Suposta vítima identifica Strauss-Kahn em roda de suspeitos

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Washington, 15 maio (EFE).- O diretor-gerente do FMI e potencial candidato à Presidência da França, Dominique Strauss-Kahn, foi reconhecido neste domingo pela funcionária de um hotel que o acusa de tentativa de estupro em uma roda de suspeitos organizada pela Polícia nova-iorquina.

Segundo um porta-voz do órgão, a mulher, de 32 anos, compareceu na delegacia onde Strauss-Kahn está detido e identificou o diretor-gerente do FMI entre um grupo de homens.

Strauss-Kahn é acusado de tentativa de estupro, ato sexual ilícito e detenção ilegal após ter sido detido no sábado a bordo de um avião que estava para decolar rumo a Paris.

Segundo declararam seus advogados, Ben Brafman e William Taylor, o alto funcionário internacional se declarará inocente das acusações quando comparecer perante um juiz em uma audiência preliminar, algo que se espera que ocorra ao longo das próximas horas.

A notícia da detenção de Strauss-Kahn caiu como uma bomba tanto na França, onde se dava como praticamente segura sua candidatura para as presidenciais do próximo ano, como na sede do FMI em Washington.

*Com informações: Deutsche Welle

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111097 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]