Vereador Lulinha diz que Jaques Wagner é ingrato e o acusa de ter delegado o município de Feira ao descaso e abandono

O vereador do Democratas, Luis Augusto de Jesus (Lulinha), vem ganhando notoriedade política em Feira de Santana, desde quando resolveu voltar suas baterias, tendo como alvo o governador Jaques Wagner (PT). Figura política que ele se refere com indiferença e desprezo.

Ao ser entrevistado na manhã desta segunda-feira (09/05/2011), em seu gabinete, pelo Jornal Grande Bahia (JGB) o edil não economizou o verbo quando o assunto abordado é a atuação dispensada pelo governo Wagner à Feira de Santana. “A postura adotada pelo governador Wagner é de um político ingrato, para com município, onde ele obteve expressivas votações durante os dois pleitos eleitorais. E como retribuição ao apoio dado pelos feirenses, ele responde com a indiferença, delegando o município ao esquecimento e ao abandono”. E cita como exemplo a obra inacabada do Centro de Convenções que aponta com a prova da incúria deste governo no trato com o dinheiro público.

Apelo
Com certa dose de ironia o vereador faz um apelo ao governador para que devolva ao município a área doada para a construção do Centro de Convenções, uma vez que Wagner já deu evidente demonstração da falta de interesse de dar prosseguimento a obra iniciada no governo de Paulo Souto.
Ele também denuncia que os moradores dos bairros Conceição, Santo Antonio dos Prazeres, Mangabeira, Caseb, ponto Central não contam com rede de esgoto e que alguns entre eles, não dispõe até mesmo de rede pluvial. E que eles cobram a revitalização da Lagoa Grande, indenizações e o deslocamento das famílias, embora as casas  feitas pelo governo já se encontrem prontas, nada aconteceu até o presente momento, estando o  processo  parado a mais de dois anos.
PAC imobilizado
Outra cobrança que vem sendo feita por Lulinha é com relação ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), programa do governo federal que engloba um conjunto de políticas econômicas que tem como objetivo acelerar o crescimento  do Brasil e que ironicamente em Feira se encontra com suas obras imobilizadas já a algum tempo.
Quanto à resistência dos moradores em deixarem os respectivos bairros para ser relocado às novas moradias destinadas pelo governo, a justificativa é de que as novas residências são pequenas, além de estarem localizadas em áreas mais distantes e isoladas.
No tocante ao projeto de relocação das famílias, não concluído, que ocupam áreas consideradas irregulares, na Avenida Ayrton Sena, o vereador observa que a situação não foi ainda regularizada por culpa da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia (CONDER), que não providenciou as medidas cabíveis que a situação exige. Ele considera que o impasse tem dificultado para que a prefeitura municipal  realize no local  os melhoramentos  que a situação exige, como a retirada de entulhos para que se possa promover a ampliação da avenida. Também acusa a CONDER  de não ter cumprido o compromisso da entrega de uma quadra de esporte e a sede de uma associação no local, além da falta de complementação da rede de esgoto ali existente.
Lulinha lamentar a falta de comprometimento do governo Jaques Wagner com relação à reativação do Aeroporto João Durval Carneiro para que o mesmo possa promover o transporte de cargas e passageiros. E alerta que moradores daquela localidade têm cobra a pavimentação asfáltica da BA que faz a ligação de Feira a Coração de Maria. Além de defender a construção de um novo hospital regional, sob a alegação de que o Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA) não atende a demanda de Feira e região, bem como o aumento do efetivo policial para que este se torne compatível com o crescimento do município.
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112616 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]