.

De acordo com o deputado, Irecê é um nome indígena, dado pelo tupinólogo Teodoro Sampaio, em substituição ao nome Carahybas. Irecê significa “pela água, à tona d’água, à mercê da corrente”. O município foi criado em 2 de agosto de 1926, pela lei 1.896 assinada no Palácio do Governo por Francisco Marques de Góes Calmon com a denominação de Vila de Irecê. No entanto, por não ter renda suficiente que o caracterizasse como município, foi anexado a Morro do Chapéu em 8 de Julho de 1931, pelo decreto nº 7.479, assinado no Palácio do Governo por Arthur Neiva – Bernardino José de Souza. “A emancipação política e administrativa data de 31 de maio de 1933, quando o então Governador da Bahia Juracy Montenegro Magalhães assinou Decreto nº8.452 revogando todos os anteriores e tornando Irecê uma cidade independente de Morro do Chapéu. Informações da Prefeitura de Irecê e do escritor Jackson Rubem ressaltam a história dessa cidade que, emancipada política e administrativamente há 78 anos, vem apresentando incontestável contribuição ao desenvolvimento econômico de nosso estado. Parabéns a todos os ireceenses, meus conterrâneos, que trabalham com afinco para o crescimento do nosso município”, concluiu Luizinho Sobral.

Gilberto Santana pede conclusão do Teatro e do Centro de Convenções de Itabuna

O deputado estadual coronel Gilberto Santana (PTN) solicitou ao governo do estado, que analise a possibilidade para destinar recursos financeiros e meios necessários para a continuação e conclusão das obras do Teatro Municipal e Centro de Convenções da cidade de Itabuna. Segundo o parlamentar, as obras do Tetro Municipal e Centro de Convenções de Itabuna estão paralisadas por falta de recursos, inclusive o tempo tem danificado e destruído o que até então fora implantado e edificado, representando desperdício do dinheiro publico.

“O projeto foi realizado numa parceria do governo estadual com a Prefeitura de Itabuna, sendo que a parte de drenagem e terraplenagem foi executada diretamente pela administração municipal, através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Seduma), com investimento próprio. Itabuna está localizada no Sul da Bahia e não existe um espaço apropriado para a realização de seminários, congressos, encontros educacionais, culturais, cerimoniais e quaisquer outros eventos de cunho local, estadual, nacional ou internacional, fato que vem prejudicando o progresso do município, sobretudo na captação de empreendimentos turísticos. A população do município de Itabuna é de 213.656 habitantes e mais a população de 121 municípios circunvizinhos e regionais que buscam apoio em Itabuna, o que incrementa seu comércio, faculdades, eventos culturais e o setor de entretenimento. Destaco que Itabuna se transformou em um polo universitário com jovens e familiares de diversas regiões”, ressaltou o parlamentar.

De acordo com Gilberto Santana, de acordo com o projeto, a área do terreno é de 26.698.52 m2, sendo que o teatro terá 800 lugares, dos quais 18 reservados para portadores de deficiências. Já o Centro de Convenções conterá três pavimentos. “Nesse seguimento, o Teatro Municipal e Centro de Convenções são fundamentais para o desenvolvimento do município de Itabuna e de toda a região, pois vai atrair acessos turísticos como congressos nacionais e internacionais, turismo de negócios e artísticos, inclusive com espetáculos de peças teatrais, concertos, óperas e shows diversos. O Teatro e Centro de Convenções trarão renda ao município de Itabuna, além do que, deve-se considerar, surgirá a oportunidade de realização de atividade artístico-cultural de forma permanente para a própria comunidade com a consequente geração de empregos e renda”, defendeu o parlamentar.

“Por isso, é importante para Itabuna e região, cidade que sofre com a crise da cacauicultura, possa encontrar alternativas para seu desenvolvimento, a fim de encontrar meios para a geração de novos postos de trabalho e de renda, através da criação de um novo segmento para a cidade. Além de aumentarmos a oferta de produtos ligados a arte e a cultura, que serão possibilitados com esses novos equipamentos. Por isso, estamos pedindo ao Estado que dê continuidade à parceria realizada com a prefeitura de Itabuna que hoje não tem mais condições de dar prosseguimento a esta obra e que tanto interessa a comunidade local”, concluiu o deputado.

Bacelar volta a presidência do PTN da Bahia

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) devolveu hoje, 31, de forma definitiva, ao deputado estadual licenciado João Carlos Bacelar, a presidência estadual do Partido Trabalhista Nacional (PTN). O TRE cumpriu determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), validada pelo Ministério Público Eleitoral de Brasília, em atendimento à consulta feita pelo presidente da Corte Eleitoral, ministro Ricardo Lewandowski. A decisão do ministro encontra-se no site do TSE (www.tse.gov.br).

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]

Be the first to comment on "Deputado Carlos Geilson realiza encontro suprapartidário com pré-candidatos à vereador de Feira de Santana"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*