Deputado estadual Carlos Geilson (PTN) parabenizou o prefeito de Feira de Feira de Santana Tarcízio Pimenta, pela filiação ao PDT

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Deputado parabeniza prefeito de Feira

O deputado estadual Carlos Geilson (PTN) parabenizou o prefeito de Feira de Feira de Santana Tarcízio Pimenta, pela filiação ao PDT, anunciada no final de semana pelo presidente da Assembléia Marcelo Nilo (PDT). “A notícia foi confirmada no final de semana e quero desejar boa sorte ao prefeito nesse seu novo partido. E que no PDT ele possa se dar bem e fazer uma boa campanha pela reeleição à prefeitura de Feira de Santana”, concluiu.

Carlos Geilson lamenta situação do futebol baiano 

O deputado estadual Carlos Geilson (PTN) lamentou hoje a situação do futebol baiano, com os dois principais times – Bahia e Vitória – na zona de rebaixamento com as últimas derrotas, o que fará a continuar com que a Bahia perca a representação na primeira divisão e o Vitória caia para a terceira divisão. “O Bahia perdeu mais uma partida e já se encontra na zona de rebaixamento, o Vitória segue o mesmo caminho e se estas equipes não sofrerem mudanças profundas, podem amargar rebaixamento. Mas no Bahia, a torcida está esperançosa com as estreias de Ricardinho e Carlos Alberto, enquanto no Vitória, o treinador Geninho está mais perdido do que cego em tiroteio e não consegue armar a equipe e dar um padrão tático. Agora o time está na zona de rebaixamento para a terceira divisão”, protestou o parlamentar. “Aqui está o meu protesto e a minha indignação com o futebol baiano”, concluiu.

Carlos Geilson lembra petistas sobre PM que bateu em estudantes

O deputado estadual Carlos Geilson (PTN) questionou hoje, pronunciamento de petistas que lembraram o “maio baiano” macabro, quando a PM, há dez anos, invadiu o campus da Universidade Federal da Bahia e agrediu estudantes e professores da Faculdade de Direito. “Concordo com os deputados petistas que essa é uma página triste da história da Bahia, mas faltou dizer quem comandou aquele espancamento, quem estava lá batendo nos estudantes: foi o atual comandante geral da Polícia Militar nomeado pelo governador Jaques Wagner. Portanto, aquele que é criticado por erros do passado, hoje é premiado pelo governo do presente”, concluiu.

Deputado se solidariza com professores de Universidades estaduais em greve 

O deputado estadual Carlos Geilson (PTN) se solidarizou hoje com os professores universitários da rede estadual em greve há quase dois meses e disse que eles deram uma prova de maturidade ao sentarem pra negociar com o governo do estado, que propôs o congelamento dos salários da categoria por quatro anos. “Esse não é um movimento político, não é intransigente. Tanto que os professores aceitaram negociar o congelamento dos rendimentos por dois anos. E tudo caminha para um início de um acordo e pelo final da greve. Só falta o governo aceitar e sentar para negociar. Mas o estado tem se mostrado intransigente. Mas foram obrigados a negociar perante a pressão da opinião pública e a pressão de estudantes e professores”, concluiu.

Gilberto Santana que proibir termômetro de mercúrio 

O deputado estadual coronel Gilberto Santana (PTN), apresentou projeto de lei proibindo a comercialização e uso de termômetros de mercúrio na Bahi. Segundo o deputado, o projeto tem como finalidade a “prevenção, proteção e defesa à saúde e a vida da população baiana”. “A razão da proibição do uso de termômetro de mercúrio, está lastreada e focada na prevenção de doença. Isto é, para evitar que, pela quebra do termômetro, o paciente venha a sofrer inalação, absorção ou ingerir o mercúrio, pois o ser humano estará correndo risco de intoxicação, doença crônica, comprometimento da visão e outras complicações”, explica o parlamentar.

Segundo ele, é do conhecimento público que o mercúrio é um metal tóxico, prejudicial para o ser humano, que pode afetar no desenvolvimento cerebral e no sistema nervoso. Ainda anota-se que a pesquisa dá conta no sentido de que a exposição à ferida, a substância pode causar alterações cognitivas e mudanças no sono e no humor do homem. Em casos graves, pode até levar retardamento mental. “Segundo reportagens veiculadas sobre a matéria, não haverá prejuízo à indústria brasileira porque o país não produz mais termômetro à base de mercúrio. “Além disso existem reiteradas solicitações aos órgãos ligadas à Saúde e à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a retirada do termômetro de mercúrio de circulação”.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]