Casa do Trabalhador oferece 152 vagas para pedreiro, vendedor e motoboy. Leia esta e outras notícias da PMFS

Diretor da Microsoft conhece Feira Cidade Digital.Diretor da Microsoft conhece Feira Cidade Digital.
Pessoas que desejam ingressar no mercado de trabalho podem se dirigir a Casa do Trabalhador e se candidatar a uma das 152 vagas de emprego que estão sendo disponibilizadas pelo órgão esta semana. A Casa do Trabalhador funciona na rua Castro Alves, 894, Centro.
O maior número de vagas é para pedreiro (47). Para profissionais com experiência em venda pracista estão sendo oferecidas 21 vagas. O candidato deve ter ensino fundamental completo. Estão sendo ofertadas nove vagas para empregado doméstico nos serviços gerais.
Também há nove vagas para auxiliar de depósito, cinco vagas para garçom, três vagas para pintor de automóveis, três vagas para fiscal de loja, três vagas para motoboy e duas para motorista de caminhão. Também há oportunidades para operador de caixa, operador de caldeira e pintor industrial.
Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Magno Felzemburg, o número de vagas começará a aumentar com a proximidade dos festejos juninos. “O comércio de roupas e calçados vai oferecer mais oportunidades de emprego com a chegada do São João. Novas empresas serão contatadas para que novas vagas venham surgir”, ressalta.
O secretário Magno Felzemburg, com o objetivo de atender as demandas da Casa do trabalhador, despacha por 90 dias na sede da instituição. “Vamos acompanhar de perto se as pessoas encaminhadas pelo órgão estão sendo contratadas pelas empresas. O nosso objetivo é confirmar para a sociedade o compromisso e credibilidade da unidade com relação a intermediação de mão de obra”, explica.
Feira destaque em projetos tecnológicos
 
Diretor da Microsoft conhece Feira Cidade Digital 
O diretor de Educação da Microsoft Brasil, Emílio Munaro, conheceu as ações do Programa Feira Cidade Digital. Para o dirigente da multinacional, Feira de Santana ocupa lugar de destaque internacional em relação à produção e desenvolvimento de tecnologia em prol do desenvolvimento social.
De acordo com o diretor, Feira de Santana é a única cidade do Brasil que executa todos os projetos de educação elaborados da Microsoft. “Esta cidade tornou realidade todos os projetos elaborados para o setor de educação. Outros municípios também executam projetos da nossa empresa, mas Feira de Santana é a única que tirou do papel e colocou em prática essas ações”, informou.
Durante passagem pela cidade, Munaro conheceu as instalações do Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo, Escola Municipal Elói da Costa, Unidade Básica de Saúde Dr. Milésio Ledoux Vargas e participou da inauguração do Centro Digital Municipal Drance Mattos de Amorim.
“O Feira Cidade Digital é uma aposta inédita que o prefeito Tarcízio Pimenta está fazendo no município de Feira de Santana. E a grande diferença de tudo que está sendo feito pelo Brasil é que aqui existe um plano de tecnologia, que tem um planejamento de curto, médio e longo prazo. Este sistema oferece à comunidade a possibilidade de entender à tecnologia e de se auto capacitar para ingressar no mercado de trabalho melhor qualificada”, avaliou.
Em visita à Escola Municipal Elói da Costa, o representante da Microsoft acompanhou uma aula de matemática com auxílio da lousa digital. Segundo ele, o uso da tecnologia nas escolas contribui para melhorias no ensino e aprendizagem.
“Percebemos que as crianças se envolvem muito mais na aula com o uso dessa ferramenta moderna que é a lousa digital. Isto é a confirmação da principal função da tecnologia aplicada ao ensino: estimular e impulsionar o aprendizado nos alunos”, destacou Emílio Munaro.
O Sistema de Saúde Digital também surpreendeu Emílio. “Este sistema é algo de primeiro mundo. Nunca vi nada parecido em todo o mundo. Além de garantir eficiência, rapidez e qualidade no atendimento nas unidades de saúde, garante aos cidadãos melhor atenção às suas condições de saúde durante suas visitas ás unidades”, pontuou.
Campanha contra paralisia infantil
 
Primeira etapa da vacina no próximo de 13 a 30 de junho 
A segunda campanha nacional de vacinação já tem data definida para acontecer. Conforme a Secretaria Municipal de Saúde, a próxima imunização será contra a poliomielite (paralisia infantil), voltada para crianças menores de cinco anos, que devem receber a dose da vacina em duas etapas. A primeira será realizada no período de 13 a 30 de junho enquanto que a segunda ocorrerá no mês de agosto.
Para a chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica (Viep), Janice Estrela, a divulgação da campanha com certa antecedência é importante, principalmente porque as festas juninas dispersam a atenção da população.
“Quanto antes iniciarmos a divulgação da campanha, melhor será. O mês de junho não é muito favorável a sua realização, mas seguimos o calendário do Ministério da Saúde. As mães precisam estar atentas ao período, para levar as crianças nas unidades de saúde que funcionam como postos de vacinação”, ressalta.
Embora o último caso da doença tenha sido registrado no Brasil em 1989, Janice Estrela observa que as ações de vigilância epidemiológica devem continuar sendo intensificadas. “A poliomielite foi erradicada no nosso país, mas atualmente o poliovírus selvagem continua circulando em dezoito países distribuídos no continente africano, o que impõe a manutenção de uma vigilância ativa para impedir a reintrodução e recirculação do agente nas áreas erradicadas”, destaca.
Ela observa, ainda, que devido o Brasil sediar a próxima Copa do Mundo, a União, Estado e Município estarão mais engajados na campanha de vacinação para imunizar o maior número de crianças possível. Em Feira de Santana, mais de 50 mil crianças deverão ser vacinadas.
Novos agentes comunitários de saúde
 
Em aproximadamente 30 dias o grupo estará em pleno exercício 
A Prefeitura de Feira de Santana, através das secretarias municipais de Administração e Saúde, nomeou 23 agentes comunitários de saúde, aprovados na Seleção Pública, homologada em julho de 2008. A convocação atende às necessidades atuais do Município e respeita a ordem de classificação dos candidatos.
De acordo com a diretora da Rede Própria, Gilberte Lucas, os novos agentes atuarão nas áreas que estão descobertas atualmente. “Os agentes irão desempenhar atividades de visitas domiciliares, atuarão como indicadores nas unidades de saúde e também nos trabalhos de combate à desnutrição infantil”, explicou.
Ainda segundo a diretora, a nova equipe em breve tomará posse e virá para somar os serviços já prestados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). “Nesse momento, eles estão entregando a documentação necessária e realizando os exames admissionais. Acredito que em aproximadamente 30 dias, os novos agentes já estarão desenvolvendo suas funções”, afirmou a diretora.
Comércio de bebidas no São João
 
Barraqueiros com grande expectativa de vendas
Os barraqueiros que irão atuar no São João São de José e São Pedro de Humildes terão livre escolha para o comércio de bebidas durante os festejos. O anúncio foi feito durante reunião realizada na tarde desta segunda-feira (06), na sede da Guarda Mirim no distrito de Maria Quitéria.
Segundo Francisco Sobrinho, chefe da Divisão de Cultura Popular da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e coordenador das barracas de São José e São Pedro de Humildes, não haverá exclusividade com relação à cervejaria.
“O barraqueiro poderá comercializar o produto da marca que ele achar mais conveniente e lucrativa. Muitas vezes eles reclamam que a exclusividade prejudica o comércio, neste ano durante os festejos juninos, os vendedores de bebidas terão a livre escolha”, informa Sobrinho.
A notícia agradou a comerciante Martize Samara Brito, que há 10 anos trabalha nas festas juninas dos distritos de Feira de Santana. “A exclusividade muitas vezes atrapalha os nossos lucros, porque o comerciante tem que vender a marca determinada e o público presente no evento quer a cerveja ou o refrigerante de outra marca. Com a livre escolha, vamos oferecer marcas diversas e melhorar os ganhos”, afirma.
Para o barraqueiro Antonio Lopes Souza, a decisão amplia a expectativa de vendas. “Essa foi uma notícia excelente. A liberação do comércio de todas as marcas vai ser bom para o público que poderá beber a cervejinha de sua preferência e para nós vendedores, que vamos ter um São João e São Pedro de bons lucros”, comemorou.
Durante a reunião, os comerciantes receberam o Documento de Arrecadação do Município (DAM), que deverá ser pago até o próximo dia 17 e apresentado à Secretaria de Cultura, Esporte Lazer até no dia 22 de junho. “O DAM garante ao comerciante a liberação para atuarem nos festejos. Após apresentação do documento pago será feita a ligação dos seus pontos por parte da Coelba”, explica.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]