Comissão aprova indicado para representar o Brasil na Santa Sé

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Durante a sabatina, Almir Franco afirma, em resposta a Cristovam Buarque, que temas como liberação do aborto e criminalização da homofobia não deverão impedir que relacionamento bilateral “continue fluido”

Brasil e Santa Sé têm coincidências em suas políticas externas, especialmente em relação a direitos humanos, meio ambiente, redução da pobreza e combate à fome. Foi o que afirmou ontem o ministro de primeira classe Almir Franco de Sá Barbuda, que teve sua indicação para embaixador na Santa Sé aprovada pela Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE). A mensagem da presidente Dilma Rousseff vai agora ao Plenário.

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) manifestou preocupação com a possibilidade de conflitos entre o Brasil e a Santa Sé quando forem colocados em votação no Congresso Nacional projetos a respeito de temas como a liberação do aborto e a criminalização da homofobia. Em resposta, Barbuda admitiu a possibilidade de divergências, mas afirmou que elas não deverão impedir que o relacionamento bilateral “continue fluido”.

O diplomata informou que a embaixada brasileira pretende acompanhar a realização da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), a ser realizada em agosto, em Madri. O encontro, que ocorre a cada dois ou três anos, é o maior evento católico do mundo e deverá reunir mais de 1 milhão de pessoas na Espanha — sendo mais de 10 mil brasileiros. Em 2013, informou, o evento poderá ser realizado no Rio de Janeiro, com a presença do papa Bento 16.

Acordos

Durante a reunião, foi aprovado em turno suplementar o Projeto de Lei do Senado 275/07, de Valdir Raupp (PMDB-RO), que garante maior proteção a trabalhadores brasileiros no exterior. Quatro projetos de decreto legislativo (PDSs) receberam pareceres favoráveis da comissão. Um dos projetos, o PDS 644/10, relatado por Francisco Dornelles (PP-RJ), aprova emenda ao texto do Acordo Latino-Americano de Coprodução Cinematográfica, que passa a chamar-se Acordo Ibero-Americano de Coprodução Cinematográfica.

Por iniciativa de Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), foi aprovado voto de aplauso aos militares do 4º Batalhão de Aviação do Exército, no Amazonas, pela missão de resgate de dois soldados brasileiros que estavam prisioneiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

*Com informação: Senado

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]